Connect with us

Política

Bolsonaro decide deixar o PSL, diz revista


Jair Bolsonaro (PSL) parece ter decidido deixar o PSL. De acordo com a coluna Radar da revista Veja, uma fonte próxima do presidente disse que Bolsonaro já decidiu deixar o partido. Aliados mais imediatos estão cientes da decisão.

A reportagem narra que a insatisfação de Bolsonaro com a legenda pela qual se elegeu vinha em uma crescente e foi tornada pública nesta terça-feira, quando afirmou a um apoiador, na saída do Palácio da Alvorada: “Esqueça o PSL” . Na mesma ocasião, disse que o presidente da legenda, o deputado federal Luciano Bivar, “está queimado pra caramba” . 

Se resolver sair do PSL, Bolsonaro pode contar com a companhia da deputada federal baiana Dayane Pimentel (PSL) e de outros 33 parlamentares da legenda, que assinaram um abaixo-assinado em 7 de setembro pela renovação da sigla.

Fundador e presidente da UDN – partido que está em fase final de criação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) –reedição da antiga União Democrática Nacional, o ativista Marcus Alves disse nesta terça-feira que a sigla está de portas abertas para Bolsonaro. (BahiaNotícias)

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Câmara aprova ampliação de validade de CNH e outras mudanças no Código de Trânsito

Foto : Arquivo/Agência Brasil

A Câmara dos Deputados aprovou hoje (22) parte das modificações feitas pelo Senado no projeto que altera trechos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). As novas regras seguem para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

Uma das mudanças aumenta para até 10 anos o prazo máximo de validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O texto foi enviado ao Congresso Nacional pelo governo Jair Bolsonaro, mas nem todos os pontos defendidos pelo presidente foram aprovados. Como a retirada da multa para quem transportar criança sem a cadeirinha, que ficou de fora da versão aprovada por deputados e senadores.

A Câmara já tinha aprovado a matéria no fim de junho, mas teve que analisá-la novamente já que o Senado fez alterações. (Metro1)

Continue Reading

Política

TSE vai testar sistema de votação pela internet

Foto : Divulgação/TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai criar um sistema para a população votar pela internet, a partir do celular, nas próximas eleições. Em edital publicado hoje (22), o tribunal chama empresas de tecnologia interessadas em apresentar modelos virtuais que poderiam ser utilizados. 

A ideia do TSE é distribuir estandes com sistemas experimentais, na votação de 15 de novembro, nas cidades de Curitiba (PR), Valparaíso de Goiás (GO) e São Paulo (SP). O sistema não vai valer para este ano, mas será um testado com a participação de eleitores selecionados, que votarão em candidatos fictícios.

A intenção do presidente do Tribunal, ministro Luís Roberto Barroso, é que haja uma forma mais moderna e barata para o processo de votação. (Metro1)

Continue Reading

Política

Rui Costa critica discurso de Bolsonaro na ONU: “Vergonha para o Brasil”

Foto: Uendel Galter / Ag. A Tarde

O governador Rui Costa (PT) lamentou o discurso do presidente Jair Bolsonaro exibido nesta terça-feira, 22, na 75ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), e classificou o pronunciamento como “uma vergonha” para o país.

“Sobre o discurso do presidente hoje na Organização das Nações Unidas (ONU): lamentável, vergonha para o Brasil!”, escreveu o petista, no Twitter.

Em sua fala, Bolsonaro afirmou que o Brasil é vítima de uma campanha “brutal” de desinformação sobre a Amazônia e o Pantanal. “A Amazônia brasileira é sabidamente riquíssima, isso explica o apoio de instituições internacionais a essa campanha escorada em interesses escusos que se unem a associações brasileiras, aproveitadoras e impatrióticas, com o objetivo de prejudicar o governo e o próprio Brasil”, disse o presidente, no vídeo gravado.

O chefe do Palácio do Planalto afirmou também que, por ser úmida, a floresta amazônica só pega fogo nas bordas e que os responsáveis pelos incêndios seriam índios e caboclos.

Ao falar sobre a pandemia do novo coronavírus, o presidente disse que as orientações para as pessoas ficarem em casa na quase levaram o país ao “caos social”.

Ainda sobre o Brasil, Bolsonaro afirmou se tratar de um país cristão e conservador e defendeu o combate à “cristofobia”. (A Tarde)

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook