Connect with us

Bahia

Bahia alcança 13.899 casos de coronavírus e tem 460 óbitos


A Bahia registra 13.899 casos confirmados de coronavírus (Covid-19), o que representa 15,82% do total de casos notificados no estado e 460 óbitos. Cumpre ressaltar que 190 casos confirmados aguardam validação dos municípios.

Considerando o número de 13.899 casos confirmados, 3.965 recuperados e 460 óbitos, 9.474 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos. Na Bahia, 2.094 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Os casos confirmados ocorreram em 246 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (62,83%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Uruçuca (4.239,97), Ipiaú (3.923,88), Itabuna (3.878,57), Ilhéus (3.172,61) e Salvador (2.998,59)

O boletim epidemiológico registra 35.981 casos descartados e 87.847 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h deste domingo (24).

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 1.475 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para Covid-19, 728 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 49%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 610 leitos exclusivos para o coronavírus, 375 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 61,5%. Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Exames

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 44.772 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, no período de 1° de março a 24 de maio de 2020.

Óbitos

414º óbito – mulher, 70 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus e hipertensão arterial sistêmica. Internada dia 12/05, veio a óbito dia 18/05, em hospital público, em Salvador;

415º óbito – homem, 52 anos, residente em Salvador, portador de obesidade e hipertensão arterial sistêmica. Internado dia 14/05, veio a óbito dia 19/05 em hospital público, em Salvador;

416º óbito – homem, 77 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Internado dia 18/05, veio a óbito no mesmo dia (18/05), em hospital público, em Salvador;

417º óbito – homem, 84 anos, residente em Salvador, portador de obstrução intestinal. Internado dia 22/04, veio a óbito dia 07/05, em hospital público, em Salvador;

418º óbito – homem, 54 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e hipertensão arterial. Internado dia 08/05, veio a óbito dia 17/05, em hospital público, em Salvador;

419º óbito – homem, 68 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e hipertensão arterial. Internado dia 06/05, veio a óbito dia 20/05, em hospital público, em Salvador;

420º óbito – homem, 60 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e doença cardiovascular crônica. Internado dia 01/05, veio a óbito dia 16/05, em hospital público, em Salvador;

421º óbito – homem, 52 anos, residente em Salvador, portador de doença renal e insuficiência renal crônicas. Sem data de internação, foi a óbito dia 17/05, em hospital público, em salvador;

422º óbito – homem, 83 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, doença pulmonar prévia e doença renal. Internado dia 28/04, veio a óbito dia 15/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

423º óbito – mulher, 82 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus e obesidade. Sem data de internação, foi a óbito dia 17/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

424º óbito – homem, 59 anos, residente em Salvador, portador de insuficiência cardíaca congestiva e miocardiopatia isquêmica. Internado dia 05/05, veio a óbito no mesmo dia (05/05), em hospital público, em Salvador;

425º óbito – homem, 69 anos, residente em Salvador, portador de doença pulmonar obstrutiva crônica e insuficiência cardíaca grave. Sem data de internação, veio a óbito dia 26/04, em hospital da rede privada, em Salvador;

426º óbito – mulher, 59 anos, residente em Salvador, portadora de artrite reumatóide. Sem data de admissão, veio a óbito dia 16/05, em unidade pública, em Salvador;

427º óbito – homem, 93 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial. Sem data de internação, veio a óbito dia 20/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

428º óbito – mulher, 88 anos, residente em Salvador, cardiopata e hipertensa. Sem data de internação, veio a óbito dia 19/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

429º óbito – homem, 63 anos, residente em Salvador, portador de insuficiência cardíaca congestiva. Sem data de internação, veio a óbito dia 10/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

430º óbito – homem, 72 anos, residente em Salvador, portador de insuficiência renal crônica e diabetes mellitus. Sem data de internação, veio a óbito dia 08/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

431º – óbito – homem, 59 anos, residente em Salvador, portador de anemia falciforme e insuficiência renal aguda. Sem data de internação, foi a óbito dia 11/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

432º óbito – homem, 38 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus. Sem data de internação, foi a óbito dia 08/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

433º óbito – mulher, 60 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Sem data de internação, veio a óbito dia 12/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

434º óbito – homem, 46 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial. Sem data de internação, veio a óbito dia 10/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

435º óbito – homem, 64 anos, residente em Salvador, sem comorbidade, data de internamento não informada, veio a óbito dia 14/05, em unidade da rede pública, em Salvador.

