Conecte-se agora


Entretenimento

Professor da UFRB assina roteiro de série documental Milton e o Clube da Esquina


O professor Marcelo Dantas, vinculado ao Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas (Cecult) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), assina, junto a Danilo Gullane e Vitor Mafra, o roteiro da série documental Milton e o Clube da Esquina, em exibição no Canal Brasil. A produção, de seis episódios, é baseada na obra “Os Sonhos Não Envelhecem – Histórias do Clube da Esquina”, de Márcio Borges, e conta a história da formação do grupo na voz dos próprios protagonistas.

Milton "Bituca" Nascimento e o #ClubedaEsquina revolucionaram a cultura brasileira com suas músicas sobre amizade, militância e amor. Hoje, às 22h30, se deleite com canções e memórias do grupo na série "Milton e o Clube da Esquina" ❤️ Ah, a série completa está disponível pelo #CanalBrasilPlay: http://bit.ly/miltonep1

Posted by Canal Brasil on Thursday, January 30, 2020

O Clube da Esquina é o nome do disco duplo de Milton Nascimento e Lô Borges, que dividiu a crítica na época de seu lançamento no início dos anos 70, mas em poucos meses conquistou o Brasil e se tornou uma espécie de clássico instantâneo da MPB. A história da obra se confunde com a história de uma amizade: a de Milton Nascimento e Márcio Borges, primeiro parceiro da sua vida, com quem fez dezenas de músicas, mas também de Lô Borges e Beto Guedes, que iniciaram a carreira juntos, ainda crianças.

Essa amizade foi o mote do encontro que rendeu grandes composições. Quando decide gravar o disco, Milton Nascimento reúne o grupo de amigos por várias semanas, em uma casa alugada em Niterói, vivendo literalmente de música, com visitantes quase diários: Ronaldo Bastos, Márcio Borges e Fernando Brandt. Mergulhados na criação, todos os formatos de parceria foram experimentos, em duplas e trios dentro do mesmo grupo. Nasce aí a obra mítica, cuja parceria completa 50 anos em 2020.

A série para TV marca uma das homenagens ao grupo este ano e relembra as histórias e canções. Numa espécie de fidelidade aos fatos históricos, as filmagens aconteceram num estúdio isolado nas montanhas de Minas, perto de Belo Horizonte, onde Milton Nascimento e seus amigos do Clube da Esquina (Marcio Borges, Lô Borges e Ronaldo Bastos) se encontram e passam uma semana falando do que viveram e criaram no passado e trocando ideias com outros artistas/amigos, entre os novos e os antigos.

Como convidados especiais, a produção traz a participação de Gal Gosta e Ney Matogrosso, que os mineiros conheceram nos anos 70, assim como as novas amizades e afinidades artísticas, com Samuel Rosa, Seu Jorge, Criolo, Maria Gadu e Isa. “O resultado é a beleza revivida dessas canções clássicas nas vozes originais, mas também em duetos nunca antes realizados, em releituras das músicas com arranjos novos, mas que claramente reverenciam a beleza única das versões originais”, diz Marcelo Dantas.

A série, que tem produção da Gullane e direção de Vitor Mafra, estreou seu primeiro episódio no Canal Brasil no dia 31 de janeiro e prossegue sua exibição sempre às sextas-feiras, às 22h30, com duas reprises no sábado e domingo. Os seis episódios também estão disponíveis, na íntegra, no Canal Brasil Play, com acesso liberado a todos os públicos.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

BBB: Thelma é a nova líder após 26h de prova de resistência


O Big Brother Brasil tem uma líder inédita: Thelma. Após 26h, a médica foi a última a sair da prova de resistência Carrossel Novex e deixou o local ao lado de Mari.

Durante o programa ao vivo desta sexta-feira (20), quando só restavam as sisters na disputa, Thiago Leifert anunciou que ambas estavam imunes. Emocionadas e aliviadas, Mari e Thelma especularam sobre qual seria a melhor decisão para finalizar a disputa.

A baiana citou que “ver a família é tudo neste momento” e admitiu que estava preocupada com o voto de Thelma. “Então, uma coisa que me preocupa. Provavelmente você vai colocar a Flayslane, se você for Líder, né?”.

A médica respondeu que provavelmente, mas ainda não definiu seu voto.”Não vou mentir, é uma das opções. Primeiro eu iria ganhar, para depois pensar”, disse ela, que horas depois garantiu que não indicará Felipe Prior para a berlinda.

Mari respondeu: “Se eu sair, eu vou meio que estar colocando ela no Paredão. Uma preocupação, uma das coisas que está me preocupando”, relata a baiana.

Pouco depois, no seu limite, Mari sugeriu: “Vamos embora, então? Não me importo, eu fico com a imunidade,você pode ver foto da sua família” disse, abandonando a prova. Emocionada, ambas se abraçaram.

A médica foi recebida pelas amigas da casa, pulou no colo de Rafa, abraçou Babu e foi carregada por Gizelly.

Mais tarde, no quarto contou que não gostou da postura de Mari na prova. “Ela ficava dando corda, ela falava: ‘que acho que não faz sentido a gente ficar aqui se matando até de manhã’. Mas se fazendo de durona, sabe? Ai eu falei assim, um dos meus objetivos do jogo é ser Líder, então se eu ficar aqui até 7, 8, 9”, relatou. Manu respondeu que a baiana deu a entender que deu a liderança para a médica, mas que, na verdade, ela estava mais cansada. “Foi mérito 100% da Thelminha”, complementou Rafa.

Em outro cômodo, Mari lamentou com Gabi por ter desistido. “Eu estou arrependida de ter deixado ela ganhar, sério”, afirmou e explica que tinha dúvida se a indicação de Thelma seria Flayslane e que esse foi o assunto da conversa entre as duas na disputa. (Correio)

Continue Lendo

Entretenimento

Pyong é o oitavo eliminado do BBB20, com 51,70% dos votos


Depois de encerrar a votação do Paredão entre Babu, Pyong e Rafa, Tiago Leifert entra em contato com os brothers e as sisters. O apresentador discursa: “Quando você está no Paredão, você não está sendo julgado. Você está sendo julgado por aquilo que você não pode mudar: você. Você não tem escolha. Você se jogou ali, e é isso o que está sendo avaliado”.

Na sequência, Leifert afirma: “Mas, não se engane. O Paredão não é poder. Não vá ao Paredão”.

Em seguida, o apresentador anuncia: “Se você jogou certo, foi brilhante. Se você jogou errado, foi outra coisa”

Pyong é o oitavo eliminado do BBB20, com 51,70% dos votos. Babu recebeu 47,71%. Rafa recebeu 0,59%. (Globo.com)

Continue Lendo

Entretenimento

BBB20: Felipe Prior é o último a deixar prova de resistência e é o novo líder


O BBB20 tem um novo líder: Felipe Prior. Ele foi o último a deixar a prova de resistência, que aconteceu até a manhã desta sexta-feira (13). Ele estava disputando com Rafa que, conforme as regras da prova, foi direto para o paredão. 

Durante a prova, os brothers e as sisters precisavam apertar um botão quando o spray soltasse o antitranspirante. A cada rodada, o último que apertasse o botão estava fora da disputa pela liderança. 

O eliminado na primeira rodada também iria direto para o paredão. Nesse caso, foi Babu, que tem direito a participar da prova Bate e Volta, assim como Rafa.

Antes da segunda rodada, Gabi e Pyong foram eliminados após apertarem o botão fora de hora. Na terceira rodada, Daniel foi eliminado. Em seguida, na terceira rodada, Mari foi a última a apertar o botão e deixou a competição. Na rodada seguinte, a quarta, Thelma apertou o botão por último e deixou a prova. 

Na quinta rodada, Manu foi a última a apertar o botão e deixou a prova. Marcela, na rodada seguinte, a sexta, foi eliminada da prova. Em seguida, Gizelly foi a última a apertar o botão e deixou a prova na sétima rodada. Na rodada seguinte, a oitava, Flayslane foi a eliminada. Na rodada de número nove, Ivy foi a participante eliminada. (Correio)

Continue Lendo

Mais Lidas