Connect with us



Educação

MEC vai liberar R$ 125 milhões adicionais para universidades


O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou hoje (29) que o governo vai disponibilizar R$ 125 milhões em recursos extras para as universidades federais. De acordo com o ministro, 65% dos recursos serão destinados para a aquisição de painéis solares e o restante para a conclusão de obras paradas ou em andamento.

“Estamos liberando recursos para investimentos em energia fotovoltaica renovável e isso vai liberar orçamento na veia para as universidades”, disse o ministro.

Os recursos, advindos de remanejamento do orçamento da Secretária de Educação Superior (Sesu), serão distribuídos para todas as 63 universidades federais, que em média receberão cerca de R$ 2,5 milhões. Mas, segundo o secretário de Ensino Superior, Arnaldo Lima, terão acesso a um volume maior de recursos as universidades que estiverem melhor classificadas em um ranking do ministério que avalia a qualidade e desempenho e que tenham o menor custo por aluno.

Para tanto, as universidades foram classificadas em cinco faixas. Quanto maior for a pontuação no ranking, maior será o volume de recursos recebidos.

De acordo com a assessoria do ministério, o objetivo é beneficiar as universidades que possuem menores condições orçamentárias de realizar esse tipo de investimento. A estimativa do Ministério da Educação é que após a implantação dos painéis haja uma redução média nas contas de luz das universidades de até 25,5 milhões por ano. (ATarde)

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Inscrições para o Enem terminam nesta sexta-feira


As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 terminam às 23h59 desta sexta-feira (22). As provas, entretanto, foram adiadas na quarta-feira (20) por 30 a 60 dias em relação ao que foi previsto inicialmente no edital por determinação do Ministério da Educação.Ontem (21), segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pelo exame, mais de 4, 3 milhões de estudantes tinham feito a inscrição para participar desta edição do Enem.

Neste ano, o Inep também oferecerá o Enem Digital, porém, desde a semana passada, as 101,1 mil vagas ofertadas para a versão informatizada do exame já haviam se esgotado. A aplicação do Enem Digital será em laboratórios de informática, em diversas faculdades brasileiras, e o candidato receberá um cartão de confirmação da inscrição no exame, com o endereço da faculdade e o laboratório de informática onde fará a prova, sob supervisão de fiscais. (Correio)

Continue Reading

Brasil

ENEM: Secretaria da Educação alerta que as inscrições se encerram nesta sexta-feira (22)


A Secretaria da Educação do Estado alerta que as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) se encerram nesta sexta-feira (22) e podem ser realizadas através do site https://enem.inep.gov.br/participante/. O anúncio do adiamento é referente apenas às provas que aconteceriam em novembro.

A inscrição é gratuita para todos os estudantes da rede pública e o exame é a principal forma de acesso ao Ensino Superior, pois possibilita aos inscritos concorrerem a vagas em universidades pelo Sistema de Seleção Unificada (SISU).  

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) e o Ministério da Educação (MEC) decidiram, nesta quarta-feira (20), pelo adiamento da aplicação das provas do ENEM nas versões impressa e digital, que estavam marcadas para acontecer em novembro. A nova data, que não foi definida, será condicionada a uma enquete com os estudantes inscritos no ENEM 2020, previsto para o mês de junho. (Ascom)

Continue Reading

Educação

Governo anuncia adiamento do Enem


O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas educacionais (Inep) anunciou hoje (20) o adiamento do Enem 2020. Em nota divulgada pelo Inep, as provas serão adiadas entre 30 a 60 dias, em relação ao previsto nos editais, podendo ocorrer em dezembro ou janeiro.

“Atento às demandas da sociedade e manifestações do Poder Legislativo em função do impacto da pandemia do Coronavírus no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o Ministério da Educação (MEC) decidiram pelo adiamento da aplicação dos exames nas versões impressa e Digital. As datas serão adiadas de 30 a 60 dias em relação ao previsto nos editais”, diz trecho da nota.

Continue Reading