Conecte-se agora

Polícia

Grafiteiro de monumento no CT do Bahia, “Scank” é morto no Imbuí; polícia apura rivalidade de torcida


O grafiteiro Jailson Galdino Souza dos Santos, conhecido no meio artístico como Scank, foi executado na madrugada desta quinta-feira (13/2). A vítima, que tinha 27 anos, estava na companhia de um amigo identificado pelas iniciais A.J.dos.S, espancado pelos criminosos. De acordo com a Polícia Militar, o homicídio e tentativa ocorreram na localidade conhecida como Bate Facho, área considerada perigosa no bairro do Imbuí, em Salvador. 

O comandante da 39ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Boca do Rio/Imbuí), major Antônio Batista de Macedo, disse que as guarnições foram acionadas por volta das 2h40 e fizeram rondas no local para encontrar os autores do crime, sem sucesso. Scank morreu na hora, enquanto seu amigo foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) localizada no bairro Guilherme Marback. O estado de saúde não foi informado. 

A.J conversou informalmente com os policiais militares. Segundo o oficial, ele teria alegado que estava na região para comprar vinho junto com Jailson. “Ele deu essa versão, mas acabou confessando que é usuário de drogas. Estamos apurando todas as informações”, destacou o major.

Oficialmente, o caso está sendo apurado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), por meio da 1ª Delegacia (DH/Atlântico). A Polícia Civil não confirma, mas surge uma versão para o assassinato: os dois rapazes seriam torcedores de um clube de futebol e foram surpreendidos pelos homens armados, que seriam rivais. Essa informação deve ou não ser confirmada no decorrer das apurações. 

PASSAGENS PELA POLÍCIA

Em 2014, Scank foi detido em flagrante pela Guarda Civil Municipal de Salvador (GCMS) por praticar atos de vandalismo junto com outros amigos. Eles estavam pichando estabelecimentos comerciais durante a madrugada em espaços públicos no centro de Salvador.

A pichação é considerada vandalismo e crime ambiental, que estipula pena de detenção de 3 meses a 1 ano, e multa, para quem pichar, grafitar ou por qualquer meio conspurcar edificação ou monumento urbano. Existe ainda uma lei municipal que institui sanções para atos de vandalismo em Salvador, onde o vândalo terá que pagar uma multa que varia entre R$ 1 mil e R$ 1.000.000, que será graduada de acordo com o dano constatado.

TRABALHO

Scank é conhecido por diversos trabalhos de grafite espalhados pela cidade. Ele foi responsável, inclusive, pela pintura de uma das vacas da CowParade, comprada e exposta atualmente no Centro de Treinamento do Bahia, Evaristo de Macedo, no município de Dias D’ávila. Na época, inclusive, ele chegou a compartilhar o feito com uma postagem no Facebook e recebeu diversos elogios. Fonte: AratuOn

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PM-BA diz que Kannário incitou foliões contra policiais: ‘Atitude irresponsável e criminosa’


O Comando-Geral da Polícia Militar divulgou nota em que reclama da atitude do cantor-político Igor Kannário. Nesta segunda-feira (24), durante desfile no Campo Grande, o artista afirmou que, se “algo” acontecesse com ele, “quem mandou me matar foi alguém da PM” .

Em nota, a PM-BA informou que “repudia as provocações e agressões feitas à tropa” por Kannário. “Além da atitude irresponsável e criminosa o também deputado federal incitou os foliões contra os policiais militares que faziam o policiamento do circuito Osmar”, ressaltou.

“É inaceitável que qualquer pessoa, ainda mais um parlamentar, tente comprometer a honra da instituição e de policiais militares que estão comprometidos e empenhados na defesa da sociedade baiana. Todas as medidas judiciais cabíveis que o caso requer serão adotadas”, acrescentou.   (BN)

Continue Lendo

Polícia

SSA: PM apreende 102 armas brancas com ambulantes no circuito Dodô


Patrulhas da Polícia Militar apreenderam, na madrugada desta terça-feira (25), 102 armas brancas com ambulantes, no circuito Dodô (Barra/Ondina). Facas, tesouras, garfos, martelo, entre outros itens proibidos estavam dentro de isopores e sacolas.

Os militares percorreram o treco entre o clube Espanhol e o hotel Othon. Materiais foram recolhidos e os ambulantes orientados sobre a proibição daqueles materiais nos circuitos do Carnaval.

“Temos uma concentração grande de ambulantes na Barra e em Ondina, muitos deles dormindo no local desde o Fuzuê e o Furdunço. Esses materiais irregulares poderiam ser utilizados em brigas com foliões ou até em desavenças com outros ambulantes por disputa de espaço”, disse o comandante de Operações da PM, coronel Humberto Sturaro. (BNews)

Continue Lendo

Polícia

Carnaval: policial de folga se envolve em briga, atira e fere três pessoas em SSA


A Polícia Civil investiga a ocorrência com três pessoas feridas por disparos de arma de fogo nas pernas. O caso aconteceu, na noite de segunda-feira (24), no circuito Osmar (Centro), na região do São Bento.


Câmeras da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) flagram a ação. “Informações preliminares indicam que um policial fora de serviço teria se envolvido em uma briga e efetuou os disparos. As vítimas foram atendidas em um posto médico no próprio circuito e depois encaminhadas para o HGE. Nenhuma corre risco de morte”, afirmou a SSP-BA. 

Fonte: Correio.

Continue Lendo

Mais Lidas