Conecte-se agora

Esporte

Bahia encara Atlético- MG para afastar má fase e manter sonho vivo


Sob promessa de chuva, o Bahia tenta lavar a alma diante do Atlético Mineiro na noite quarta-feira (27), pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, para afastar a má fase e manter o sonho vivo de assegurar uma vaga na pré-Libertadores de 2020. O duelo acontece às 21h, na Fonte Nova.

Para manter o sonho vivo, o Tricolor precisa acabar com duas séries negativas: o jejum de triunfos dentro de casa (6) e na competição (8). A última vitória foi diante do Grêmio, no dia 16 de outubro, em Porto Alegre.

O técnico Roger Machado conta com dois desfalques para o confronto. O lateral-direito João Pedro e o meio-campista Alejandro Guerra receberam o terceiro cartão amarelo e estão fora da partida. Já o atacante Artur segue como dúvida. A novidade é o retorno do volante Flávio, que cumpriu suspensão automática.

O Galo deve promover quatro substituições em relação ao time que entrou em campo na última rodada. Os zagueiros Réver e Igor Rabello e o volante Jair retornam após suspensão. Já Ramón Martínez é apontado como provável titular no lugar de Zé Welisson, que recebeu terceiro amarelo.

O duelo será comandado por Thiago Duarte Peixoto, Daniel Luis Marques e Daniel Paulo Ziolli, todos de São Paulo. O confronto coloca frente a frente o 10° colocado, com 44 pontos, e o 13°, com 41.


FICHA TÉCNICA
Bahia x Atlético-MG
Campeonato Brasileiro – 35ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 27/11/2019 (quarta-feira)
Horário: 21h
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP), Daniel Luis Marques e Daniel Paulo Ziolli (ambos de SP)
Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Gregore, Flávio e Lucca; Élber, Artur e Gilberto. Técnico: Roger Machado.
Atlético-MG: Cleiton; Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Ramón Martínez (Otero), Jair, Luan, Cazares e Marquinhos; Di Santo. Técnico: Vagner Mancini.

*Varela Notícias.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Bahia perde para o Fortaleza e termina o Brasileirão em 11º


Na tarde de hoje (8), o Bahia perdeu por 2×1 para o Fortaleza, no Castelão, e encerrou sua participação no Brasileirão 2019 com derrota. Os gols da partida foram marcados por Osvaldo e Tinga, para o Fortaleza, e Artur, para o Bahia.

A equipe cearense saiu na frente do placar com gol do atacante Osvaldo aos 12 minutos do 1º tempo. O Bahia conseguiu melhorar e empatou ainda na primeira etapa, gol de falta do atacante Artur.

No entanto, a lei do ex surgiu no Castelão. O lateral-direito Tinga, que já defendeu as cores do Bahia, recebeu passe de Gabriel Dias e deu números finais ao placar.

Com o resultado, o tricolor baiano ficou com 49 pontos e terminou a competição na segunda parte da tabela, no 11º lugar. O Esquadrão está garantido na Copa Sul-Americana 2020. (M1)

Continue Lendo

Esporte

Bahia fecha o Brasileirão 2019 com média de público de 26 mil pagantes


Com o jogo diante do Vasco na última quinta-feira (5), o Bahia encerrou a sua participação como mandante no Campeonato Brasileiro. Apesar dos últimos jogos em Salvador não animarem em termos de resultado, os tricolores têm o que comemorar: a massiva presença nas arquibancadas.

De acordo com números do site GloboEsporte.com, a média de público do Esquadrão de Aço foi de 26.338 pagantes, o que significa uma ocupação média de 55% da capacidade e a sexta maior presença da competição, sendo superada pelas torcidas de Palmeiras, São Paulo, Fortaleza, Corinthians e Flamengo.

A maior presença aconteceu no jogo contra o Flamengo, com 43.099 pessoas. Já a menor assistência foi no encontro com a Chapecoense, com o total de 16.836 torcedores.

O número desta temporada é o maior desde que o Esquadrão de Aço retornou para a Série A. Em 2018 a média fechou em 19.315, enquanto em 2017 foi de 21,540.
*Bahia Notícias.

Continue Lendo

Esporte

Em casa, Bahia empata em 1 a 1 com o Vasco


O Bahia empatou em 1 a 1 hoje (5) com o Vasco da Gama, na Arena Fonte Nova, em Salvador. O duelo foi o último compromisso do tricolor pela Série A do Campeonato Brasileiro e marca o oitavo jogo sem vencer em casa do time baiano.

O Esquadrão abriu o placar aos 44 do primeiro tempo, de pênalti, com atacante Gilberto, mas deixou o triunfo escapar no final do jogo, aos 39 do segundo, com o também atacante Marrony.

No confronto ainda foram expulsos o atacante Arthur Caíke, do Bahia, após falta em Andrey, e Ricardo, do Vasco, no lance de penalidade máxima em Gilberto. (Metro1)

Continue Lendo

Mais Lidas