Conecte-se agora


Brasil

Bolsonaro participa de primeiro desfile do 7 de Setembro

Para marcar o 7 de Setembro, além de esquadrilha da Fumaça e desfile militar, ministros do governo gravaram o Hino Nacional em vídeo que deve ser apresentado hoje em telão em cerimônia em Brasília e distribuído nas redes sociais.

A equipe de comunicação do Planalto registrou a cantoria de cada ministro em seus gabinetes. O áudio de uma orquestra executando o hino deve ser inserido na edição final. O Estado de S. Paulo apurou que a maioria dos 22 ministros aceitou cantar, como os generais Augusto Heleno (GSI), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e o almirante Bento Albuquerque (Minas e Energia) e ainda o ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública).

As filmagens foram feitas nos últimos dias e os participantes mantiveram segredo em suas redes sociais. O Planalto não confirma se o presidente Jair Bolsonaro ou a primeira-dama, Michelle, também participam do vídeo que será exibido no evento de Brasília.

Convocação
Nesta semana, Bolsonaro convocou a população para ir de verde e amarelo aos desfiles do Dia da Independência. “Lembro que lá atrás um presidente falou isso e se deu mal. Mas não é o nosso caso”, disse ele, em referência a pedido similar de Fernando Collor, em 1992, que acabou impulsionando protestos para impeachment do então presidente.

Após a crise ambiental na Amazônia, Bolsonaro disse que as comemorações devem ainda marcar posição do governo sobre defesa da soberania do País sobre a floresta. O governo adotou o “Vamos valorizar o que é nosso” como tema para as comemorações deste ano.

Foi lançada ainda a Semana do Brasil, de 6 a 15 de setembro, que pretende estimular ações promocionais. O Planalto divulgou que 4 680 lojistas no País aderiram ao evento nos moldes da “Black Friday”: a promessa é oferecer benefícios aos consumidores, seja por meio de descontos, isenções ou promoções. No segmento de shoppings, a previsão é de um aumento de 5% nas vendas.

Bolsonaro desfilará de carro aberto a partir das 9h, quando começa o evento em Brasília. Segundo o Planalto, mais de 4,5 mil pessoas, sendo 3 mil militares das Forças Armadas, também devem se apresentar. O número de telões distribuídos pela Esplanada passou de três para dez neste ano.

Está prevista formação da “Pirâmide Humana” do Batalhão de Polícia do Exército de Brasília. O grupo bateu recorde mundial por ter acomodado 47 militares sobre uma única moto em movimento A Esquadrilha da Fumaça fará o show acrobático no céu de Brasília para encerrar o desfile.

O apresentador Silvio Santos, dono SBT, o bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da Record, o empresário Marcelo Carvalho, controlador da Rede TV, e Luciano Hang, dono das lojas Havan, estarão em Brasília ao lado do presidente Bolsonaro. Estava previsto para ontem à noite um jantar entre Bolsonaro, Silvio Santos e Edir Macedo, no Palácio da Alvorada.

Hang esteve ontem no Planalto. Tirou selfies com funcionários e sentou ao lado de Bolsonaro e ministros durante evento para lançamento de carteira estudantil digital. O empresário vestia terno e sapatos com as cores da Bandeira Nacional. Depois participou de cerimônia reservada em lembrança do atentado a faca contra Bolsonaro, que completou ontem um ano.

Ao jornal O Estado de S. Paulo, Hang disse que resolveu se engajar na campanha de Bolsonaro no ano passado, mas que não tem pretensões eleitorais. Ele afirmou que o presidente está transformando o Brasil de um “país socialista, comunista, para um país capitalista”.

O empresário afirmou ainda que Bolsonaro acertou ao indicar o subprocurador Augusto Aras ao cargo de procurador-geral da República e que a interferência em órgãos como Receita Federal, Coaf e Polícia Federal não desidratam o combate à corrupção. “É difícil agradar gregos e troianos”, disse ele.

