Connect with us

Brasil

“Vai mudar o Brasil”, diz Renato Gaúcho sobre governo Bolsonaro

Em entrevista concedida nesta sexta-feira (15), o técnico do Grêmio, Renato Gaúcho, teceu elogios ao presidente da República Jair Bolsonaro, e chegou a fazer um convite para que ele possa assistir a um dos jogos do seu time no Campeonato Brasileiro.

“Eu mandei um vídeo para ele na última segunda, ele me ligou segunda à noite, depois conversamos na terça-feira. Aproveitei e convidei para assistir o jogo do Palmeiras com o Grêmio. Ele disse que faria o possível, mas de repente estaria com a agenda um pouco cheia. Fiquei feliz por ter conversado com ele, ter retornado a ligação. É o presidente do Brasil, não é torcedor do Palmeiras, Flamengo, Botafogo, do Grêmio, ele é presidente do Brasil. Ele tem uma bandeira só, a do país’, disse o técnico.

O comandante do tricolor gaúcho ainda teceu elogios a Bolsonaro e disse torcer para que ele faça um bom trabalho em frente ao governo.

“Não sou advogado dele, mas eu sou um cidadão brasileiro, que pago meus impostos, e sempre vou torcer pelo sucesso dele. E tenho certeza que, se alguém vai mudar o país é o Bolsonaro. Gostaria muito de dar um abraço nele, seria uma honra abraçar o presidente do país. Gosto muito dele, das maneiras, atitudes, de estar nos jogos. Ele é do povo, quer estar mais próximo do povo… Eu gosto dessas atitudes. Ele vai dar jeito no Brasil, é só termos paciência e dar tempo ao tempo”, completou o treinador. (Varela)

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Bolsonaro sinaliza que Bolsa Família pode chegar a R$ 400

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sinalizou nesta terça-feira (3) que o novo valor médio do Bolsa Família pode chegar ao dobro do valor médio atual, passando de R$ 192 para cerca de R$ 400. 

“Estamos aqui ultimando esforços e estudos no sentido de dar um aumento de no mínimo 50% para o Bolsa Família, podendo chegar até 100% em média”, disse Bolsonaro à TV Asa Branca, afiliada da Globo em Caruaru (PE), conforme divulgação do portal Metrópoles.

Até então, Bolsonaro vinha defendendo que o ticket aumentasse para R$ 300, mas nos últimos dias começou a ganhar força uma proposta de aumento ainda maior, impulsionada pela ala política do governo, que ganhou peso com a chegada do senador Ciro Nogueira (PP-PI) à Casa Civil.

A reformulação do programa é tratada pelo governo federal como uma forma de impulsionar a campanha à reeleição do presidente. O governo finalizou uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para abrir espaço no Orçamento de 2022.

O texto estipula que as despesas com sentenças da Justiça poderão ser pagas com uma fração do valor em 2022 e mais nove parcelas anuais. São os chamados precatórios, dívidas do governo reconhecidas pela Justiça e para as quais não é mais possível recorrer. As mudanças previstas na PEC criam uma margem de cerca de R$ 40 bilhões no Orçamento de 2022. (BN)

Continue Reading

Brasil

CPI da Covid aprova quebra de sigilo de líder do governo Bolsonaro

A CPI da Covid aprovou a quebra de sigilos telefônico, telemático, fiscal e bancário do líder do governo Bolsonaro na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR). O requerimento que autoriza a medida foi votado nesta terça-feira (3) pelo senadores do colegiado. 

Os parlamentares da comissão querem apurar a ligação do deputado com a negociação para a compra da vacina indiana Covaxin, cujo contrato foi cancelado por suspeitas de irregularidades.

Em depoimento à CPI, o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) afirmou que levou as suspeitas ao presidente Jair Bolsonaro pessoalmente. Bolsonaro então teria dito que era um “rolo” do líder do governo. Fonte: Metro1

Continue Reading

Brasil

Brasil completa três dias com média móvel de mortes por Covid abaixo de mil

Depois de seis meses seguidos com uma média de mais de mil vítimas diárias de Covid-19, o Brasil registrou na última segunda (2) o terceiro dia consecutivo com a média móvel de sete dias abaixo desse patamar, segundo o painel de dados Monitora Covid-19, mantido pela Fiocruz. A informação foi divulgada pela Agência Brasil.

A média móvel de mortes é calculada somando as mortes confirmadas nas últimas 24 horas com as que foram registradas nos seis dias anteriores. O resultado é dividido por sete.

Esse dado é observado por pesquisadores para avaliar a tendência de evolução da pandemia de forma mais clara, já que menos informações são notificadas pelas secretarias de saúde municipais e estaduais nos fins de semana e ficam represadas nos primeiros dias de semana, gerando grande oscilação nos números. Fonte: Metro1

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas