Connect with us

Bahia

Número de feminicídios cresce 45% entre 2018 e 2019; “uma realidade”, diz secretário da Segurança


O número de feminicídios subiu quase 45% na Bahia entre os anos de 2018 e 2019. No ano passado, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) registrou 101 casos, contra 70 no ano anterior. Os dados foram apresentados na manhã desta segunda-feira (13/1) pelo secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, em coletiva realizada no Centro de Operações e Inteligência (COI), no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador. 

“Este é um dos nossos principais desafios. Apesar dos esforços da SSP e de outros órgãos, o aumento do feminicídio é uma realidade, não só da Bahia, mas em todo o país. Estamos engajados com a SPM, o MP, a Defensoria Pública e outros órgãos da rede de proteção à mulher para mudarmos essa realidade”, afirmou o secretário. Na ocasião, ele anunciou o lançamento da Operação Ronda Maria da Penha em mais nove municípios baianos.

Apesar disso, os Crimes Violentos Letais e Intencionais caíram. Quinhentas e trinta e uma vidas foram preservadas de janeiro a dezembro de 2019, se comparado com o ano de 2018. Os números refletem a queda de 9,4% nos homicídios, latrocínios e lesão corporal seguida de morte. Na capital, a redução foi de 11, 4% (-131), seguido pelo interior com – 9,7% (-370) e pelas cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS), que computaram – 4,5% (-30). 

Outra estatística levantada e apresentada pela própria SSP é o de roubos a instituições financeiras. Em 2019 foram computados 17 casos a menos de roubos a bancos no estado, se comparado o mesmo período de 2018, sendo registrados 49 ocorrências em toda a Bahia. O interior do estado alcançou o maior índice de queda, com  -42% de registros, seguida por Salvador com -14%. 
*Aratu On.

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bahia

Mais de 40 funcionários de agências bancárias de Feira testaram positivo para Covid


Feira de Santana já registrou 41 casos de funcionários infectados pelo novo coronavírus em agências da cidade. Segundo o portal G1, a informação é do Sindicato dos Bancários. 

“[Em cinco dias] a gente está com números crescentes e constantes. Já chegou a quatro [o número de funcionários com a doença]. Até agora, nós temos notícias de 41 bancários”, declarou a presidente Sindicato dos Bancários da cidade, Sandra Freitas.

Por conta da situação, o Ministério Público do Trabalho (MPT) mandou fazer relatórios para apurar a situação.

“O órgão de fiscalização já foi em [várias] agências esta semana. A gente está aguardando a chegada desses relatórios. A gente está curioso agora para saber em relação se as medidas sanitárias estão sendo respeitadas, porque houve mais seis casos de denúncia nesta semana no MPT”, disse Ilan Fonseca, procurador do Ministério Público do Trabalho.

Ainda segundo Fonseca, o sindicato enviou uma cinco denúncias ao MPT. Caso sejam confirmados os casos, agências podem ser interditadas em Feira. “O sindicato da categoria nos encaminhou cinco denúncias, trazendo informações de novos bancários contaminados. Se ficar comprovado que o banco não está contribuindo com as medidas sanitárias, a gente vai reforça o pedido na Justiça para que essas agências sejam interditadas”, completou.

Continue Reading

Bahia

Bahia registra 3.171 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas; óbitos chegam a 2.050


A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) registrou, nas últimas 24 horas, 3.171 casos de Covid-19, apresentando uma taxa de crescimento de +3,9%. Desde o último boletim, também foram registrados 49 óbitos em decorrência do coronavírus. As confirmações ocorreram em 391 municípios do estado, com maior proporção em Salvador.

O estado possui 2.050 mortes causadas por infecção da Covid-19 e 85.485 casos confirmados, sendo 57.160 considerados curados. Do total de casos, 9.699 profissionais da saúde foram confirmados para a doença. 

Na Bahia, dos 2.283 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.500 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 66%. No caso das Unidades de Terapia Intensiva (UTI), a taxa de ocupação chega a 80%. (Metro1)

Continue Reading

Bahia

Antes de morrer por Covid-19, jovem mandou áudio para a namorada: “Vão desligar os aparelhos”


Um jovem de 19 anos, identificado como Leandro Santos Azevedo, que morreu no Hospital de Campanha do Wet’n Wild, em Salvador, um dia após ter o resultado do exame positivo para Covid-19, havia mandado um áudio assustado para a namorada enquanto estava internado.

No áudio, o jovem dizia que os profissionais do hospital iam entubar ele e desligar os aparelhos. A mensagem teria sido passada para Talyta Fernandes, namorada de Leandro.

“Eles vão me entubar todo aqui, véi. Vão desligar o aparelho. […] Venha aqui amanhã”, disse Leandro.  Durante a troca de mensagens, Talyta pergunta como ele está. Como resposta, o jovem comenta sobre a entubação. A namorada pergunta: “Você está entubado?”. E ele responde, também por áudio, que não está entubado e pede para ela ir ao hospital no dia seguinte.

Em seguida, Talyta pergunta o que Leandro está sentindo, e ele responde que está “bem melhor”. Logo depois, ele afirma que será entubado e que o aparelho seria desligado por três dias.

Leandro havia dado entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Avenida San Martin no último domingo (28) com sintomas da doença, e foi transferido para o Wet’n Wild no dia seguinte.

O jovem morreu na madrugada da última terça-feira (30). A família soube após uma ligação da assistente social.

Em nota, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informou que, “de acordo com o apurado junto à empresa Associação Saúde em Movimento (ASM), gestora do Hospital de Campanha do Wet’n Wild, não houve erro/negligência médica no atendimento ao paciente Leandro Santos Azevedo”.

 A nota ainda diz que “devido a complicações do estado clínico do paciente, a equipe médica optou pela intubação do mesmo, uma vez que o tratamento com uso do respirador mecânico não estava surtindo efeito. Infelizmente, a piora clínica evoluiu rápido, apesar da utilização de toda estrutura assistencial disponível no leito de UTI da unidade”.

Ainda segundo a SMS, uma equipe técnica da secretaria responsável pela fiscalização das metas qualitativas dos atendimentos ofertados à população pelas empesas terceirizadas fará apuração dos fatos. (VarelaNotícias)

Veja a conversa entre Leandro e a namorada:

Continue Reading