Conecte-se agora

Amargosa

Amargosa: cortes no orçamento da UFRB gera demissões, paralisação de programas e redução de atividades

Centro de Formação de Professores. Foto: AmargosaNews.

Os impactos do bloqueio de verbas pelo Ministério da Educação (MEC) começam a mudar a rotina do Centro de Formação de Professores (CFP), campus da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), em Amargosa. Demissões de terceirizados, paralisação de programas de pesquisa e extensão, redução do funcionamento e outras medidas serão necessárias em todos os campus da UFRB para ajustar as contas devido ao corte de 36% em seu orçamento feito pelo governo federal.

Uma reunião foi realizada na manhã desta sexta-feira (04), com a presença de toda a comunidade acadêmica, onde foi apresentada a proposta de redução de despesas e o posicionamento da direção. As demissões devem atingir setores como limpeza, motoristas, seguranças, entre outros. Atualmente o CFP possui 51 trabalhadores terceirizados. Os cortes devem atingir quase 50% desse quadro, ou seja, cerca de 25 trabalhadores ficarão desempregados, conforme informações apuradas pela reportagem do AmargosaNews.

As Universidades Federais incluem o pagamento dos trabalhadores terceirizados como parte do custeio para sua manutenção, assim como contas de luz e água e aluguel de imóveis. As demissões estão inclusas como corte de gastos e já devem ocorrer ainda neste mês de outubro. Em Amargosa, o funcionamento de projetos como Casa do Duca, Tecelendo, entre outros, também devem ser atingidos pelo corte no orçamento.

No fim de setembro, quase R$ 2 bilhões foram liberados à educação pelo governo federal, porém o número ainda é insuficiente, visto que em abril deste ano o bloqueio de verbas chegou a R$ 5,8 bilhões. Todas as universidades federais, assim como a Universidade Federal da Bahia – UFBA se vêem obrigadas a tomarem medidas de redução de seu custo operacional, para continuar funcionado mesmo que em condições aquém do essencial.

A comunidade acadêmica planeja uma série de mobilizações para evitar que esses impactos comprometam o funcionamento do Centro de Formação de Professores. “Não vamos aceitar esse absurdo, é um retrocesso muito grande e os impactos sociais e econômicos serão sombrios”, disse um dos estudantes à nosso repórter.

Os impactos dos cortes serão notórios, tanto na área econômica, quanto na social em Amargosa. Para saber o posicionamento da gestão do Centro, entramos em contato com o vice-diretor eleito Prof. Dr. Tiago:

“O CFP tem sido, ao longo desses anos, um importante marco no desenvolvimento intelectual, regional e econômico de Amargosa e Região. Para que a população tenha uma dimensão: o que seria Amargosa sem os mais de 150 professores, 47 servidores técnicos, mais de 50 servidores terceirizados e 1.500 alunos? Já imaginaram o que isso significa em padarias, alugueis de casa, supermercados, pousadas e outros?”

A diretora eleita do Centro de Formação de Professores, Profa. Dra. Creuza Silva também falou sobre os cortes e levantou a bandeira da resistência.

Os cortes anunciados em março, que agora se concretizam, inviabilizarão uma série de atividades e espaços construídos pela comunidade do CFP. Mas este CFP foi conquistado com muita luta e tenho certeza que a comunidade do CFP e a população de maneira geral saberá resistir a este retrocesso”

Da Redação AmargosaNews.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amargosa

Corpo de jovem é encontrado com marcas de tiros na zona rural de Amargosa


Uma mulher identificada pelo nome de Fabiane de Jesus Santos, 20 anos, foi assassinada e seu corpo foi encontrado próximo a barragem Roda D’Água, em Corta-mão, distrito de Amargosa. Segundo informações o crime ocorreu durante a madrugada.

O crime surpreendeu os moradores da localidade. A jovem, que é moradora de São Miguel das Matas, foi executada com tiros na cabeça. Não informações quanto, autoria, motivação ou local do assassinato.

Volte em breve para mais informações.

Da Redação.

Continue Lendo

Amargosa

UFRB divulga processo seletivo especial para cursos de Educação do Campo 2020


A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), anuncia a realização do processo seletivo especial destinado a candidatos ao ingresso nos cursos de graduação da Educação do Campo em 2020. As inscrições são gratuitas e estarão abertas entre os dias 10 de dezembro e 06 de janeiro, exclusivamente via internet, no site dos Processos Seletivos da UFRB.

