Connect with us



Sem categoria

Vereadores se estranham e quase vão às vias de fato na Câmara de Cruz das Almas


A Câmara Vereadores de Cruz das Almas, no interior da Bahia, foi palco de uma sessão tumultuada, onde dois vereadores quase foram às vias de fato nesta segunda-feira (26). Os vereadores Edson Ribeiro (DEM) e Tiago Chagas (PTB) por muito pouco não brigaram fisicamente. A discussão foi tão feia que nem mesmo a suspensão de cinco minutos deliberada pelo vereador Renan de Romualdo (MDB), presidente da Casa, foi suficiente para acalmar os ânimos. Renan, juntamente com o advogado Fred Nunes e o diretor da Casa, Eron Campos, precisaram separar os vereadores, que saíram de suas bancadas aos gritos.
O início de toda a confusão se deu no momento da leitura do requerimento n° 97/2018 do vereador Josenir Andrade (DEM), que requer ao Executivo Municipal informações dos valores pagos a empresa montadora de toldos e sanitários químicos na Expoflores, realizada no mês de outubro. O vereador Edson estava com a palavra e começou a falar sobre outros assuntos que não estavam relacionados ao requerimento anunciado, o que não é permitido no regimento, informou o opositor.
Chagas pediu a palavra e alertou ao parlamentar que o regimento interno da Casa Legislativa não permitia a leitura de requerimentos e assuntos que não fossem previamente pautados. Diante da situação, Edson revidou: “para me chamar a atenção você precisa ser o presidente, chame atenção na sua casa”. Procurado pela reportagem, Thiago Chagas explicou que após sua intervenção, o colega “começou a falar de forma alta e grosseira, dizendo que eu deveria ser presidente pra chamar atenção dele. Mas o regimento diz que se não for cumprido o regimento qualquer vereador pode chamar atenção, inclusive do presidente”.
Thiago também disse que toda a celeuma tem origem no fato de ele ter sido o advogado que assinou o processo que resultou na dissolução da antiga Mesa da Câmara, e que, consequentemente, tirou Edson da presidência: “eu fui o advogado do processo que fez com que se dissolvesse a Mesa e ele deixasse de ser presidente. Acredito que até 2020, o fim da legislatura, ele terá esse sentimento, trazendo coisas do lado parlamentar pra o lado pessoal”. E ressaltou: “não é só porque ele é decano da Casa, que se acha o mais antigo ou inteligente, que pratica as coisas de qualquer forma”.
A dissolução
A Mesa que tinha Edson como presidente foi eleita em 1º de janeiro de 2017, mas, de acordo com Thiago, o processo “não foi feito de forma proporcional”, que a lei prevê: “eles tinham o presidente, o vice, o 1º secretário e o 2º secretário. O regimento prevê que deve ter formação paritária no quantum possível que se atenda às bancadas compostas pelos blocos partidários”. Diante do fato, os vereadores de situação foram à Justiça e conseguiram dissolver a Mesa.
Edson Ribeiro deu sua versão dos fatos ao BNews: “o vereador é pago para trabalhar e eu tenho 24 anos de mandato entre vereador, vice-prefeito e outras funções, sempre honrei a minha vida pública. E ontem eu comecei a discussão de um requerimento de saúde, que tem deixado a desejar. Discutimos outras coisas da cidade, e o vereador só dizendo que eu tinha que parar, que o assunto não era aquele. Eu disse que não estava falando nada demais. Porque essa intolerância a minha fala? Na Câmara quem manda cumprir o regimento é o presidente”. Também salientou que o erro foi de Thiago que não teria respeitado seu momento de fala.
Foi então que começou a confusão, relata Edson: “eu continuei falando e ele se exaltou. Ele começou a se alterar e eu tive que me exaltar um pouco pra fazer minha defesa”. Para o vereador, há um motivo que pode ter levado o opositor a ter tal comportamento: “recentemente eu fui contra um projeto que criava 13º e férias para vereador, parte foi contra e outra foi a favor. Ele foi a favor e eu fui contra. Esse não é o objeto da discussão, mas não sei se foi por isso que ele ficou chateado com isso e ficou intolerante”.
Questionado sobre a mágoa antiga por conta da dissolução da mesa, pedida por Thiago, e que o tirou da presidência da Câmara, Edson explicou: “ele entrou com mandado de Segurança contra mim sendo vereador. Nenhum advogado pode advogar contra a casa que o remunera, e ainda assim assinou depois do prazo. Enfim, isso tem mais de um ano, foi lá no ano passado. Não tenho nenhuma mágoa com ele. Apenas tive que mostrar minha indignação porque tem uma rádio comunitária que fica em cima da casa dele, e só fala dele e do pai dele. Agora, esse assunto pra mim é morto. Eu já fui presidente da Casa por quatro vezes, isso prova que os pares acreditam em mim”, finalizou.
Fonte:Bocão News
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem categoria

Estados Unidos têm disparada de mortos pelo coronavírus e falta de equipamentos


O número crescente de mortos na pandemia de coronavírus sobrecarregou as funerárias de Nova York, enquanto hospitais tentam atender milhares de pacientes infectados em meio a um total cada vez menor de ventiladores mecânicos e equipamentos de proteção disponíveis.

Diretores de funerárias e cemitérios descreveram uma disparada na demanda não vista em décadas, enquanto os casos de Covid-19, a doença respiratória causada pelo novo coronavírus, ultrapassaram a casa dos 50 mil na cidade, com quase 1.400 mortos. 

“De muitas maneiras, o estado de Nova York é um microcosmos dos Estados Unidos, e é por isso que eu acredito que o que acontece aqui é ilustrativo para o resto do país sobre o que vai acontecer”, afirmou o governador de Nova York, Andrew Cuomo. 

Os custos humanos foram ainda mais ressaltados por novas evidências da devastação econômica trazida pela pandemia, já que mais de 90% dos norte-americanos foram ordenados a ficar em casa para enfrentar a expansão do vírus.

O governo dos Estados Unidos reportou que 6,6 milhões de norte-americanos (um recorde) se registraram para obter benefícios de seguro-desemprego, dobrando a máxima histórica registrada na semana passada. 

“Você fica sem respirar”, disse Justin Hoogendoorn, diretor de estratégia de renda fixa e análise na Piper Sander, em Chicago. “Obviamente a reação imediata a algo assim será o medo”. 

Texas pede que ninguém saia de casa
Nesta quinta-feira, o Texas se tornou o quadragésimo estado norte-americano a emitir a ordem para que todos permaneçam em suas casas para conter a propagação do vírus. 

Como se a perda de emprego para 10 milhões de norte-americanos em duas semanas não fosse o bastante, o número de mortos nos Estados Unidos subiu em 950, marcando o terceiro dia seguido de altas recordes. Outras 800 mortes reportadas até então na quinta-feira levaram o número total do país para mais de 5.600 mortos, de acordo com uma contagem da agência Reuters de dados oficiais. 

Os casos confirmados nos EUA passaram os 235 mil na quinta-feira, o dobro da Itália, o país com o segundo maior número de ocorrências.

A força-tarefa da Casa Branca para a pandemia estima que entre 100 e 240 mil pessoas possam morrer, mesmo se a ordem de quarentena obrigatória for respeitada. 

No mundo, o número de infecções confirmados chegou a 1 milhão, com mais de 50 mil mortos até a quinta-feira (2), de acordo com o centro de pesquisa da Universidade Johns Hopkins para o coronavírus. (AratuOn)

Continue Reading

Sem categoria

Bahia registra segunda morte por Covid-19


Um paciente, de 64 anos, do Hospital Aliança morreu na tarde de hoje (30), vítima de Covid-19, doença do novo coronavírus. Ele estava internado na UTI desde a terça-feira (17). A informação foi divulgada pela assessoria do hospital.

O secretário de Saúde do estado, Fábio Villas-Boas, comentou o óbito em uma rede social.

“Com muita tristeza uno-me aos familiares, amigos e profissionais do Hospital Aliança que travaram uma longa batalha pela vida de um paciente de 64 anos, previamente hígido, segunda vítima fatal do #COVIDー19 na Bahia. Era diabético e hipertenso, assim como muitos.”,  diz o secretário na publicação.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou ontem (29) o primeiro óbito pelo novo coronavírus (Covid-19) no estado.

De acordo com o último boletim da Sesab, a Bahia tem hoje (30) 176 casos de coronavírus. Ao todo, 17 pessoas estão curadas e 18 encontram-se internadas, sendo 8 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). (Metro1)

Continue Reading

Sem categoria

Por causa do coronavírus, vigilantes suspendem greve na Bahia após 14 dias de paralisação


Os vigilantes que prestam serviço em várias instituições da Bahia terminaram, na tarde de hoje (24), uma paralisação que durou 14 dias. De acordo o presidente do Sindvigilantes/Ba e da CNTV-Confederação Nacional dos Vigilantes, Jose Boaventura, em entrevista ao Metro1, a categoria vai manter estado de greve, mas sem paralisar. Com isso, o funcionamento de agências bancárias deve ser normalizado. Muitas instituições fecharam, sem o serviço dos profissionais.

“Considerando a calamidade pública e a necessidade de cuidarmos dos equipamentos, dos trabalhadores, uma vez que a categoria está entre as essenciais pelo governo federal, cobramos das empresas equipamentos, máscaras, luvas, e boa parte das empresas não estão cuidando”, disse.

A partir de 7h de amanhã (25) os trabalhadores voltam aos seus postos. (Metro1)

Continue Reading

Mais Lidas