Conecte-se agora

Polícia

Mãe é presa suspeita de matar filho de quatro anos com água fervente e jogar corpo no lixo


Uma mulher e sua companheira foram presas na cidade de Baltimore, nos Estados Unidos, após matar seu filho de quatro anos com água fervente e jogar o corpo do menino no lixo.

De acordo com informação dos policiais locais, a criança faleceu após sofrer sérios ferimentos causados pelo banho de água fervente que lhe foi dado dias antes. A mãe da criança e sua mulher foram presas suspeitas de executar o crime.

De acordo com a polícia, a mãe biológica Alicia Lawson, de 25 anos, e sua esposa Shatika Lawson, 40, teriam colocado o menino em uma banheira e então as duas se viraram para lavar as roupas. Quando voltaram, perceberam que a criança tinha graves ferimentos na pele. Temendo que o menino fosse retirado delas, a mãe decidiu cuidar dele em casa.

Porém, nove dias depois, em 1º de agosto, Alicia acordou e reparou que o menino não estava mais respondendo. A mãe colocou o filho em um cobertor e ligou para um serviço de descarte de lixo que o deixou em uma lixeira.

Ainda, a advogada de Shatika defendeu que sua cliente não concordou em cuidar do menino em casa. Ela queria leva-lo ao hospital, mas não pôde por não ser a mãe do menino. De acordo com a advogada, Shatika “não tinha a intenção de fazer algo ruim” e que tudo “aconteceu muito rápido”. Ela quem ligou para o 911 para falar do desaparecimento da criança. Sua advogada diz que ela não sabia da morte do menino, que a mãe teria ocultado esta informação e sua cliente só ficou sabendo durante a prisão.

As duas foram presas e acusadas de 11 diferentes crimes. Fonte: VN

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PRF captura dupla de assaltantes foragidos da Justiça em Alagoinhas, na Bahia


Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) detiveram, na madrugada desta quarta-feira (11), dois homens foragidos da Justiça baiana. Os suspeitos foram flagrados no KM 116 da BR 101, trecho do município de Alagoinhas, no interior da Bahia. 

Durante fiscalização na rodovia, os agentes federais suspeitaram de um Gm/Corsa, ocupado por quatro homens, e abordaram para verificação. No decorrer dos procedimentos, a equipe constatou através dos sistemas a existência de mandados de prisão contra dois dos indivíduos pelo crime de roubo.

Após levantamento policial, descobriu-se ainda que os homens fazem parte de um grupo de assaltantes da região dos municípios baianos de Entre Rios e Esplanada. Eles foram presos e encaminhados à delegacia de polícia judiciária local para adoção das medidas cabíveis.
*Varela Notícias.

Continue Lendo

Polícia

Mecânico se veste de mulher para fazer exame do Detran no lugar mãe e é preso


Um homem foi preso enquanto fingia ser a própria mãe no distrito de Nova Mutum Paraná, em Porto Velho. Ele apareceu vestido de mulher, nesta quarta-feira (11/12), e começou a fazer a prova para tirar a Carteira Nacional de Habilitação no lugar dela.

O mecânico Heitor Márcio Schiave, 43, foi preso em flagrante quando se preparava para fazer baliza em um veículo de uma autoescola no Detran (Departamento Estadual de Trânsito).

Imagens mostram o homem vestindo uma saia longa, blusa florida e bolsa feminina, além de estar maquiado. De acordo com o UOL, ele já havia feito a prova teórica no lugar da mãe, sem que ninguém notasse. Ele foi descoberto por uma funcionária do Detran, que desconfiou ao comparar a foto do documento de identidade com o homem vestido de mulher e acionou a Polícia Militar.

O nome da mãe do mecânico, que não estava no local, não foi divulgado. Ainda segundo informações do UOL, a polícia localizou a mulher no distrito de Triunfo, em Candeias do Jamari (RO), e ela alegou não saber da tentativa de fraude do exame. Heitor havia alegado que ela estava doente e, para não perder a data, ele foi no lugar dela. O rapaz pode responder pelos crimes de falsidade ideológica e estelionato tentado. Ele está preso na Central de Polícia.
*Aratu On.

Continue Lendo

Polícia

Motorista tenta enganar PRF colocando cigarros do Paraguai em tanque, mas acaba descoberto na BR-116


Um caminhão-tanque com 250 mil maços de cigarros contrabandeados do Paraguai foi apreendido na BR-116, no trecho de Vitória da Conquista, a 517 km de Salvador. O caso foi registrado na última segunda-feira (9/12).

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), durante uma abordagem, os agentes notaram que o condutor do veículo estava muito nervoso. Em determinado momento o homem chegou a alegar que o tanque estava vazio. No compartimento do automóvel, porém, foram encontrados 500 caixas de papelão contendo 50 pacotes de cigarro. Cada pacote possui 10 maços do produto.

O condutor informou que não possuía nota-fiscal ou comprovante da origem da mercadoria. Além disso, ele relatou que deveria entregar a carga, que foi recebida o município de Ourinhos, em São Paulo, na cidade baiana de Vitória da Conquista.  
*Aratu On.

Continue Lendo

Mais Lidas