Conecte-se agora

Sem categoria

Governo pagará 13º para o Bolsa Família, confirma futuro ministro


O deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), indicado hoje (28) para o Ministério da Cidadania no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro, confirmou que será cumprida a promessa de um 13º benefício do Bolsa Família para os integrantes do programa.

Terra disse que haverá espaço no orçamento para o pagamento do décimo terceiro, em função da eliminação da fila de espera para o benefício ocorrida nos últimos anos, quando foram cortadas 5 milhões de bolsas de famílias após cruzamento de dados com outras fontes de renda das pessoas atendidas.

“O presidente [Bolsonaro] pediu isso, e vai ser cumprido. Com esse ajuste que se fez, saíram aqueles que não precisavam do programa, é mais fácil conseguir o recurso para o 13º também”, explicou.

Osmar Terra defendeu a continuidade de um pente-fino no programa, mas descartou, no momento, a possibilidade de reajuste no valor do benefício. “Por enquanto, não. Temos que ver como vai evoluir a receita e despesa [do futuro governo], houve aumento importante do Bolsa Família nos últimos dois anos, acima da inflação”,lembrou o futuro ministro.

Terra ressaltou que o objetivo do programa é focar na geração de emprego e renda dos beneficiários, para que eles não precisem mais dessa assistência.

“Metade da população brasileira ganha menos de meio salário mínimo per capita. Então isso exige políticas específicas para ajudar, mas o maior programa de combate à pobreza é geração de emprego e renda, não tem outro. A maior vitória de um programa é a diminuição de pessoas que precisam do programa [social]”, afirmou. (Correio)

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem categoria

Amargosa: conheça a Alves Brigaderia e deixe sua vida mais doce!


Chegou a explosão de cores e sabores em Amargosa, com a Alves Brigaderia! Ela oferece brigadeiros de vários tipos e gostos, além de serviço de confeitaria, com bolos para os mais variados eventos.

O principal produto é o Brigadeiro. São vários tipos disponíveis e já são sucesso nas redes sociais. O diferencial é ofertar uma infinidade de receitas junto com o docinho mais querido do Brasil: o brigadeiro.

Para garantir a excelência dos produtos, toda matéria-prima é de primeira qualidade. Além disso, os conhecimentos e habilidades da Alves Brigaderia deixam muito claro para todos os seus clientes e amigos o alto nível dos produtos.

As apresentações dos doces e bolos são arrojadas, únicas e oferecem aos clientes toda a singularidade, o que reforça as características da marca.

Ficou com água na boca? Visite a Alves Brigaderia e deixe sua vida mais doce!

Siga no Instagram: @alvesbrigaderia. Ligue: (75) 982088395. Funciona de segunda à domingo.

Continue Lendo

Sem categoria

Bolsonaro é o terceiro chefe de governo mais popular nas redes sociais


O presidente Jair Bolsonaro é o terceiro chefe de governo mais popular do mundo nas redes sociais. O mandatário brasileiro fica atrás apenas de Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia, e do presidente dos EUA, Donald Trump. A informação é do Índice de Popularidade Digital (IPD).

O índice foi elaborado pela consultoria Quaest a pedido do Estado, e calculado para uma amostra selecionada de 18 líderes mundiais a partir da coleta de métricas de uso das redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Bolsonaro utiliza as redes sociais para comunicar atos de governo, atacar adversários e criticar a imprensa.

Para o resultado foi dimensionado para cada líder um índice mensal, entre janeiro de 2019 e janeiro de 2020. O Índice de Popularidade Digital tem uma escala que varia de 0 a 100, indicando a popularidade mínima e máxima possíveis.

O índice médio no período analisado traz Narendra Modi em primeiro lugar, com 63,25 (de 100) pontos, Donald Trump em segundo, com 62,27, e Jair Bolsonaro na terceira colocação, com um IPD de 52,75. 
*Metro1.

Continue Lendo

Sem categoria

Artigo: Direito à Educação


    

O Direito ao Acesso Universal à Educação para as crianças e adolescentes é garantido pelo ordenamento jurídico brasileiro, por meio da Constituição Federal, bem como por leis como o Estatuto da Criança e do Adolescente e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Trata-se de um direito que tem como objetivo a formação integral da criança e do adolescente, buscando seu desenvolvimento, seu preparo para o pleno exercício da cidadania e para o ingresso no mercado de trabalho.

Dentre os direitos assegurados aos jovens estão: (1) o direito de ser matriculado na rede de ensino infantil, fundamental e médio (creches e escolas), preferencialmente próximo a sua residência; (2) fornecimento de merenda escolar e de transporte escolar gratuito para os residentes em local de difícil acesso ou não servido por transporte urbano, se a escola por pública; (3)  disponibilização de ensino noturno para atender aos adolescentes que já começaram a trabalhar; (4) sistema educacional inclusivo e não discriminatório para jovens com deficiência, dentre outros.

Sobre este último tema, importante destacar que crianças e adolescentes com deficiência têm direito de acesso ao ensino regular, somente havendo o atendimento educacional em classes ou escolas especializadas em casos excepcionais, quando não for possível a integração. Também são seus direitos, dentre outros: (1) oferta de educação bilíngue em libras; (2) profissionais capacitados e material didático adequado para alunos cegos; (2) disponibilização de profissional de apoio, a exemplo de professores assistentes. Além disso, as instituições privadas de ensino são proibidas de cobrar valores adicionais para matrícula de jovens com deficiência.

O futuro do nosso país depende do progresso intelectual e pessoal de todos, o que somente pode ser atingido por meio de uma educação de qualidade, com  a democratização do acesso e permanência das crianças e adolescentes nas escolas. Para isso, é necessário uma união de esforços entre Estado, família e sociedade.

Fonte: Defensoria Pública de Amargosa.

Continue Lendo

Mais Lidas