436º óbito – mulher, 75 anos, residente em Salvador, comorbidades diabetes e hipertensão arterial, data de internamento não informada, veio a óbito dia 09/05, em unidade da rede pública, em Salvador.

437º óbito – homem, 33 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, data de internamento não informada, veio a óbito dia 14/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

438º óbito – mulher, 50 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 14/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

439º óbito – homem, 84 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 15/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

440º óbito – mulher, 81 anos, residente em Salvador, portadora de sequelas de acidente cardiovascular (AVC). Sem data de internação informada, veio a óbito dia 17/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

441º óbito – mulher, 61 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e obesidade. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 20/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

442º óbito – homem, 82 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 20/05, em hospital da rede federal, em Salvador;

443º óbito – mulher, 87 anos, residente em Salvador, portadora de senilidade, veio a óbito dia 21/05, em hospital da rede privada, em Salvador;

444º óbito – mulher, 63 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 21/05, em hospital da rede privada, em Salvador;

445º óbito – mulher, 49 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus, e hipertensão arterial, veio a óbito dia 17/05, em seu domicílio, em Salvador;

446º óbito – mulher, 61 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus e hipertensão arterial, veio a óbito dia 14/05, em seu domicílio, em Salvador;

447º óbito – mulher, 69 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Sem data de internação, veio a óbito dia 12/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

448º óbito – homem, 69 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e cardiopatia não especificada. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 20/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

449º óbito – mulher, 79 anos, residente em Salvador, portadora de demência. Internada dia 12/05, veio a óbito dia 19/05, em hospital da rede privada, em Salvador;

450º óbito – homem, 57 anos, residente em Salvador, comorbidade diabetes, internado no di15/05, veio a óbito dia 22/05, em unidade filantrópica, em Salvador;

451º óbito – mulher, 67 anos, residente em Salvador, comorbidades diabetes e hipertensão arterial, internada no dia 07/05, veio a óbito dia 13/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

452º óbito – mulher, 68 anos, residente em Salvador, comorbidade neoplasia, internada dia 05/05, veio a óbito dia 17/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

453º óbito – homem, 71 anos, residente em Ilhéus, sem comorbidades, internado no dia 07/05, veio a óbito dia 16/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

454º óbito – homem, 102 anos, residente em Ilhéus, comorbidade hipertensão arterial, internado no dia 04/05, veio a óbito dia 16/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

455º óbito – homem, 84 anos, residente em Ilhéus, comorbidade hipertensão arterial, internado no dia 08/05, veio a óbito dia 12/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

456º óbito – mulher, 72 anos, residente em Ilhéus, sem comorbidades, internada no dia 14/05, veio a óbito dia 22/05, em unidade da rede privada, em Ilhéus;

457º óbito – mulher, 67 anos, residente em Uruçuca, comorbidade hipertensão arterial, internada no dia 02/05, veio a óbito dia 02/05, em unidade da rede pública, em Uruçuca;

458º óbito – mulher, 86 anos, residente em Uruçuca, comorbidades hipertensão arterial e diabetes, internada no dia 27/04, veio a óbito dia 17/05, em unidade da rede privada, em Ilhéus;

459º óbito – mulher, 64 anos, residente em Itacaré, comorbidade diabetes e hipertensão arterial, internada no dia 04/05, veio a óbito dia 16/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

460º óbito – homem, 66 anos, residente em Uruçuca, comorbidade hipertensão arterial, internado no dia 06/04, veio a óbito dia 17/05, em unidade da rede pública, em Uruçuca. (Ascom)

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bahia

Antes de morrer por Covid-19, jovem mandou áudio para a namorada: “Vão desligar os aparelhos”


Um jovem de 19 anos, identificado como Leandro Santos Azevedo, que morreu no Hospital de Campanha do Wet’n Wild, em Salvador, um dia após ter o resultado do exame positivo para Covid-19, havia mandado um áudio assustado para a namorada enquanto estava internado.

