Connect with us



Bahia

Delegado é morto com tiro de submetralhadora em ação da PM no sul m Itabuna


Caso ocorreu em abril deste ano. Em junho, Justiça aceitou denúncia do Ministério Público e o policial se tornou réu por homicídio qualificado.

O caso ocorreu em abril deste ano, após uma discussão entre um casal, nas proximidades de um posto de combustíveis. No vídeo, é possível ver o momento em que a moça tenta ir embora e o rapaz a impede. Logo depois, surgem outras pessoas tentando apaziguar a situação.

No grupo, estava um policial militar a paisana, que saca uma arma e começa a discutir com o homem. Depois, uma mulher que dialogava com o casal se afasta do grupo e tenta parar um carro, pedindo ajuda. O motorista segue viagem.

Minutos depois, surge o carro do delegado, que estava acompanhado de um investigador da Polícia Civil. Após abordagem da mulher, os dois descem apontando a arma para o grupo. Enquanto o investigador conversa com o resto do grupo, o delegado vai em direção ao PM, que inicia uma discussão com o ele.

Em seguida, os dois saem do alcance das câmeras. Pouco tempo depois para uma viatura da Polícia Militar. Algumas pessoas do grupo, o delegado e o investigador começam a conversar com um outro policial que chegou na viatura. *G1 Bahia.

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bahia

Prefeitura de Feira decide manter comércio fechado por mais sete dias


O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), decidiu prorrogar por mais sete dias o decreto que mantém fechados estabelecimentos comerciais na cidade, como medida para conter a disseminação do novo coronavírus (Covid-19). Com isso, a norma que valeria até amanhã (1º), passa a vigorar até o dia 8.

A decisão será publicada em edição extra do Diario Oficial deste domingo (31). Apenas empresas de serviços essenciais tem permissão da administração municipal para  funcionar.

De acordo com o último boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), emitido neste sábado (30), Feira tem 449 casos da doença. Embora a Sesab confirme 5 mortes, a Secretaria de Saúde do Município afirma que até sexta-feira (29), 12 óbitos tinham sido registrados na cidade. (VarelaNotícias)

Continue Reading

Bahia

Número de mortos por coronavírus chega a 638 na Bahia; são 17.626 casos


A Bahia registra 17.626 casos confirmados de coronavírus (Covid-19), o que representa 15,44% do total de notificações no estado. De acordo com boletim epidemiológico divulgado no final da tarde de hoje (30) pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), os 29 óbitos contabilizados referem-se a um período de 14 dias, ou seja, não ocorreram em 24 horas. Estas notificações tardias estão sendo apuradas pela Auditoria do Sistema Único de Saúde (SUS) e pela Corregedoria.

Considerando o número de 17.626 casos confirmados, 5.709 recuperados e 638 óbitos, 11.279 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos. Na Bahia, 2.556 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Os casos confirmados ocorreram em 297 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (62,09%). O boletim epidemiológico registra 40.746 casos descartados e 114.157 notificações em toda a Bahia. (Metro1)

Continue Reading

Bahia

“Sem vacina, não tem Carnaval em 2021”, afirma Rui Costa


O governador Rui Costa (PT) compartilhou da opinião do prefeito ACM Neto sobre a realização do Carnaval de Salvador em 2021. De acordo com o petista, é impossível pensar na folia momesca ou em qualquer outro evento que promova aglomeração, sem que haja uma vacina para a Covid-19.

“Não tenho dúvida, nem Carnaval, nem reveillón. Não só no Brasil, no mundo inteiro, não haverá show enquanto não tiver a vacina, por que nós podemos ter uma segunda ou terceira onde de contaminação e matar milhões de pessoas. Não haverá, com certeza, aglomeração de pessoas”, assegurou o governador em entrevista ao Balanço Geral, da Record TV Itapoan.

A situação é a mesma que passa o tradicional São João nos cidades do interior da Bahia, que tiveram as festas suspensas. Rui afirmou que o problema não é o financiamento, mas sim a aglomeração de pessoas, portanto, não poderá ser feito nenhum evento , seja público ou privado.

“O vírus vai estar circulando o ano inteiro, no mundo inteiro, até se produzir uma vacina. Vi a OMS anunciar que a vacina só deve estar disponível com produção em escala mundial, em um cenário otimista, em 9 ou 10 meses, então não haverá aglomeração neste período” (Bnews)

Continue Reading