Connect with us

Esporte

Fifa confirma Eliminatórias da Copa para setembro e estuda datas do Mundial de Clubes


A Conmebol já havia divulgado que caberia a Fifa definir as datas das Eliminatórias da Copa de 2022 e, nesta quinta-feira (25), o presidente da entidade máxima do futebol, Gianni Infantino, confirmou o calendário da disputa para setembro deste ano. Os jogos que vão definir as seleções que irão disputar a Copa do Mundo do Catar será realizado, por enquanto, na América do Sul e Europa. 

A previsão é que as partidas eliminatórias acontecessem em março, mas, com a pandemia do coronavírus, a Fifa precisou interromper a programação de jogos. Com isso, a disputa pelas vagas na Copa do Mundo de 2022, pelo menos das equipes representadas pela Uefa e pela Conmebol,  serão disputadas em setembro. Os outros continentes precisarão aguardar um pouco mais para realizarem seus jogos eliminatórios.

A repescagem das Eliminatórias também teve alterações em suas datas, sendo adiada de março para junho de 2022. A Copa do Mundo do Catar está prevista para acontecer em dezembro do mesmo ano. 

Outra competição que também foi citada pelo presidente da Fifa durante coletiva foi o novo Mundial de Clubes. A princípio, o torneio estava programado para junho de 2021, mas, com as mudanças no calendário de outros eventos esportivos, a entidade de futebol ainda está estudando quando vai encaixar os jogos. 

“Estamos analisando se o melhor é 2021, 2022, 2023. Tudo está aberto. O que é importante para mim, para a Fifa, é para ajudar quem precisa de ajuda. Espero que logo a gente possa decidir e anunciar quando o torneio será disputado. Mas agora a prioridade é outra, é ajudar”, declarou Infantino.

Além dessas duas competições, foi anunciada a criação de um torneio que não faz parte da Data Fifa, o calendário oficial da entidade. A Copa Pan-Arábica do Catar vai acontecer em dezembro de 2021, um ano antes da realização da Copa do Mundo, sendo um evento-teste que vai reunir seleções árabes da África e Ásia. No torneio, as equipes só poderão escalar jogadores que atuam nacionalmente, já que a competição não faz parte da programação habitual.

Sobre as Olimpíadas de Tóquio, adiadas para julho de 2021, a Fifa aprovou o regulamento que permite atletas com até 24 anos participarem da edição. Normalmente, o limite de idade é de 23, mas, com a mudança de cerca de um ano no calendário, a regra foi reajustada para que jogadores que já estavam se programando para a disputa em 2020 ainda possam participar. A utilização do sistema de arbitro assistente de vídeo (VAR) também foi confirmada para os Jogos Olímpicos. 

Por unanimidade da Fifa, o presidente anunciou também que US$ 1,5 bilhões, quase R$ 8 bilhões, serão destinados ao futebol mundial para enfrentar as dificuldades consequentes da pandemia. Numa primeira fase de implantação do benefício, o dinheiro destinado será para custos operacionais e metade dele precisa ser destinado para o futebol feminino. Posteriormente, o restante do valor será doado e emprestado as 211 federações nacionais associadas à Fifa. (BN)

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Presidente da CBF define data para volta do Brasileirão e Copa do Brasil


O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, anunciou que a primeira divisão do Campeonato Brasileiro tem data definida para retorno: 9 de agosto. Já as séries B e C começarão um dia antes, em 8 de agosto. Além disso, os jogos da Copa do Brasil serão retomados no dia 26 de agosto. 

Desde a chegada da pandemia do coronavírus no Brasil, os campeonatos foram suspensos. Em entrevista ao jornal O Globo, o presidente da CBF afirmou que a ação será difícil, porque, a entidade terá que reabir hotéis, organizar voos, entre outras medidas de prevenção. Ele destacou que caso haja uma segunda onda de contágio da Covid-19 no país, não existe um plano B. 

Sobre os estaduais, Rogério afirma que não têm previsão para o retorno. “Não temos resposta em relação aos estaduais. Eles estão comportados pelos limites da fronteira do seu estado. Dependem das autoridades sanitárias, assim como as competições da CBF. Mas a diferença foi a aprovação na reunião da Comissão Nacional de Clubes (CNC) e a CBF. Propusemos aos 20 clubes da Série A que, para podermos lançar a data de 9 de agosto, haveria necessidade de uma aprovação de todas as autoridades sanitárias de nove estados e 11 cidades. E não temos isso hoje”, declarou.

Conforme o mandatário da CBF, o planejamento para a volta das atividades no campo já era planejado desde o início da pandemia no Brasil. O retorno da Série D e A2 do Brasileirão feminino, o presidente da CBF pontuou que irá aguardar para definir as datas. (ATarde)

Continue Reading

Esporte

Flamengo libera transmissão no YouTube após problemas com plataforma


Após inúmeros problemas relatados por torcedores com a plataforma “MyCujoo”, o Flamengo liberou a transmissão da semifinal da Taça Rio neste domingo (5), por volta das 16h, contra o Volta Redonda, pelo canal oficial no YouTube.

Desde ontem, quando foi liberada a venda de ingressos, rubro-negros vinham indicando diversos obstáculos com o aplicativo, desde login até adquirir ingressos.

Diante do cenário, a diretoria resolveu, então, exibir o jogo ao vivo na FlaTV. Pouco antes das 14h, uma publicação em rede social chegou a anunciar que o canal teria imagens, mas, depois, a postagem foi apagada.

O Flamengo comunicou que utilizaria a plataforma e cobraria pela transmissão na noite da última sexta-feira. A medida, inclusive, gerou surpresa em membros da diretoria e dividiu cúpula.

Desde então, foram inúmeros protestos contra o alto escalão do clube e houve até uma pichação na Gávea, sede do Rubro-Negro, na qual o presidente Rodolfo Landim foi chamado de “ganancioso”.

No sábado, em entrevista ao canal Fox Sports, Landim justificou a cobrança pela transmissão ressaltando que “precisa manter o time”. Além disso, afirmou que a diretoria teria de, em algum momento, testar esse mercado digital. Fonte: Bahia Notícias

Continue Reading

Esporte

CBF confirma datas da Copa do Brasil, Brasileirão e Feminino A1



A Copa do Brasil e o futebol feminino A1 também já possuem data para serem retomados. Além de anunciar o retorno da Série C em agosto, Rogério Caboclo, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), declarou que 26 de agosto será a data de retorno dos jogos. 

Em entrevista para o jornal O Globo, o dirigente da entidade máxima do futebol nacional falou sobre a organização do calendário para o retorno dos jogos e definição da volta da Copa do Brasil e da elite do Brasileirão feminino para o fim do próximo mês.

Segundo Rogério Caboclo, definir a volta da Série A2, além da Série D, exige “um operacional mais complexo”. “As equipes precisam de maior reestruturação para voltar e também uma logística maior”, declarou o presidente da CBF. 

Ele ainda reforçou que a segurança sanitária para os integrantes dos clubes foi pensada com um projeto robusto e que o futebol vai trabalhar favorecer que o retorno das atividades no país.

VOLTA DO FUTEBOL NO PAÍS

Na entrevista, Rogério Caboclo ainda confirmou as datas previstas para as Séries A e B do Brasileirão, comentou sobre os estaduais e opinou ainda sobre a Medida Provisória que deu aos clubes mandantes o direito de transmissão e negociação de exibição dos seus jogos. 

Sobre a volta da elite do futebol nacional do dia 9 de agosto, o presidente da CBF falou que a data está cravada. “Posso afirmar, a partir da confirmação dos clubes, que sim. Se estão dispostos a jogar onde o futebol estiver autorizado, quero crer que nessa data teremos cidades suficientes para acomodar os jogos”, reforçou, ressaltando ainda que isso só acontecerá porque os estádios não terão a presença de público. As séries B e C estão definidas para serem iniciadas um dia antes.

Apesar de ter se declarado um entusiasta dos estaduais, Caboclo declarou que não tem maiores esclarecimentos sobre as competições locais. “Não temos resposta em relação aos estaduais. Eles estão comportados pelos limites da fronteira do seu estado. Dependem das autoridades Sanitárias, assim como as competições da CBF”, explicou. 

Acerca dos contratos relacionados aos direitos de transmissão dos jogos, o presidente da CBF declarou que no caso da Copa do Brasil e da Série B, os acordos continuam. “Em relação aos demais, a princípio, eu vejo que os contratos vigentes não devem ser afetados pela MP”, pontuou. Fonte: Bahia Notícias

Continue Reading