No total, são ofertadas 190 vagas, distribuídas entre os cursos de Educação do Campo com Habilitação em Ciências Agrárias, ofertado pelo Centro de Formação de Professores (CFP), no campus de Amargosa, e Educação do Campo com Habilitação em Matemática, Educação do Campo com Habilitação em Ciências da Natureza e Alimentos – Educação do Campo, ofertados pelo Centro de Ciência e Tecnologia em Energia e Sustentabilidade (CETENS), no campus de Feira de Santana.

O processo seletivo é destinado a pessoas que tenham concluído o Ensino Médio ou equivalente e que, preferencialmente, residam e/ou exerçam atividades no campo ou que sejam professores em exercício na educação básica em escolas do campo, que não possuam formação inicial ou adequada, de acordo com a Lei 9394/1996. Os candidatos podem optar pelas modalidades de Ampla Concorrência e de Reserva de Vagas.

A seleção será constituída por uma prova escrita e uma carta argumentativa. A prova escrita será composta por 20 questões objetivas de Língua Portuguesa e Matemática e a carta argumentativa visa destacar a relação e histórico do candidato com o público beneficiário e seu interesse em relação ao curso da Educação do Campo. As provas serão realizadas no dia 09 de fevereiro, com início às 9h (horário local), nos endereços indicados de acordo com o curso escolhido.

O resultado final será divulgado no dia 04 de março no site do PROSEL. Os candidatos convocados devem realizar a pré-matrícula nos dias 09, 10 e 11 de março, das 9h às 11h30 e das 13h30 e às 16h30, na Superintendência de Regulação e Registros Acadêmicos (SURRAC), no campus de Cruz das Almas. A confirmação de matrícula será realizada nos respectivos Núcleos de Gestão Técnico Acadêmico (NUGTEAC), conforme cronograma disponibilizado no edital.

Sobre a Educação do Campo – Os cursos de graduação na Educação do Campo da UFRB são ofertados em Regime de Alternância, na modalidade presencial, constituído por dois momentos de formação: o Tempo Universidade (TU) e o Tempo Comunidade (TC), com atividades concentradas e organizadas em calendário próprio para a integralização curricular, de acordo com o tempo de duração do curso.

Continue Lendo

Amargosa

ACIAPA lança revista para o comércio de Amargosa


A Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Amargosa (ACIAPA) lançou uma revista para o público amargosense. Na revista podemos encontrar itens como informações sobre cursos, treinamentos e palestras, retrospectiva das campanhas e dados sobre as reuniões. Além de demonstrações da execução de alguns projetos e dicas para o empreendedor. Tudo isso para fornecer noções relevantes e manter o comércio bem informado!

Entendi! Mas o que é a ACIAPA?

Trata-se de uma entidade que tem por objetivo atuar na defesa dos interesses da classe empresarial e fomentar o comércio local. Visamos disponibilizar serviços e produtos que agregam mais valor aos associados, para que assim, possa promover cursos e palestras para vários segmentos e proporcionar diversos benefícios às empresas parceiras.

O que mudou?

No dia 31 de Outubro de 2019 houve a posse da nova mesa diretora da ACIAPA para a gestão 2020/2021. O evento contou com a presença de diversas autoridades de Amargosa, marcando a saída do agora ex-presidente Vinícius Bulhões e a posse do atual presidente, Marcos Rosa.

Quais são as vantagens para o consumidor?

São várias! No dia 28 de Dezembro de 2019, por exemplo, haverá o 2º sorteio do 3º Fest Prêmios, que acontecerá em Amargosa e irá sortear um Renault Kwid 0 Km e cinco vales compra no valor de R$ 1.000,00 cada.

Por que eu deveria comprar no Comércio Local?

Ao comprar no Comércio Local, é promovido o desenvolvimento do município, contribui para o aumento de novos postos de trabalho e arrecada impostos municipais, para que assim possamos gerar mais investimentos em diversas áreas. Valorize o comércio de Amargosa e concorra a vários prêmios. Essa é uma iniciativa da ACIAPA e de seus associados.

Da Redação AmargosaNews.

Com informações da ACIAPA.

Confira a 1ª edição da revista abaixo:

Continue Lendo

Mais Lidas