Conecte-se agora

Bahia

Marinha alerta para ciclone na Bahia


O Centro de Hidrografia da Marinha, o Instituto Nacional de Meteorologia, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais e o Centro Integrado de Meteorologia Aeronáutica da FAB alertam para a formação de um ciclone com possíveis características subtropicais a partir do dia 23.

Ele pode ser classificado como Depressão Subtropical e está associado a uma zona de convergência sobre uma região em que a temperatura da superfície do mar está entre 26C e 27C. Caso a intensidade dos ventos alcance ou supere 63 km/h (34 nós), ele muda. 


Passará a ser considerado uma Tempestade Subtropical e batizada de “Kurumí”, expressão em tupi-guarani que significa “menino”. A nomenclatura será oficialmente estabelecida por meio de Aviso Especial publicado no site do CHM, conforme a relação de nomes das Normas da Autoridade Marítima no 19.

A provável área de formação do ciclone subtropical será em alto-mar, entre o Norte do Rio de Janeiro e o Sul do Espírito Santo, com deslocamento inicialmente para o Sul, afetando as condições de tempo e mar entre os estados de Santa Catarina e Bahia, a partir do dia 23 pela manhã. 


São esperados ventos com direção de Nordeste a Norte e intensidade de até 87 km/h (47 nós) em alto-mar, entre o Rio de Janeiro, ao norte de Arraial do Cabo (RJ) e a Bahia, ao sul de Caravelas (BA), entre o dia 23 pela manhã e o dia 25.

Também são esperados ventos com direção de Nordeste a Norte e intensidade de até 61 km/h (33 nós) em alto-mar, na Bahia, entre as cidades de Caravelas e Ilhéus, entre o dia 23 pela manhã e o dia 25.

(Verdinho Notícias)

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bahia

Religiosa é internada com suspeita de coronavírus em hospital de Jequié


Uma mulher deu entrada nesta segunda-feira (24), na Unidade de Pronto Atendimento, UPA de Jequié, com suspeita de Coronavírus. A religiosa voltou recentemente de Siena na Itália, segundo a Secretaria de Saúde Municipal. A freira teria apresentado sintomas de infecção respiratória aguda, e foi atendida na UPA e posteriormente  transferida para o Hospital Geral Prado Valadares.

A paciente já está em isolamento e também já teve amostras de sangue coletadas para a realização de exames, seguindo  o protocolo do Ministério da Saúde.

Segundo o secretário de Saúde, Vitor Lavinsky, por enquanto, ainda é suspeita. Ela ficará internada em isolamento até que se tenha o resultado dos exames”, explica. Lavinsky destaca que não há motivo para pânico, já que o caso é apenas suspeita. “Os sintomas do coronavírus são similares ao de uma gripe. É preciso que se tenha muito cuidado para não alarmar a população, porque pode ser apenas uma simples gripe”.

O Hospital Geral Prado Valadares não pronunciou sobre o assunto.

Uma alta de novos casos de infecção pelo Covid-19, o coronavírus, em países como a Itália, a Coréia do Sul e o Irã nesta segunda-feira (24) aumentou o receio de que haja uma pandemia da doença. O vírus infectou cerca de 77 mil pessoas e já matou mais de 2.500 na China, onde ele se originou no ano passado.

Na Itália, 7 mortes foram confirmadas, no Irã, 12, e na Coréia do Sul, 7.

Na Itália, 190 infectados

Ao menos 190 pessoas no norte da Itália foram diagnosticadas com o vírus, e sete morreram, incluindo uma mulher de 84 anos que faleceu na madrugada desta segunda (24) em Bergamo.

As autoridades ainda não conseguiram identificar a origem do contágio. Nesta segunda (23), a epidemia já atinge mais de seis regiões.Fique atento aos seguintes cuidados:

  • Evitar contato próximo com pessoas doentes e que tenham infecção respiratória aguda
  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um antisséptico para as mãos à base de álcool em gel, principalmente, após contato direto com pessoas doentes e antes de se alimentar
  • Usar lenços descartáveis para higiene nasal (nada de lencinhos de pano!)
  • Cobrir nariz e boca sempre que for espirrar ou tossir com um lenço de papel e descartar no lixo
  • Higienizar as mãos sempre depois que tossir ou espirrar
  • Evitar tocar em olhos, nariz e boca com as mãos não higienizadas
  • Manter ambientes muito bem ventilados
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal como copos, garrafas e talheres
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência
  • Evitar contato com animais selvagens ou doentes

Esses são hábitos diários que podem ajudar a impedir a propagação de várias doenças, inclusive essa nova infecção viral.

Fonte: Marcos Cangussu

Continue Lendo

Bahia

Vídeo: Caranguejos “invadem” ruas de cidade no interior da Bahia


Um grupo de caranguejos foi filmado “invadindo” o Centro da cidade de Taperoá, no baixo sul da Bahia, nesta semana. As imagens feitas por um morador da região viralizaram nas redes sociais. A chamada “andada de caranguejo” é comum em todo o baixo sul do estado nesta época do ano.

Não há informações de qual espécie foi gravada, no entanto, conforme o Ibama, entre 1º de outubro até o mês de março é iniciado o período de defeso para ambos os sexos do caranguejo Guaiamum. Nesta época, fica proibida a captura, manutenção em cativeiro, transporte e comercialização.

Fonte: VarelaNotícais.

Continue Lendo

Bahia

Após brigas, Kannário ameaça parar de tocar no Carnaval: “Não quero manchar meu nome”


Durante o desfile da pipoca no Circuito Dodô (Barra/Ondina), o cantor Igor Kannário se irritou com os foliões que estavam procurando briga. Na madrugada deste sábado (22), o artista ameaçou parar de tocar no Carnaval de Salvador caso as confusões continuassem no circuito.

“Velho, não estou entendendo vocês, não. Vocês ficam brigando aí embaixo… Amanhã vão dizer que a culpa é minha, da favela… Nada a ver, ‘piva’. Se ficar nessa onda aí, eu vou deixar de tocar no Carnaval de Salvador. Se vocês não procurarem se respeitar, se educar, eu vou parar de tocar no Carnaval de Salvador, porque eu não vou quero ficar manchando meu nome e minha imagem”. Fonte: VN

Continue Lendo

Mais Lidas