Connect with us

Brasil

Inep abre enquete para candidatos escolherem data do Enem 2020


O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), ligado ao Ministério da Educação (MEC), anunciou que foi aberta no último sábado (20) a enquete sobre a escolha das datas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020.

Os candidatos terão até 30 de junho para escolher uma das três opções de datas: 

ENEM IMPRESSO

  • 6 e 13 de dezembro de 2020    
  • 10 e 17 de janeiro de 2021
  • 2 e 9 de maio de 2021

ENEM DIGITAL

  • 10 e 17 de janeiro de 2021
  • 24 e 31 de janeiro de 2021
  • 16 e 23 de maio de 2021

A medida faz parte de um projeto-piloto que pretende tornar o Enem totalmente digital até 2026 – na enquete, a escolha destas datas está vinculada às provas impressas. Fonte: Metro1

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

INSS adia para agosto retomada gradual do atendimento presencial


O atendimento presencial para os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que estava previsto para ser retomado gradualmente a partir de 13 de julho, foi adiada para 3 de agosto.

Em portaria publicada hoje (8) no Diário Oficial da União, o governo federal decidiu prorrogar o atendimento remoto até 31 de julho, uma sexta-feira.

Em nota, o INSS justificou que o adiamento foi definido “após nova avaliação das informações apresentadas pelo grupo de trabalho responsável pelo plano de ação de reabertura indicar que um número reduzido de agências cumpriria todos os requisitos estabelecidos até a data anteriormente prevista. Essa decisão mostra que os gestores da Previdência Social estão comprometidos com o objetivo de conciliar a segurança sanitária da população e dos servidores com a garantia da proteção social dos segurados e beneficiários”.

O atendimento presencial foi suspenso em março devido à pandemia do coronavírus e deverá ser retomado gradualmente. Primeiro, serão atendidos os segurados e beneficiários com prévio agendamento pelos canais remotos. (Metro1)

Continue Reading

Brasil

Brasil ultrapassa 67 mil mortes por Covid-19, diz consórcio de imprensa


O Brasil ultrapassou hoje (8) 67 mil mortes por Covid-19, segundo o balanço das 13h, feito pelo consórcio de veículos de imprensa formado pelo O Globo, G1, Extra, Folha de S.Paulo, Uol e O Estado de S. Paulo. O total de casos confirmados da doença é de 1.683.738.

O país registrou 245 novos óbitos e mais 9.083 novos casos desde às 20h de ontem, quando foi divulgado o boletim anterior. O boletim é consolidado a partir dos números divulgados pelas secretarias estaduais de Saúde.

Os números foram atualizados pelas secretarias do Ceará, Goiás, Pernambuco, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte, Roraima e o Distrito Federal. (Metro1)

Continue Reading

Brasil

Facebook derruba 88 contas da rede de páginas coordenada por funcionários da presidência


Facebook derrubou hoje (8) uma rede com 88 contas, páginas e grupos ligados a funcionários dos gabinetes do presidente Jair Bolsonaro e aliados, segundo o jornal O Globo. Entre eles, estão o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e os deputados estaduais Alana Passos e Anderson Moraes, ambos do PSL no Rio de Janeiro. 

De acordo com o Facebook, o conjunto removido agia para enganar sistematicamente o público, sem informar a verdadeira identidade dos administradores, desde as eleições de 2018. Os dados que constam das investigações da plataforma foram analisadas por pesquisadores americanos do Digital Forensic Research Lab (DRFLab), ligado ao Atlantic Council, especializados no combate à desinformação, às fake news e violação de direitos humanos em ambientes online.

Foram identificadas 35 contas, 14 páginas, 1 grupo e 38 contas no Instagram. As páginas no Facebook tinham 883 mil seguidores, enquanto as contas no Instagram tinham 917 mil seguidores. 350 pessoas estavam no grupo.

Os detalhes de toda a operação brasileira foram postados no site do Atlantic Council’s Digital Forensic Research Lab, instuição que realize análise independente de remoções do Facebook por comportamento inautêntico coordenado.

Além do Brasil, foram derrubadas redes nos EUA, na Ucrânia e na América Latina, incluindo países como El Salvador, Argentina, Uruguai, Venezuela, Equador e Chile. No caso brasileiro, as investigações e remoções ocorreram a partir de notícias na imprensa brasileira e referências feitas ao assunto no Congresso durante a CPMI das fake news. Fonte: Metro1

Continue Reading