No áudio, o jovem dizia que os profissionais do hospital iam entubar ele e desligar os aparelhos. A mensagem teria sido passada para Talyta Fernandes, namorada de Leandro.

“Eles vão me entubar todo aqui, véi. Vão desligar o aparelho. […] Venha aqui amanhã”, disse Leandro.  Durante a troca de mensagens, Talyta pergunta como ele está. Como resposta, o jovem comenta sobre a entubação. A namorada pergunta: “Você está entubado?”. E ele responde, também por áudio, que não está entubado e pede para ela ir ao hospital no dia seguinte.

Em seguida, Talyta pergunta o que Leandro está sentindo, e ele responde que está “bem melhor”. Logo depois, ele afirma que será entubado e que o aparelho seria desligado por três dias.

Leandro havia dado entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Avenida San Martin no último domingo (28) com sintomas da doença, e foi transferido para o Wet’n Wild no dia seguinte.

O jovem morreu na madrugada da última terça-feira (30). A família soube após uma ligação da assistente social.

Em nota, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informou que, “de acordo com o apurado junto à empresa Associação Saúde em Movimento (ASM), gestora do Hospital de Campanha do Wet’n Wild, não houve erro/negligência médica no atendimento ao paciente Leandro Santos Azevedo”.

 A nota ainda diz que “devido a complicações do estado clínico do paciente, a equipe médica optou pela intubação do mesmo, uma vez que o tratamento com uso do respirador mecânico não estava surtindo efeito. Infelizmente, a piora clínica evoluiu rápido, apesar da utilização de toda estrutura assistencial disponível no leito de UTI da unidade”.

Ainda segundo a SMS, uma equipe técnica da secretaria responsável pela fiscalização das metas qualitativas dos atendimentos ofertados à população pelas empesas terceirizadas fará apuração dos fatos. (VarelaNotícias)

Veja a conversa entre Leandro e a namorada:

Continue Reading

Bahia

Adolescente defende mãe de agressão e mata padrasto com golpe na cabeça no interior da Bahia


Um adolescente, que não teve identidade revelada, confessou ter matado o padrasto, Alessandro de Jesus Cerqueira, 37, a pauladas após o homem agredir sua mãe na cidade de  Conceição do Jacuípe, a 100 km de Salvador. O caso ocorreu na noite da última quinta-feira (2).

De acordo com delegado do caso Felipe Madureira, Alessandro e a companheira começaram a discutir e, logo em seguida, o homem teria agredido a mulher. Momento depois, o filho da vítima de agressão chegou ao local e tentou defender a mãe. Durante a briga, Alessandro chegou a pegar um facão, mas acabou sendo atingido por um golpe na cabeça.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas Alessandro não resistiu ao ferimento. O corpo do homem foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Amaro.

O menor e a mãe foram encaminhado para a delegacia de Santo Amaro. Após prestar depoimento, o jovem e a mãe foram liberados. O caso será tratado como legítima defesa, mas continuará sob investigações. (VarelaNotícias)

Continue Reading

Bahia

Bahia ultrapassa 2.000 mortes por Covid-19


A Bahia registrou nas últimas 24 horas 2.965 casos de coronavírus e 54 mortes em decorrência da Covid-19, de acordo com boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Ao todo, o estado tem 82.314 casos confirmados desde o início da pandemia e 2.001 óbitos confirmados.

As confirmações ocorreram em 390 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (46,09%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Itajuípe (2.025,28), Gandu (1.956,61), Ipiaú (1.584,81), Uruçuca (1.471,81) e Itabuna (1.310,37).

Ao todo, 54.987 já estão curados da doença e 82.978 continuam em investigação. Na Bahia, 9.449 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. (Metro1)

Continue Reading