Conecte-se agora

Salvador

Justiça do Trabalho de Salvador condena empresa por trabalhador morrer eletrocutado


A Morel Montagens de Redes Elétricas foi condenada a pagar R$ 500 mil por dano moral coletivo ao Fundo de Promoção do Trabalho Decente (Funtrad). A ação movida pelo Ministério Público do Trabalho na Bahia (MPT-BA) por falhas na gestão da segurança dos seus funcionários tramita na 34ª Vara do Trabalho de Salvador. De acordo com a procuradora Cleonice Moreira, a condenação é um exemplo para o setor de manutenção de redes elétricas, “que é um dos maiores causados de acidentes graves de trabalho, inclusive com muitas mortes”.

A ação civil pública foi ajuizada após inquérito aberto para apurar as circunstâncias de um acidente fatal de trabalho de um empregado da Morel que prestava serviços à Companhia Baiana de Eletricidade (Coelba), empresa do grupo Neoenergia. O MPT conseguiu comprovar que o descumprimento das normas de saúde e segurança previstos na norma que regulamenta as atividades do setor elétrico eram descumpridas de forma ostensiva pela prestadora de serviços.

A empresa passou por uma inspeção e foram constatadas diversas irregularidades que ocasionaram acidentes como o do funcionário Paulo Roberto Batista da Silva, que teve dois dedos da mão esquerda amputados após levar um choque elétrico. O caso mais grave, no entanto, foi a morte por eletrocução de Rodrigo dos Santos Bailhão, em 2013. O relatório apresentado pelos auditores-fiscais do trabalho que vistoriaram o local da tragédia mostrou que, tanto a morte de Rodrigo dos Santos Bailhão, quanto o acidente com Paulo Roberto Batista da Silva, foram causados por falhas na gestão de segurança dos trabalhadores por parte da empresa, que colocou a execução do serviço em primeiro lugar em vez da saúde e segurança dos trabalhadores. A Morel, em sua defesa, tentou responsabilizar os funcionários pelos acidentes ocorridos.

A decisão da juíza do Trabalho Monique Fernandes Santos Matos determinou que, além da indenização, a Morel terá a obrigação de cumprir 12 itens de segurança em todas as suas futuras obras, sob pena de multa de R$ 50 mil por item descumprido. Entre as obrigações previstas na decisão estão a de construir, reformar e ampliar instalações elétricas, de forma que garanta a segurança e a saúde dos trabalhadores e dos usuários, adotar medidas preventivas de controle do risco elétrico em todas as intervenções, planejar e realizar serviços em instalações elétricas em conformidade com os procedimentos de trabalho específicos entre outras medidas. *Bahia Notícias.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Salvador

Homem é morto a tiros dentro da própria casa no Jardim Cajazeiras


Um homem identificado como Thiago Santos de Souza, de 30 anos, foi morto a tiros dentro da própria casa por volta das 15h desta segunda-feira (17/2). O caso aconteceu na rua Luciano Gomes, localizada no Jardim Cajazeiras.

Segundo a 3ª Companhia Independente da Polícia Militar (Cipm), responsável por atender a ocorrência, a vítima já foi encontrada sem vida no apartamento. O Departamento de Polícia Técnica foi acionado para a remoção do corpo e perícia. A Polícia Civil deve investigar.
*Aratu On.

Continue Lendo

Salvador

Trio elétrico sai do Furdunço e fica preso em viaduto na Avenida Centenário


Um trio elétrico ficou preso num viaduto da Avenida Centenário, em Salvador, na manhã desta segunda-feira (17). O veículo participou da festa de pré-Carnaval Furdunço neste domingo (16) e ficou preso quanto tentava passar pelo acesso ao Vale do Canela, sentido Comércio.

A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) informou que o acidente foi registrado por volta das 5h30. E fez com que o trânsito no local ficasse congestionado na manhã desta segunda. Além disso, o acesso ao Vale do Canela pela Av. Centenário, para quem sai da região da Lapa, está fechado pelo trio elétrico.

Até a última atualização desta reportagem, o veículo ainda não havia sido retirado do local.
*Bahia Notícias.

Continue Lendo

Salvador

Cobra é resgatada de telhado em escola no Nordeste de Amaralina


Uma cobra foi encontrada no telhado de uma escola localizada no bairro do Nordeste de Amaralina, em Salvador. O animal estava no Colégio Carlos Santana e foi resgatado por agentes da Guarda Civil, que divulgaram que a espécie possue cerca de 1,5 metros e pesa cerca de 2 kg.

A jibóia foi encontrada entre as telhas da unidade de ensino na última quinta-feira (13). A direção da escola entrou em contato com o Grupo Especial de Proteção Ambiental para fazer o recolhimento da cobra.

Ela foi encaminhada para o Núcleo Regional de Ofiologia e Animais Peçonhentos da Bahia – (NOAP/UFBA), onde passará por exames e depois será devolvida ao seu habitat natural. (VarelaNotícias)

Continue Lendo

Mais Lidas