Conecte-se agora

Brasil

Governo estuda cobrar imposto de 0,4% para saques e depósitos em dinheiro


Em proposta de reforma tributária, o governo brasileiro planeja começar a cobrar  imposto de 0,4% em transações de saques e depósitos em dinheiro. A cobrança faz parte da ideia do imposto sobre pagamentos, defendida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

Para pagamentos no débito e no crédito, a porcentagem inicial planejada é de 0,2%, para pagador e recebedor. As cobranças vem sendo comparadas à antiga Contribuição Provisória  sobre Movimentação Financeira (CPMF). 

De acordo com o UOL, a expectativa do governo é usar o novo imposto para substituir gradualmente a tributação sobre salários. As taxas tendem a crescer após a criação. 

Em entrevista para a Folha de São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que a criação de um novo imposto que se assemelhe à antiga CPMF deve ter uma compensação para a população. Segundo Marcelo de Souza Silva, secretário especial adjunto da Receita Federal, declarou que a reforma vai propor benefícios como ampliação da faixa de isenções e reembolso de impostos à baixa renda. Fonte: Aratu On

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Baianos podem quitar IPVA 2020 com 10% de desconto até 10 de fevereiro


 O prazo para aproveitar o desconto de 10% no Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2020 vai até o dia 10 de fevereiro para pagamentos feitos em cota única. Existe ainda a opção de pagamento com 5% de desconto para quem fizer a quitação do valor integral do imposto no dia do vencimento da primeira das três cotas do parcelamento padrão do imposto, data que varia de acordo com o número final da placa do veículo. 


Outra possibilidade é o parcelamento do IPVA em três vezes, bastando, para isso, observar os vencimentos das cotas no cronograma de pagamento do imposto. O cronograma se estende até o fim do mês de outubro. O proprietário que perder o prazo da primeira cota deixa de ter o direito ao parcelamento em três vezes. O pagamento pode ser feito em qualquer agência do Banco do Brasil, Bradesco ou Bancoob, bastando apenas apresentar o número do Renavam.


Os débitos referentes à taxa de licenciamento e às multas de trânsito deverão ser pagos até a data de vencimento da terceira parcela. Os débitos anteriores do IPVA ainda não notificados também podem ser divididos em três vezes, juntamente com o IPVA 2020. No entanto, o proprietário que perder o prazo da primeira cota deixa de ter o direito ao parcelamento em três vezes. O pagamento do tributo referente a embarcações e aeronaves deverá ser efetuado até 1º de junho de 2020.


Todas as informações podem ser consultadas no site da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), no Canal Inspetoria Eletrônica, botão IPVA, ou do call center da Sefaz-BA, pelo 0800 071 0071. (Secom)

Continue Lendo

Brasil

Brasileiros estão entre as pessoas que mais gastam tempo em aplicativos no mundo


O Brasil está em terceiro lugar no ranking de países em relação ao tempo gasto na utilização de aplicativos. O relatório com o resultado das pesquisas foram divulgados nesta última quarta-feira (15) pela consultoria App Annie. O país ficou atrás da Indonésia onde foram computados um tempo médio de 4h40 e da China com 4h.

Nas análises feitas, o tempo que os brasileiros gastam nos aplicativos é em média cerca de 3h45. Em relação a idade, pessoas nascidas entre 1997 a 2020, participantes da geração Z, passam 3h46 utilizando os programas.

Nos últimos três anos, o número de downloads anual de aplicativos cresceu 45%. Em 2016, foram computados 140 bilhões e em 2019 esse o valor chegou a 204 bilhões. No Brasil, os downloads atingiram o marco de 5 bilhões no ano passado.
*Varela Notícias.

Continue Lendo

Brasil

Site para restituição do Dpvat começa a funcionar a partir desta quarta


Começa a funcionar a partir de hoje (15) o site para que os proprietários de veículos que têm direito à restituição de valores pagos a mais do seguro Dpvat 2020 (Danos Pessoais por Veículos Automotores de Vias Terrestres). As informações são da Agência Brasil.

De acordo com a seguradora Líder, mais de 1,9 milhão de veículos em todo o Brasil estão aptos a receber o pagamento da restituição. O prazo para pedir o valor pago a mais é até o final do exercício de 2020.

A restituição foi anunciada na semana passada pela seguradora, responsável pela gestão do seguro, após o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, ter voltado atrás e acolhido pedido do governo para extinguir sua própria liminar, reduzindo os valores do seguro obrigatório Dpvat.

Para fazer a solicitação, os proprietários de veículos deverão informar o CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) ou CNPJ (Cadastro de Pessoas Jurídicas) do proprietário; Renavam do veículo; valor pago; data em que o pagamento a mais foi realizado; dados bancários (banco, agência e conta corrente ou conta poupança do proprietário); e-mail de contato e telefone de contato.
*Metro1.

Continue Lendo

Mais Lidas