Conecte-se agora

Mundo

Dois milhões vão à rua em Hong Kong para pedir a saída de líder


Cerca de dois milhões de pessoas vestidas de preto foram às ruas de Hong Kong neste domingo (16) para pedir a saída da líder Carrie Lam.

As manifestações foram desencadeadas pela tramitação de um projeto de lei que autoriza extradições para a China continental.

Ontem (15), após os protestos violentos e a repercussão negativa, a líder recuou, e adiou indefinidamente o projeto. O movimento pretende pressionar para que a retirada seja definitiva. 

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Ações afirmativas do Bahia ganham destaque no ‘The Guardian’


As recentes ações realizadas pelo Bahia voltadas para questões sociais ganharam destaque no “The Guardian”, da Inglaterra. Com o título de “Como o Bahia se tornou o clube de futebol mais progressista do Brasil”, a matéria deu foco para as camisas manchadas de óleo, em referência ao vazamento nas praias do Nordeste.

Além da mais recente ação do clube, o tablóide citou as pautas do Núcleo de Ações Afirmativas, que buscam a inclusão das minorias, como negros, LGBTQI e mulheres.

Foto: Reprodução / The Guardian

Em entrevista, o presidente Guilherme Bellintani falou sobre o momento de crise que o clube viveu anos atrás, antes da intervenção. 

“O clube foi efetivamente administrado por três famílias ou personalidades por décadas. “Todos eles tinham características muito semelhantes: antidemocráticas e populistas. Eles acumularam muita dívida e seus projetos foram de curto prazo”, declarou.

Outro personagem da matéria foi o goleiro Douglas Friedrich, que valorizou as ações e a importância do clube para a sociedade.

“É algo novo em nosso ambiente de trabalho, mas acredito que a Bahia já influenciou outros clubes. Espero que, como jogadores, possamos crescer e ser mais ativos nessas questões. Nem todo mundo estará preparado para se posicionar, ou pode não concordar, em determinadas questões. Mas, pessoalmente, isso me motiva. O futebol conecta pessoas que têm o objetivo de fazer o bem”, indicou.

Roger Machado, um dos dois técnico negros da Série A do Campeonato Brasileiro, também foi destaque. Ele falou sobre a sua declaração contra o racismo após o jogo contra o Fluminense, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Acordei com um sentimento tão grande de pertencer a Salvador. A Bahia [o estado] e a Bahia [o clube] me capacitaram, me deram a coragem de fazer essa declaração [contra o racismo]. Ser inserido nesse contexto realmente me ajudou a responder à questão dessa maneira. Se, no final do livro da minha vida, estiver escrito: ‘Esse indivíduo ajudou a construir o esporte, mas, acima de tudo, ajudou a usar o esporte como uma ferramenta de transformação’, poderei morrer em paz”, indicou. *Bahia Notícias.

Continue Lendo

Mundo

Menina de 10 anos fica grávida após ser abusada pelo irmão de 15


Uma menina de dez anos está grávida depois de ter sido abusada pelo seu irmão, de 15 anos. Ela deu entrada em um hospital pediátrico de Posadas, na Argentina, reclamando de fortes dores nas costas e no abdômen. Os médicos, então, descobriram que a criança estava no oitavo mês de gestação. O hospital denunciou o caso ao juizado de menores, que está investigando o crime. Por enquanto, o adolescente está sob a tutela de uma tia. Pelas leis locais, ele não pode ser preso.

A diretora da vara da Infância do Ministério do Desenvolvimento Social da Província, Ana María Pereira, afirmou que que o bebê será cuidado pela avó. “Vamos tentar fortalecer esse vínculo para que o adulto seja responsável e a menina possa retomar sua vida escolar, conforme apropriado”, disse. “Sou assistente social há anos e estou realmente impactada, porque se trata de uma criança muito pequena. É a mais nova que já tivemos de atender”, completou. *Forte na Notícia.

Continue Lendo

Mundo

Bolívia: OEA pede pacificação e respeito ao Estado de Direito


Em nota publicada no Twitter, a Secretaria-Geral da OEA rejeitou a saída inconstitucional na Bolívia, pedindo pacificação e respeito ao Estado de Direito. Foi solicitado com urgência que “a Assembléia Legislativa Plurinacional da Bolívia se reúna para garantir um funcionamento institucional e nomear novas autoridades eleitorais que garantam um novo processo eleitoral”.

Além disso, a OEA reforçou o pedido para que a justiça siga investigando a prática de crimes relacionados ao processo eleitoral feito em 20 de outubro. A nota completa pode ser lida clicando aqui.

A senadora da oposição Jeanine Añez Chávez assumiu hoje a presidência da Bolívia, após a renúncia do presidente Evo Morales e seu vice-presidente Álvaro García. Antes de renunciar seguindo pedido das Forças Armadas, Morales havia dito que convocaria novas eleições, após a Organização dos Estados Americanos (OEA) divulgar que as eleições de 20 de outubro, na qual foi eleito, haviam sido fraudadas. *Metro1.

Continue Lendo

Mais Lidas