Como o Estadão mostrou, um forte de esquema de segurança foi preparado para o evento, nos mesmos moldes da posse em janeiro. Os convites distribuídos para as arquibancadas são nominais, algo inédito, e até mesmo “snipers” (atiradores de elite) estarão de prontidão em pontos estratégicos.

O presidente chegará ao evento em carro aberto. A expectativa é que, ao contrário da posse, desta vez o vereador Carlos Bolsonaro não esteja no Rolls Royce. O filho “número 02” do presidente, porém, não será impedido de repetir seu ato caso assim deseje. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Com bloqueios orçamentários, Ibama pode ficar sem verba até dezembro

Com os bloqueios orçamentários feitos neste ano, as ações do Ibama e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) correm o risco de não ter recursos para encerrar o ano.

É o que indica uma análise dos valores disponíveis e do que já foi empenhado (autorizado para gasto) neste ano pelos dois órgãos ligados ao Ministério do Meio Ambiente (MMA), que recebem a maior fatia dos recursos da pasta.

Nas últimas semanas, o aumento do desmatamento e dos focos de incêndio na Amazônia tem feito o governo federal ser alvo de críticas no Brasil e no exterior.

Restam para as ações de fiscalização do Ibama até o fim do ano pouco menos de R$ 19 milhões. Os dados foram obtidos pelo jornal O Estado de S. Paulo no Sistema Integrado de Planejamento e Orçamento (Siop), da Secretaria de Orçamento Federal.

Procurado, o ministério informou que os valores bloqueados dos dois órgãos estão em fase de negociação com a área econômica do governo, “que já sinalizou com a possibilidade de liberação de limites” ainda em setembro.

A pasta disse ainda estar reavaliando contratos, para reduzir gastos. Desde o início do ano, a gestão Jair Bolsonaro empenhou para as ações de fiscalização do Ibama pouco mais de R$ 68 milhões — média de R$ 8,5 milhões por mês. Por esse cálculo, o que resta em caixa daria para só mais dois meses de fiscalização de crimes ambientais, como desmatamento.

É na estação seca, de abril a outubro, que o desmate se intensifica na Amazônia, período também de fiscalização mais intensa. Mas ao longo de todo o ano ocorrem ações de fiscalização na região e no restante do país.

Só em janeiro e fevereiro há diminuição da atividade na Amazônia, por causa das chuvas, que dificultam o trânsito pelas estradas. Se a mesma aplicação ocorrida ao longo do ano fosse mantida, seriam necessários cerca de R$ 34 milhões para pagar as ações até o fim de dezembro.

A verba autorizada para este fim no início do ano, de R$ 102 milhões, sofreu contingenciamento (bloqueio) de R$ 15,6 milhões (15%).

Futuro

O mesmo problema tende a ocorrer no ano que vem. Para as ações de controle e fiscalização ambiental do Ibama, o Projeto de Lei Orçamentária (PLOA) de 2020 prevê R$ 76,8 milhões.

Um valor já bem menor do que o aplicado no ano passado, por exemplo. A Lei Orçamentária de 2018 previa R$ 110 milhões e foram empregados cerca de R$ 89 milhões.

O Ministério do Meio Ambiente informou que a proposta orçamentária para 2020 enviada ao Congresso foi realizada “de acordo com os referenciais monetários da Secretaria de Orçamento Federal”, do Ministério da Economia, e “reflete a situação fiscal que o País enfrenta”. Para se adequar, o Ibama e o ICMBio estão reavaliando e renegociando seus contratos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Continue Lendo

Brasil

Saques de até R$ 500 do FGTS começam nesta sexta-feira

Os saques começam para correntistas da Caixa que nasceram entre janeiro e abril; serão liberados R$ 5 bilhões para cerca de 12 milhões de pessoas.

A Caixa Econômica Federal começa a liberar os saques de até R$ 500 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) nesta sexta-feira (13) somente para correntistas do banco nascidos entre janeiro e abril. Segundo a Caixa, serão liberados R$ 5 bilhões para cerca de 12 milhões de pessoas.

