Conecte-se agora


Bahia

Fogões eficientes mudam realidade de família do Recôncavo

Moradora da Fazenda Lopes, em Conceição do Almeida, município vizinho a Cruz das Almas e distante a 160 km da capital baiana, a lavradora Natalie Alves, 49 anos, penou durante anos para manter as panelas limpas e economizar o orçamento doméstico com gás de cozinha. “Era uma agonia…ficava tudo com cheiro de fumaça, inclusive a gente, que precisava colocar o fogo nos fundos da casa e gastava muita lenha. Hoje, uso para fazer feijão, carne e a vida fica um tantinho mais fácil”, completa.

Natalie é uma entre as muitas beneficiárias de uma iniciativa que, desde o ano passado, vem mudando a vida de famílias do Recôncavo baiano com o projeto Fogões Eficientes. Entre o final de 2018 e o início desse ano, três mil fogões à lenha foram entregues às famílias baianas, substituindo uma prática cultural de construir fogareiros para cozinhar a alimentação. A perspectiva é que até o final de 2019, mais 500 unidades sejam disponibilizadas.

O projeto Fogões Eficientes – realizada pela Natura Carbono Menos em parceria com o Instituto Perene  –  além de emprestar qualidade de vida para as comunidades locais, que passam a ter na tarefa cotidiana de cozinhar algo mais simples e prático, possibilita que as famílias extraiam menos madeira de áreas nativas, evitando que a degradação ambiental ocorra em larga escala. Sem fogareiros, a geração de fumaça proveniente da queima também para de criar impactos para a saúde, especialmente de mulheres e crianças.

Com os novos equipamentos, a economia de tempo que seria gasto na coleta de lenha chega a 18 horas semanais. Em dez anos de uso dos fogões ecoeficientes, 232 mil toneladas de gases do efeito estufa deixaram de ser emitidas na atmosfera. Para se ter ideia da importância dessa iniciativa, basta lembrar que, no Brasil, estima-se que 3 milhões de domicílios dependem de lenha para cozinhar. No mundo, todos os anos, 4 milhões morrem em decorrência dos problemas de saúde gerados com uso desses fogareiros rudimentares. 


Mais do que se imagina
De acordo com o engenheiro florestal e um dos fundadores do instituto Perene, Guilherme Prado Valadares, 90% da população dessas localidades possuem fogão a gás, mas a renda impossibilita que essas pessoas possam fazer uso dessa comodidade. “Ao contrário do que se possa imaginar, essa é uma realidade muito comum, em localidades muito próximas à Salvador, onde a falta de renda é o principal entrave para a qualidade de vida. Muitos preferem pagar o celular que comprar gás, uma vez que a lenha é de graça”, completa o engenheiro, destacando que num espaço de dez anos houve um empobrecimento da população e muitos voltaram a usar a técnica da lenha como alternativa ao fogão a gás.

Guilherme faz questão de ressaltar que toda iniciativa e a seleção dos beneficiários se pautam  em critérios técnicos, fugindo de uma cultura de apadrinhamentos políticos comum em algumas cidades. “Não fazemos assistencialismo. A proposta é beneficiar a comunidade e engajar as famílias”, completa o engenheiro.

Ele salienta que nas cidades onde a instalação coincidiria com campanhas eleitorais, o processo foi suspenso para retomar após o período, justamente para que a iniciativa não fosse associada a nenhum candidato ou gestão pública.

Para o engenheiro, o sucesso da iniciativa reside na tecnologia usada, que possibilita reter e direcionar o calor na mais alta temperatura, usar pouca lenha, com galhos que não precisam ser os mais grossos e tornar a combustão mais eficiente.

“Para que houvesse uma maior adesão e para engajar as famílias, trabalhamos muito a sensibilização e a formação para o uso do equipamento, no entanto, o equipamento possui um uso muito intuitivo que permite que qualquer pessoa possa fazer uso com eficiência e segurança”, completa, ressaltando que o  fogão também tem auxiliado às pessoas que vivem em comunidades afastadas e que terminam se vendo sós ou pelo avançar da idade ou por problemas de saúde mental.

Guilherme Prado Valadares despertou para a questão do fogão eficiente quando trabalhava como consultor num projeto que buscava fazer o resgate do chamado carbono florestal, no início dos anos 2000.

“Na época, era frustrante ver que havia muito o que ser feito, mas faltava investimento para fazer”, diz. Em 2006, o engenheiro foi convidado por uma organização não governamental britânica para a implantação de projetos de fogões eficientes na América Central. “Na época, infelizmente, ainda não possuíamos uma metodologia para calcular o impacto dessa tecnologia para o meio ambiente”, recorda.  

Leia mais no Correio24horas.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bahia

Trem descarrila em Cachoeira e obstrui ligação com São Félix

Na manhã desta segunda-feira, dia 19 de agosto, um trem da empresa VLI Multimodal descarrilou ao passar pela Ponte Dom Pedro II quando se preparava para adentrar na Estação Ferroviária de Cachoeira, no Recôncavo baiano. O incidente causou um terrível transtorno e congestionamento tanto na cidade de Cachoeira, como também na vizinha cidade de São Félix.

