Conecte-se agora

Educação

Enem 2019: estudantes podem se inscrever em 42 instituições de ensino portuguesas


O Instituto de Estudos Superiores de Fafe (IESFafe), de Portugal, passará a usar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na seleção de brasileiros para os cursos de graduação. Este é, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o 42º convênio firmado com instituições portuguesas de ensino superior.

A instituição é voltada principalmente para as áreas de educação, tecnologia, gestão de empresa e turismo. Os cursos são pagos, mas é possível adquirir bolsas de estudo, de acordo com informações na página da instituição

COMO FUNCIONA:

Cada instituição define as regras e os pesos para uso das notas. As instituições de ensino superior portuguesas signatárias de convênio são responsáveis pela comunicação oficial com os candidatos admitidos em seus cursos.

De acordo com o Inep, os convênios interinstitucionais não envolvem transferência de recursos e não preveem financiamento estudantil pelo governo brasileiro. A revalidação de diplomas e o exercício profissional no Brasil dos estudantes que cursarem o ensino superior em Portugal estão sujeitos à legislação brasileira.

Em nota, o presidente do Inep, Alexandre Lopes, diz que pretende estender os convênios também para a Espanha: “Iniciamos as tratativas com a Embaixada da Espanha para que as instituições de ensino superior espanholas também aceitem o Enem como prova de acesso”. (AratuOn)

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Ministro da Educação diz que feriado da República é ‘infâmia contra Pedro II’


O ministro da Educação, Abraham Weintraub, criticou por meio de seu perfil no Twitter as comemorações a respeito da proclamação da República, comemorada nesta sexta-feira (15). De acordo com ele, o imperador Dom Pedro II foi injustiçado. “Há 130 anos foi cometida uma infâmia contra um patriota, honesto, iluminado, considerado um dos melhores gestores e governantes da História (Não estou restringindo a afirmação ao Brasil)”, disse o ministro.

Dom Pedro II cedeu o comando do país em 15 de novembro de 1889 ao Marechal Deodoro da Fonseca, primeiro presidente do regime republicano. O chefe do MEC também aproveitou para criticar a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e fez elogios à princesa Isabel, filha de Dom Pedro II ,e  à dona Leopoldina, mulher de Dom Pedro I. (M1)

Continue Lendo

Educação

Gabarito do Enem 2019 é divulgado


Participantes poderão conferir os acertos, mas as notas com resultado individual só serão divulgadas em janeiro de 2020.

gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 foi divulgadona tarde desta quarta-feira (13) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os cadernos de prova também foram divulgados.

É importante lembrar que o número de acertos não representa necessariamente a nota final. Na correção do Enem, é usado o método chamado Teoria de Resposta ao Item (TRI) – modelo estatístico que leva em conta a dificuldade de cada pergunta e busca avaliar o desempenho do candidato em determinada área de conhecimento.

As notas individuais serão divulgadas em janeiro de 2020.

1º DOMINGO: Linguagens e ciências humanas

Enem 2019 - Gabarito do 1º dia de provas - Prova Azul — Foto: Reprodução/Inep

Enem 2019 – Gabarito do 1º dia de provas – Prova Azul — Foto: Reprodução/Inep

(G1)

Continue Lendo

Educação

Gabarito oficial do Enem 2019 será divulgado nesta quarta-feira (13)


O gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 será divulgado nesta quarta-feira (13) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os cadernos de prova também serão disponibilizados.

Não há um horário marcado para a divulgação do material. Os candidatos deverão acessar o portal do Inep ou o aplicativo oficial do Enem. Assim que o gabarito estiver disponível, oG1 irá reproduzi-lo.

É importante lembrar que o número de acertos não representa necessariamente a nota final. Na correção do Enem, é usado o método chamado Teoria de Resposta ao Item(TRI) – modelo estatístico que leva em conta a dificuldade de cada pergunta e busca avaliar o desempenho do candidato em determinada área de conhecimento.

As notas individuais serão divulgadas em janeiro de 2020.

(G1/BA)

Continue Lendo

Mais Lidas