Conecte-se agora

Polícia

Mãe, filha e genro são presos por morte de homem após briga por herança na Bahia


Três pessoas da mesma família foram presas na última quinta-feira (5/9) por suspeita de participar do homicídio do cunhado de uma delas. De acordo com a Polícia Civil, o crime ocorreu no dia 27 de maio na zona rural de Itapetinga, a 562 km de Salvador.

A vítima, Júlio César Correia de Almeida, conhecido como “Theo”, foi morta a tiros enquanto estava a caminho da sua fazenda. Seu corpo só foi encontrado três dias depois, às margens do Rio Pardo, próximo à cidade de Potiraguá.

A polícia ainda quer saber se uma quarta pessoa ajudou Janes Meres Nascimento, de 59 anos, a filha, Alana Nascimento de Oliveira, 38, e o companheiro dela, Elvis Santos Campos, no cometimento do homicídio.  

As investigações revelaram o fazendeiro, casado com a irmã de Janes Meres, estaria envolvido na disputa por uma herança. O titular da 21ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin/Itapetinga), Roberto Júnior, informou que Júlio César, durante uma das discussões, teria agredido a cunhada na presença de Alana e Elvis, o que pode ter motivado o crime. 

Janes, sua filha e seu genro tiveram as prisões temporárias decretadas pela polícia e estão sob custódia. A Polícia Civil continuará investigando o caso. Fonte: AratuOn

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Detido por usar dinheiro falsificado, jovem paga fiança com notas falsas e volta à prisão


Um jovem de 23 anos foi preso por ter usado notas falsas para comprar produtos no interior de um parque aquático, em Santo Amaro da Imperatriz (SC). Mas o que mais chamou atenção no seu caso foi a audácia em pagar fiança cometendo o mesmo delito, conforme explicou o delegado Rodrigo Mayer. Por isso, ele foi preso novamente.

De acordo com a Delegacia de Polícia do município, o homem foi encaminhado para audiência de custódia após ser preso pela primeira vez, quando então pagou o valor de fiança arbitrado pelo poder Judiciário.

A Polícia Civil de Santa Catarina informou que, quando o chefe de cartório foi depositar a soma de dinheiro em conta judicial, ele foi alertado pela atendente da lotérica que as notas eram falsas. Por este motivo, foi decretada a prisão preventiva do investigado.

O Setor de Investigação Criminal (SIC) realizou diligências e conseguiu localizar e prender o homem, na última quarta-feira, e ele ficará à disposição do Judiciário. Não foi informado, porém, se ele poderá pagar fiança desta vez. (Extra)

Continue Lendo

Polícia

Idosa é presa com 5 kg de cocaína no Aeroporto de Salvador


Policiais federais prenderam, ontem (19) à noite, no Aeroporto Internacional de Salvador, uma idosa de 67 anos por tráfico de drogas. A mulher, que não teve o nome informado, transportava consigo cerca de cinco quilos de cocaína, no forro de um casaco.

A idosa desembarcou de um voo que vinha de Campo Grande (MS), com escala em São Paulo. Ela foi presa em flagrante e vai responder por crime de tráfico de drogas.
*Metro1.

Continue Lendo

Polícia

Conheça os dois novos homens mais procurados da Bahia pela SSP


Duas novas imagens de procurados foram inseridas no “Baralho do Crime” da Secretaria da Segurança Pública (SSP). Na segunda atualização de 2020, as cartas “três de Ouros” e “seis de Ouros” foram atualizadas.

Segundo a SSP, natural de São Paulo, Kaique Alves Cesar, o “Dentinho” ou “Coelho”, 22 anos, procurado por latrocínio, é novo “três de ouros”. Ele atua na região de Brumado, interior da Bahia.

Dentinho

Já Erico Santos de Almeida Nascimento, o “Paulista”, “Paulistinha” ou “Queca”, 29, passa a estampar à carta “seis de ouros”. Procurado por homicídio e tráfico de drogas, ele age no município de Euclides da Cunha.

Paulistinha

Qualquer informação que possa auxiliar na prisão de Kaique, Erico ou de outros procurados, pode ser encaminhada por meio dos telefones do Disque Denúncia, (71) 3235-000, em Salvador e RMS, 181 para o interior do estado ou através do site oficial da ferramenta no ‘Denuncie Aqui’. O anonimato é garantido.
*Aratu On.

Continue Lendo

Mais Lidas