Connect with us

Sem categoria

Suspeito de envolvimento na morte de sargento é morto a tiros em Feira de Santana


Um homem de 20 anos foi encontrado morto em um matagal na avenida Ipanema, no loteamento Tangará, em Feira de Santana (a 109 quilômetros de Salvador). O caso ocorreu na tarde deste domingo por volta das 13h55.

De acordo com informações do site Acorda Cidade, Lucas Matias de Oliveira foi encontrado por policiais da 65ª Companhia Independente com diversas marcas de tiros.

Lucas morava no mesmo bairro em que foi morto, ele é suspeito de envolvimento na morte do Sargento da Polícia Militar Adalberto Santos Silva, que foi morto durante um assalto ao ônibus que estava no bairro Sobradinho em Feira, em março de 2017. (ATarde)

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem categoria

Amargosa: confira o número de infectados por bairros


Foram divulgados os números de infectados pela Covid-19 distribuídos por bairros do município de Amargosa, entre os dias 25/04 e 09/07. Os bairros com mais casos são Centro, Catiara e Santa Rita. A zona rural registrou 11 casos.

Confira a tabela completa:

Continue Reading

Sem categoria

Última homenagem: Sepultamento de Joquinha tem centenas de veículos e muita emoção, veja imagens:


Centenas de amigos, parentes e conhecidos do Joca Sales, o querido Joquinha, de 51 anos, prestaram suas últimas homenagens ao empresário amargosense vítima da covid-19. Uma fila quilométrica de carros foi formada.

Todos em seus veículos realizaram um cortejo fúnebre que cruzou a cidade. O sepultamento ocorreu sob aplausos e muita emoção. Veja em imagens:

Da Redação e imagens: AmargosaNews.

Continue Reading

Sem categoria

MP intima Flávio Bolsonaro e esposa a depor sobre caso das rachadinhas na Alerj


O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) intimou ontem (3) o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e sua esposa, Fernanda Nantes, a prestar depoimento sobre o suposto esquema de rachadinhas envolvendo o ex-deputado estadual em seu gabinete na Assembleia Legislativa do RJ (Alerj). 

Os depoimentos estão marcados para segunda-feira (6) ou terça (7) e a convocação partiu do Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção do MP, que estava à frente da investigação do caso em primeira instância. 

A defesa de Flávio questiona a legalidade da intimação, já que, de acordo com os advogados, depois que a Justiça do Rio decidiu encaminhar o caso para a segunda instância, o Gaecc não deveria mais participar do processo investigativo.  (Metro1)

Continue Reading