O dinheiro será depositado automaticamente para quem tem conta poupança individual da Caixa. Para quem tem conta corrente ou conjunta, a liberação ocorrerá apenas se esses correntistas fizeram a autorização de depósito automático até o dia 25 de agosto. A liberação antecipada vale somente para contas abertas na Caixa até o dia 24 de julho deste ano. (G1)

Continue Lendo

Brasil

Latam é multada em R$ 500 mil após impedir embarque de autista

A Latam foi multada nesta quinta-feira (12) pelo Procon-PE em R$ 500 mil por proibir o embarque de uma mulher de 26 anos, portadora do espectro autismo, que estava desacompanhada e pretendia viajar do Recife para Fortaleza (CE) na última terça-feira (10).

A Latam exigia que ela estivesse com acompanhante por conta de sua condição. Mesmo apresentando laudo médico que comprovava estar apta a desenvolver todas as suas atividades sozinhas, Uli Firmino Ary, que trabalha como auxiliar em uma clínica veterinária e é violinista, não conseguiu embarcar na data que pretendia e acabou perdendo uma cirurgia odontológica que estava marcada na capital cearense. A Latam pediu 48 horas para analisar o laudo apresentado por ela.

Depois de acionado, o Procon-PE autuou a empresa na quarta-feira (11) e, após analisar o processo administrativo, estipulou o valor da multa. Em nota, a Latam informou que ainda não foi notificada sobre a multa e que está pronta a prestar esclarecimentos ao Procon.

Sobre o pedido de laudo médico a passageira, a companhia aérea informa que se baseou na Resolução 280 da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC): “É facultado ao operador aéreo exigir a apresentação de Formulário de Informações Médicas (Medif) ou outro documento médico com informações sobre as condições de saúde do Passageiro com Necessidade de Assistência Especial (Pnae) que (…) apresente condições de saúde que possa resultar em risco para si ou para os demais passageiros ou necessidade de atenção médica extraordinária no caso de realização de viagem aérea”. (Correio)

Continue Lendo

Brasil

Incêndio em hospital deixa ao menos 11 mortos no RJ

Ao menos 11 pessoas morreram em um incêndio que atingiu o Hospital Badim, no Maracanã, Zona Norte do Rio. O fogo começou no início da noite de ontem (13). A suspeita é de que chamas começaram após o curto-circuito em um gerador.

De acordo com o G1, a primeira vítima havia sido localizada no início da noite  Durante a madrugada de hoje (13), outros 10 corpos foram encontrados.

O número de mortos pode não ser definitivo. Até por volta das 2h de hoje, bombeiros vasculham o local à procura de desaparecidos. Nenhuma vítima foi identificada. Familiares de pacientes passaram a noite no local.

Ao todo, 103 pessoas estavam internadas no local. A unidade foi esvaziada e pacientes foram levados para ruas próximas, onde ficaram em macas. Parte dos pacientes foi encaminhada para outros hospitais. M1.

Continue Lendo

Bahia

Bolsonaro tem melhora e deve reassumir Presidência nesta sexta-feira

O presidente Jair Bolsonaro apresentou melhora do quadro de saúde e manteve a previsão de reassumir a Presidência da República amanhã (13). Bolsonaro licenciou-se do cargo no último domingo (8) para submeter-se a uma cirurgia de tratamento de uma hérnia incisional na região do abdomen. 

“O presidente assumirá, a partir de amanhã, a Presidência da República”, informou o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, durante a entrevista coletiva para comentar o estado de saúde do presidente.

 De acordo com Rêgo Barros, está mantida a viagem de Bolsonaro para participar da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) em Nova York, no dia 24 deste mês.

Esta foi a quarta operação pela qual o presidente passou desde que sofreu uma facada em setembro do ano passado, durante a campanha eleitoral. O vice-presidente, Hamilton Mourão, está no exercício da Presidência. (Metro1)

Continue Lendo

Mais Lidas