Connect with us



Bahia

Menino de oito anos morre após ser picado por escorpião na BA; hospital não tinha soro


Coordenação da unidade comentou procedimento e explicou falta de soro

Um menino de oito anos morreu após ser picado por um escorpião, na zona rural da cidade de Presidente Tancredo Neves, no interior da Bahia, na noite de segunda-feira (15). Segundo denúncia, o hospital onde a criança foi atendida não possuía soro para tratar a picada.

“O menino [estava] gritando de dor e faleceu com parada cardíaca porque não tinha o soro de animais peçonhentos. A família está indignada, inconsolável. E isso está acontecendo sempre”, afirma a auxiliar de desenvolvimento infantil, Valdecir Farias, de 49 anos.

Conforme a coordenação do Hospital e Maternidade Luís Eduardo Magalhães, todo o procedimento foi realizado após a chegada do menino, que começou a apresentar manchas no corpo cerca quatro horas depois da internação.

Conforme a coordenação, a vítima foi medicada e estava consciente. No entanto, após apresentar piora, foi recomendado que o menino fosse levado para o Hospital Regional, mas os familiares informaram que iriam levar a criança por conta própria e não fariam uso da ambulância que havia sido disponibilizada. O menino, então, teria morrido após deixar a Maternidade.

A informação de que não havia soro antiofídico é falsa, conforme a coordenação. Foi informado que, na verdade, a unidade de saúde não dispõe de soro antiescorpiônico, que só é entregue para hospitais de maior porte. *Varela Notícias.

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bahia

SAJ: Natulab retorna atividades sem apresentar plano de preservação ao coronavírus, diz sindicato


Os trabalhadores da Natulab, fábrica de medicamentos e suplementos alimentares, localizado na cidade de Santo Antônio de Jesus, foram surpreendidos pela decisão da empresa de retorno ao funcionamento da operação, neste domingo (24), sem antes realizar as medidas urgentes de garantia da segurança e saúde dos funcionários exigidos pelo Sindiquímica.

Até o momento já foram confirmados sete trabalhadores da fábrica que testaram positivo para Covid-19 (dos 11 casos confirmados no município de Santo Antônio de Jesus). Outros funcionários estão em análise, aguardando resultado, e todo o corpo de trabalhadores encontra-se apreensivo, deixando também seus familiares e toda a cidade em uma estado de alerta e medo.

O Sindiquimica enviou ofício para empresa com uma série de sugestões para permitir um retorno às atividades com segurança e uma reunião com a empresa está agendada para esta segunda-feira, (25), às 10h. Portanto, a Natulab retornou às atividades antes de apresentar o plano pronto e antes da reunião com o sindicato

“Consideramos uma afronta à entidade e uma irresponsabilidade com a saúde e segurança de todos os trabalhadores. Não aceitaremos. Estamos adotando todas as medidas necessárias para que a empresa não retorne os trabalhos hoje e estamos orientando os trabalhadores a não irem, não até a Natulab apresentar o plano de prevenção”, disse.

Ainda de acordo com o diretor, o Sindicato entende que por ser uma organização farmaceutica ela pode estar aberta mas precisa seguir as orientações.

“Santo Antônio de Jesus é uma cidade pequena , se a empresa libera sem a devida segurança ao trabalhador, em uma época como essa, a chance de um surto na cidade será muito grande”, alertou.

Uma das medidas essenciais, além da testagem de todos os trabalhadores, é a apresentação do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional-PCMSO e do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais-PPRA, com inclusão de Covid-19 e definição de corpo técnico responsável por acompanhamento, compartilhamento e transparência, elencando todas as medidas adequadas, de forma compartilhada com todos os trabalhadores. (VarelaNotícias)

Continue Reading

Bahia

Homem é preso com 48 kg de maconha e 23 kg de cocaína na BR-324


Um homem foi flagrado transportando 48 quilos de maconha e mais 23 quilos de cocaína escondidos em compartimento oculto de uma caminhonete na tarde deste domingo (24), na BR 324, na altura do município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador.

O flagrante ocorreu durante uma operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de combate ao crime. Os policiais abordaram uma Strada com placas de Belo Horizonte, desconfiaram das informações desencontradas do motorista e resolveram aprofundar a fiscalização no carro.

Ao abrirem o compartimento de carga da caminhonete, os policiais sentiram um forte odor de maconha e encontraram diversos tabletes da droga e pacotes de cocaína que estavam escondidos em compartimentos secretos da lataria da Strada.

Aos policiais, o condutor de 44 anos disse que foi visitar parentes na cidade de Brumado (BA) e um conhecido pediu para trazer o carro para Salvador. Informou ainda que não tinha conhecimento que estava transportando material ilícito. Os PRFs desconfiaram desta narrativa, pois foram encontrados no veículo recibos de abastecimento combustível em cidades mineiras.

Diante das circunstâncias, o homem foi preso por tráfico de drogas e conduzido à polícia judiciária local, para lavratura do flagrante. Ele será indiciado pelo crime previsto no art. 33 da Lei 11.343/2006.

A PRF apertou o cerco ao narcotráfico e alguns fatores contribuíram para esses resultados como o investimento na capacitação do efetivo, a implementação da tecnologia, a utilização de cães farejadores, as ações integradas com outras forças policiais e o aumento das ações de inteligência.

Além disso, a PRF conta com policiais capacitados e especializados, que tem como característica a ostensividade e abordagens mais assertivas, fruto do processo de reorientação da atividade de policiamento e emprego de técnicas avançadas de policiamento e a expertise dos PRFs, conscientes da missão institucional de proteger a sociedade. (Correio)

Continue Reading

Bahia

Bahia tem disparada em números de mortes por Covid-19; em 24h foram 47 óbitos


A Bahia deu uma disparada hoje (24) no número de mortes diárias por coronavírus. Em menos de 24h, o Estado registrou 47 óbitos, batendo o recorde de 26 falecimentos por causa da doença em único dia. O número total agora é de 460.

O Estado ainda contabilizou 3.899 casos confirmados de coronavírus, o que representa 15,82% do total de casos notificados no estado. Cumpre ressaltar que 190 casos confirmados aguardam validação dos municípios.

Considerando o número de 13.899 casos confirmados, 3.965 recuperados e 460 óbitos, 9.474 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos. Na Bahia, 2.094 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Os casos confirmados ocorreram em 246 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (62,83%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Uruçuca (4.239,97), Ipiaú (3.923,88), Itabuna (3.878,57), Ilhéus (3.172,61) e Salvador (2.998,59)

O boletim epidemiológico registra 35.981 casos descartados e 87.847 notificações em toda a Bahia. (Metro1)

Continue Reading