A principal via da ponte e uma das laterais ficou sem acesso por conta do trem que estava parado, restando assim apenas uma lateral da ponte, que precisou ser utilizada por pedestres, motos e bicicletas, ao mesmo tempo. Segundo informações, não houve vítimas por conta do descarrilamento do trem.

Por volta das 11h30min uma parte do trem foi retirada, normalizando o tráfego na ponte. Porém até o fechamento desta matéria a outra parte do trem se encontrava descarrilado dentro da estação.

Forte na Recôncavo

Continue Lendo

Bahia

TJ-BA lança aplicativo para registro de ações de até 20 salários mínimos

Quem precisar ingressar na Justiça com ações comuns, sem advogado, cujo valor não ultrapasse 20 salários mínimos, não vai precisar mais sair de casa para seguir adiante com o processo. É que o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) vai lançar nesta terça-feira o aplicativo Queixa Cidadã, que promete o registro de queixas nos Juizados Especiais, em até cinco minutos.

O aplicativo trabalha com inteligência artificial e reconhecimento facial. A ferramenta, desenvolvida pela equipe de Tecnologia, Informação e Modernização do TJ-BA, em parceria com a Coordenação dos Juizados Especiais (Coje), objetiva auxiliar a resolução do alto volume de ações em pequenas causas e na sobrecarga na estrutura do órgão, além de promover a comodidade ao cidadão, que pode usar o aplicativo a qualquer hora e de qualquer lugar.

Ainda de acordo com o Tribunal de Justiça, trata-se de um aplicativo assistente simples e didático. A nova ferramenta digital será lançada nesta terça-feira (20), às 9h, no Fórum do Imbuí. “Mais uma iniciativa de valorização do 1º Grau, que facilita o acesso à Justiça”, informou o TJ.

*CORREIO

Continue Lendo

Bahia

Homem morre ao ser esfaqueado e ter corpo queimado após tentar separar briga de casal na Bahia

Um homem morreu após ser esfaqueado e ter o corpo queimado, enquanto tentava separar a briga de um casal de vizinhos, na zona rural de Barreiras, oeste da Bahia. A mulher envolvida na confusão ficou ferida.

Segundo informações da companhia de Polícia Militar (PM) que atende na área, o caso ocorreu no Povoado de Cerradão, no domingo (18).

Alexandre Araújo dos Santos, 20 anos, teria esfaqueado Geiciane de Jesus Souza, 28 anos, com golpes de facão, quando o vizinho, que não teve a identidade divulgada, viu a situação, tentou ajudar, mas também foi atingido.

Ainda segundo a polícia, após esfaquear o vizinho, Alexandre pegou um colchão, colocou por cima do corpo e ateou fogo em seguida. A vítima morreu no local, e o corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Alexandre fugiu do local utilizando uma moto roubada, e não havia sido preso até a manhã desta segunda-feira (19).

Geiciane conseguiu atendimento e foi encaminhada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. Por conta dos ferimentos, ela precisou ser transferida para o Hospital do Oeste. Não há informações sobre o estado de saúde dela. O caso é acompanhado pela delegacia da cidade.

Fonte: G1-BA.

Continue Lendo

Bahia

Policiais da Bahia se reunirão para definir possível greve no dia 11 de setembro

Policiais e bombeiros participarão de uma assembleia, no dia 11 de setembro, para definir se a categoria entrará em greve.
De acordo com o presidente da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra), Soldado Prisco, os profissionais da segurança pública esperam que o governo responda às solicitações da categoria até o dia da assembleia.

“A princípio é uma assembleia. Vamos esperar o governo, que não cumpre acordo e não negocia com a categoria”, afirmou o representante dos policiais.

Os profissionais se reuniram na sede da Adelba, em Salvador, na última sexta-feira (16). No final do encontro, os PMs e bombeiros saíram em passeata até a governadoria.

O que a categoria pede?

A categoria reivindica  questões de correção salarial, melhora nos planos de saúde, solução para o novo sistema RH, reforma do estatuto da categoria, além do plano de carreira.

*Bahia.Ba

Continue Lendo

Bahia

Baleia de 12 metros e filhote são encontrados mortos em praias na Bahia

Uma baleia jubarte de 12 metros e um filhote da mesma espécie com quatro metros foram encontradas mortas, na sexta-feira (16), nas praias de Saquaíra e Cassange, em Maraú, no baixo sul da Bahia.

O projeto (a)mar, que se dedica ao cuidado e proteção de baleias na localidade, informou ao G1 que os corpos dos animais tinham sinais lesões provocadas por rede de pesca. A  suspeita é de que as duas baleias tenham morrido afogados, por não conseguir pegar oxigênio na superfície.

Com os casos recentes o número de baleias mortas na Bahia neste ano chega a oito e no Brasil o número atinge a casa dos 20, conforme apurado pelo G1.

Continue Lendo

Mais Lidas