Connect with us

Polícia

Detido por usar dinheiro falsificado, jovem paga fiança com notas falsas e volta à prisão


Um jovem de 23 anos foi preso por ter usado notas falsas para comprar produtos no interior de um parque aquático, em Santo Amaro da Imperatriz (SC). Mas o que mais chamou atenção no seu caso foi a audácia em pagar fiança cometendo o mesmo delito, conforme explicou o delegado Rodrigo Mayer. Por isso, ele foi preso novamente.

De acordo com a Delegacia de Polícia do município, o homem foi encaminhado para audiência de custódia após ser preso pela primeira vez, quando então pagou o valor de fiança arbitrado pelo poder Judiciário.

A Polícia Civil de Santa Catarina informou que, quando o chefe de cartório foi depositar a soma de dinheiro em conta judicial, ele foi alertado pela atendente da lotérica que as notas eram falsas. Por este motivo, foi decretada a prisão preventiva do investigado.

O Setor de Investigação Criminal (SIC) realizou diligências e conseguiu localizar e prender o homem, na última quarta-feira, e ele ficará à disposição do Judiciário. Não foi informado, porém, se ele poderá pagar fiança desta vez. (Extra)

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

SAJ: Acusado de estupro é preso mais uma vez


ACUSADO DE ESTUPRO É PRESO MAIS UMA VEZ

Em data de 10/07/2020, a Polícia Civil de Santo Antônio de Jesus deu cumprimento a novo mandado de prisão expedido em desfavor de C.D.J.S., acusado de estupro de vulnerável.

O acusado já havia sido preso em data de 06 de junho do corrente ano, em cumprimento a mandado de prisão preventiva. Ocorre que, 01 (um) dia após a sua prisão, o mesmo foi diagnosticado com coronavírus, razão pela qual houve a determinação judicial para a colocação do custodiado em prisão domiciliar, para resguardar a sua saúde e dos demais detentos.

Considerando que o acusado já se encontra curado do COVID-19, foi decretado novo mandado prisional, desta feita determinando a conversão da prisão domiciliar em prisão temporária, a ser cumprida em Unidade Prisional.

Assim foi que no dia de hoje foi dado cumprimento pelo SI da 1ª DT-SAJ e Núcleo de Atendimento à Mulher-NAM ao referido Mandado de Prisão, estando o custodiado à disposição Justiça Criminal.

Continue Reading

Polícia

Embaixada da China alerta para pneumonia ‘mais letal do que coronavírus’ no Cazaquistão



A embaixada da China no Cazaquistão fez um alerta, na noite de ontem (9), para que seus cidadãos tomem precauções contra um surto de pneumonia que atinge país e, segundo a entidade, é “mais letal do que o coronavírus”. 

Em comunicado, o órgão informou que houve um “aumento significativo” de casos nas cidades de Atyrau, Aktobe e Shymkent desde meados do último mês. “A taxa de mortalidade da doença é muito maior do que a da pneumonia causada pelo novo coronavírus”, afirmou.

Ao todo, a doença ainda não especificada já matou 1.772 pessoas no Cazaquistão, na primeira metade do ano, com 628 óbitos somente em junho. Entre eles, cidadãos chineses faleceram. Fonte: Metro1.

Continue Reading

Polícia

PRF apreende madeira nativa sem licença ambiental na Bahia


A Polícia Rodoviária Federal na Bahia (PRF-BA) realizou uma ação de combate a crimes ambientais na Bahia na noite do último domingo (5). Foi apreendida uma carga de 8 metros cúbicos de madeira nativa, que era transportada de forma irregular na BR-101, na altura do município baiano de Ibirapitanga, no sul do estado.

A apreensão ocorreu por volta das 21h30, quando agentes federais perseguiram um veículo e fez o flagrante no Km 392 da rodovia federal. Após abordagem ao caminhão Ford/F-4000, o motorista, de 28 anos de idade, tentou evadir-se da fiscalização, mas foi interceptado após dois quilômetros de acompanhamento tático.

A assessoria do órgão federal informou que durante a vistoria na carroceria, “verificou-se que a carga transportada era madeira nativa da mata atlântica, porém não foi apresentada a documentação necessária para o transporte da carga (DANFE/DOF-GF)”.

Após ser conduzido, o motorista assinou o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), por meio do qual se comprometeu a comparecer perante o Juizado Especial Criminal, para responder pelas suas condutas com base na Lei de Crimes Ambientais e mais as infrações administrativas.

O veículo e a carga foram recolhidos e encaminhados para os procedimentos administrativos de competência da Secretaria do Meio Ambiente e dos órgãos ambientais. Fonte: Varela Notícias

Continue Reading