Connect with us

Bahia

Bahia registra 3.171 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas; óbitos chegam a 2.050


A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) registrou, nas últimas 24 horas, 3.171 casos de Covid-19, apresentando uma taxa de crescimento de +3,9%. Desde o último boletim, também foram registrados 49 óbitos em decorrência do coronavírus. As confirmações ocorreram em 391 municípios do estado, com maior proporção em Salvador.

O estado possui 2.050 mortes causadas por infecção da Covid-19 e 85.485 casos confirmados, sendo 57.160 considerados curados. Do total de casos, 9.699 profissionais da saúde foram confirmados para a doença. 

Na Bahia, dos 2.283 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.500 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 66%. No caso das Unidades de Terapia Intensiva (UTI), a taxa de ocupação chega a 80%. (Metro1)

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bahia

Bahia registra 2.460 casos e 26 mortes por Covid-19 em 24h

Foto : Jefferson Peixoto/Secom

A Bahia registrou nas últimas 24 horas 2.460 casos de coronavírus e 26 mortes em decorrência da Covid-19, segundo boletim divulgado hoje (14) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Ao todo, a Bahia tem 329.787 casos confirmados e 7.214 óbitos desde o início da pandemia.

Os casos confirmados ocorreram em todos os 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (27,10%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (7.347,18), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.286,38), Madre de Deus (6.220,07), Apuarema (5.702,59).

Ao todo, 315.863 pessoas já estão curadas da doença. Na Bahia, 27.375 profissionais da saúde foram infectados pela Covid-19.

No estado, dos 2.078 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 941 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de UTI adulto de 45%. Vale lembrar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia.

Leia a matéria original em Metro1

Continue Reading

Bahia

Mais de 6 mil lojas fecharam as portas na Bahia no 2º trimestre

Foto : Tânia Rêgo/Agência Brasil

Mais de seis mil lojas fecharam as portas na Bahia no segundo trimestre do ano. O levantamento foi feito pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (Fecomércio-BA).

A Bahia foi o sexto estado a encerrar mais pontos de venda entre abril e junho, com 6.370 perdas, atrás de São Paulo (40.430), Minas Gerais (16.130), Rio de Janeiro (11.370), Rio Grande do Sul (9.960) e Paraná (9.480). 

Já no Nordeste, o varejo baiano lidera o número de fechamento de empresas, seguido de Pernambuco (4.250) e Ceará (3.350).

Leia a matéria original em Metro1

Continue Reading

Bahia

Após ameaça de cancelar contrato, Via Bahia justifica atraso de obras por ‘impasse do poder público’


A Via Bahia, concessionária responsável pela BR-324, evitou rebater as declarações do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, que disse que a empresa de pedágio arrecadou “90% dos recursos previstos no plano de negócio” e “execução de apenas 30% das obras” acordadas.

A empresa culpou o “impasse protagonizado pelo Poder Público”, que culminou em “diversas ações judiciais e a instalação de um tribunal arbitral”, pela não realização de “investimentos que podem chegar a R$ 7 bilhões”.

Segundo o ministro, a concessionária deixou de executar 441 km de duplicação e não realizou mais de 750 milhões de reais de investimentos. A situação está na Justiça. “A gente já está sendo bem sucedido nas primeiras ações”, afirmou Freitas.

Em nota, a ViaBahia alegou que o contrato não foi reajustado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o que deixou pendente um reajuste de mais de R$ 3 bilhões. A empresa afirmou ainda que fará “uma tentativa para solucionar o impasse com a ANTT para a revisão quinquenal do contrato de concessão de 680 quilômetros das rodovias sob nossa administração na Bahia” nas próximas semanas. Fonte: Metro1

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook