Connect with us

Brasil

Auxílio emergencial: governo adia novamente anúncio das datas de pagamento


Os brasileiros vão passar o fim de semana ainda sem saber quando terão acesso à segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600, que já está atrasada há mais de dez dias. Isso porque o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, não cumpriu a promessa de anunciar ainda nesta semana as próximas datas de pagamento do benefício. Ele alegou que o anúncio agora será feito pelo presidente Jair Bolsonaro e provavelmente só no início da semana que vem.
Onyx passou toda a semana afirmando que esse cronograma de pagamentos seria apresentado até esta sexta-feira (08/05).Afinal, o início dos depósitos da segunda parcela estava previsto para começar no último dia 27 e o governo chegou até a anunciar a antecipação desse pagamento para o dia 23. Depois, contudo, voltou atrás. Onyx alegou que era preciso liberar um crédito extra para o programa, já que o número de beneficiários superou as expectativas do governo. O crédito, porém, logo foi liberado por Bolsonaro, que ainda disse não ter autorizado a antecipação do pagamento.
Nesta sexta, contudo, o ministro da Cidadania não fez nenhum anúncio. Ao contrário, disse, em entrevista ao programa de Datena, que o anúncio das datas de pagamento da segunda parcela agora estão a cargo do presidente Bolsonaro.

“Vai ser anunciado pelo presidente, ou no final de semana ou no início da semana, as datas de pagamento da segunda parcela”, disse Onyx, ao ser questionado sobre o assunto por Datena.
Nem ele, nem o Ministério da Cidadania explicaram o motivo do atraso. E Bolsonaro também não falou sobre o assunto hoje. Mas Onyx garantiu que, apesar disso, o “todo o esforço que estamos fazendo é para que a segunda parcela possa ser paga já na próxima semana”. Ele alegou que o pagamento da segunda e da terceira parcela do auxílio emergencial será feito de forma muito mais ágil, visto que o governo já tem a base de dados dos brasileiros que têm direito aos R$ 600.
A Caixa Econômica Federal, que é a responsável pela operacionalização do pagamento, contudo, tem defendido que essa segunda parcela seja paga de uma forma diferente. Para evitar a formação de novas filas nas agências bancárias, a Caixa defende que os saques sejam espaçados. Ou seja, com um intervalo entre cada grupo de pagamentos. Os grupos devem ser definidos, por sinal, de acordo com o mês de nascimento de cada trabalhador.
Mais recuosO ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, ainda mudou o prazo de dois anúncios realizados por ele mesmo, em coletiva de imprensa realizada no Palácio do Planalto, nessa quinta-feira (07/05).

Ele disse que a parceria Ele havia dito que a análise cadastral dos 17 milhões de brasileiros que pediram o auxílio emergencial em abril, mas ainda não sabem se terão acesso aos R$ 600 seria concluída ainda na noite de quinta-feira. Mas, nesta sexta-feira, disse que esse processo pode se estender até o sábado (09/05). “Queremos homologar essas pessoas até o final do dia de hoje ou no máximo amanhã para permitir que, no máximo segunda-feira, essas pessoas possam estar recebendo”, afirmou Onyx no programa de Datena.
Além disso, o ministro anunciou na quinta-feira uma parceria com os Correios, dizendo que, a partir de segunda-feira, os brasileiros que têm dificuldade de acessar os canais digitais poderiam se cadastrar no auxílio emergencial nas agências dos Correios. Nesta sexta, porém, explicou que ainda está fechando esse acordo. “A gente acredita que terça ou quarta-feira já tenha condições, que o acordo esteja assinado, porque isso vai gerar um custo para o Ministério”, disse Onyx.
O anúncio da parceria, por sua vez, já levou muitos brasileiros às agências dos Correios ainda nesta sexta-feira. Por isso, os Correios chegaram até a emitir uma nota esclarecendo a situação. Veja o comunicado:
“A respeito do anúncio feito pelo Ministério da Cidadania, os Correios informam que a atuação da empresa em apoio ao Auxílio Emergencial ainda demanda ajustes em procedimentos e questões técnicas, a serem realizados em conjunto com o ministério. Dessa forma, as agências dos Correios ainda não estão aptas a realizar qualquer serviço relacionado ao Auxílio Emergencial.

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Flordelis é hospitalizada por “excesso de medicação” após Justiça determinar afastamento do cargo


A deputada federal Flordelis dos Santos de Souza (PSD) foi hospitalizada no início da noite desta terça-feira (23/2), horas após decisão do Tribunal de Justiça do Rio de afastá-la do cargo de parlamentar. 

De acordo com a assessoria de imprensa da deputada, ela teria sido internada por “excesso de medicação”. Segundo o jornal Extra, a pastora está no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do hospital Niterói D’Or, na Região Metropolitana do Rio, e ainda não há detalhes sobre seu estado de saúde.

Na tarde de terça-feira, a 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio decidiu, por unanimidade, afastar Flordelis do cargo de deputada federal. A decisão é para que a parlamentar fique afastada de qualquer função pública até seu julgamento em processo no qual é acusada de ser a mandante da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo.

A decisão dos desembargadores será submetida ao plenário da Câmara dos Deputados para que os parlamentares decidam se mantém o afastamento. O relator do processo na 2ª Câmara Criminal, desembargador Celso Ferreira Filho, determinou que a decisão seja encaminhada à Casa em 24 horas. Além do relator, votaram a favor do afastamento os desembargadores Antônio José Ferreira Carvalho e Kátia Jangutta.

Na última sexta-feira, Flordelis também alegou problemas de saúde ao não comparecer à votação sobre a manutenção da prisão do deputado federal Daniel Silveira. Na ocasião, a assessoria de imprensa da parlamentar informou, por nota, que Flordelis teve um mal súbito.

LEIA A NOTA NA ÍNTEGRA

O artigo quinto da Constituição Brasileira, garante a todos os cidadãos e cidadãs o legítimo direito à ampla defesa, respeitar a Constituição é um dever de todos e todas que se consideram democráticos e patrióticos.⠀

A Deputada Flordelis vem sofrendo um linchamento público, antes mesmo do fim da primeira fase do processo que investiga a morte de seu marido, o Pastor Anderson do Carmo, ela vem sendo condenada e humilhada perante a opinião pública, sem nenhum direito de defesa.⠀

Flordelis é inocente, nenhuma prova foi revelada contra ela e na última audiência suas filhas além de assumirem a autoria do crime também negaram a participação ou ciência da Deputada. Porém, a despeito dos fatos, convicções estão sentenciando o destino de uma mulher íntegra, honesta, de origem periférica e que tem sua história pautada na defesa da vida.⠀

Ontem (23/2/2021), por volta das 19h30 a Deputada deu entrada na emergência do Hospital Niterói Dor em Icaraí, sendo encaminhada para o CTI onde se encontra até o momento.⠀

A internação se deu pelo o excesso de medicação tomada após a injusta decisão do pedido de seu afastamento do mandato de Deputada Federal, com a justificativa que atrapalharia as investigações, que pasmem, encerraram em sua primeira fase, não cabendo, portanto, nenhuma possibilidade de utilização de seu cargo para prejudicar o processo.⠀

A expectativa de familiares e amigos é que a Deputada possa estar restabelecida e fora do CTI em breve e que tenha o seu amplo e irrestrito direito de defesa garantido, como prevê a lei.

Leia a matéria original em AratuOn

Continue Reading

Brasil

Vacinas Oxford/AstraZeneca já estão com Ministério da Saúde; imunizante já veio pronto para ser aplicado

Foto: Receita Federal

A remessa de 2 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca contra a Covid-19 que chegou na quinta-feira (23/2) da Índia já está com o Ministério da Saúde após ter passado por conferência de temperatura e integridade da carga e receber etiquetas com informações em português no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz).

Segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o último caminhão com lotes do imunizante saiu às 00h20 desta quarta-feira (24/2) do prédio de Bio-Manguinhos. O avião com o imunizante vindo do Instituto Serum, na Índia, aterrissou na manhã de ontem (23/2) no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, e depois os lotes foram encaminhados para a Fiocruz no Rio de Janeiro.

O material já veio pronto para ser aplicado e foi apenas rotulado na Fiocruz. A importação de doses prontas é uma estratégia paralela à produção de imunizantes a partir da chegada do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), para acelerar o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19.

Não há data prevista para o recebimento de mais 8 milhões de doses pelo acordo com os parceiros AstraZeneca e Instituto Serum. Em janeiro deste ano, a Fiocruz já havia recebido 2 milhões de doses da vacina.

Leia a matéria original em AratuOn

Continue Reading

Brasil

Senador que foi pego com dinheiro na cueca volta à ativa em comissão sobre saúde

Foto: Pedro França/Agência Senado

De volta ao Senado depois de tirar licença, Chico Rodrigues (DEM-RR) começa o ano como integrante de 10 comissões do Senado. Ele foi flagrado com dinheiro na cueca em uma operação sobre desvios de recursos públicos para o combate à Covid. A informação é da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Rodrigues marcou presença na terça-feira (23) na eleição para o comando da Comissão de Assuntos Sociais (CAS), que trata da temática da saúde. Ele é suplente no colegiado.

A eleição para a Presidência da CAS foi por aclamação. Sérgio Petecão (PSD-AC) é o novo presidente do colegiado.

Leia a matéria original em Bahia.Ba

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas