Connect with us

Esporte

CBF divulga tabela de jogos da Copa do Nordeste


A Confederação Brasileira de Futebol (CBF)divulgou ontem (10), a tabela detalhada do retorno da Copa do Nordeste 2020. Paralisada em março por conta da pandemia do coronavírus, a competição será retomada de onde parou, na oitava e última rodada da Primeira Fase. Todos os jogos serão disputados na Bahia, o que torna o campeonato, o primeiro entre clubes de estados distintos a ser disputado em sede única.

Segundo a tabela do Departamento de Competições da CBF, o Bahia retorna pela última rodada da 1ª fase, na quarta-feira, 22, enfrentando o Náutico no estádio de Pituaçu, às 20h. No Grupo A, o Fortaleza lidera, com 14 pontos, e o Bahia vem logo atrás, também com 14.As duas equipes já conquistaram a vaga na próxima fase. O Botafogo-PB é o terceiro colocado, com 12, e o Sport fecha o G-4, com nove pontos conquistados.

No Grupo B, o Confiança é o dono da ponta, com 13, e, assim como o Vitória, vice-líder e com o mesmo número de pontos, tem a classificação bastante encaminhada. Náutico, em terceiro, e Ceará, no quarto lugar, completam com G-4, com 11 pontos cada.

O encerramento da Copa do Nordeste 2020 tem como previsão a data de 4 de agosto. Fonte: Metro1

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Bahia e Atlético de Alagoinhas empatam sem gols na 1ª partida da final do Baianão

Foto: Max Haack

Bahia e Atlético de Alagoinhas empataram em 0 a 0 na noite desta quarta-feira (5), em Pituaçu, pela primeira partida da final do Campeonato Baiano. Sem gols, o jogo foi marcado por mais chances do Tricolor em cima de um Carcará que ficou boa parte do jogo com um jogador a menos.

A partida decisiva pela taça será no próximo sábado (8), às 16h30, novamente em Pituaçu. O vencedor fica com o troféu e, em caso de empate, a decisão vai para os pênaltis.

O JOGO

O Atlético de Alagoinhas teve uma oportunidade de ouro logo no início da partida. Após roubar a bola de Ernando, Edilson mandou uma bomba de fora da área, Douglas rebateu e Tobinha, com total liberdade para balançar a rede, mandou por cima.

Com mais posse de bola, o Bahia trocava passes e buscava avançar para pressionar o adversário. Aos 11, após boa triangulação, Daniel invadiu a área e finalizou para defesa tranquila de Fábio Lima.

Aos 31, Saldanha recebeu na frente e ajeitou para trás para Marco Antônio. O meia viu o goleiro adiantado e tentou por cobertura, mas a bola foi para fora. Apesar do bonito lance, a jogada estava irregular por conta do posicionamento do centroavante tricolor.

Makelele expulso

Com 35 minutos, Saldanha recebeu passe em profundidade e ficou de cara com o goleiro Fábio Lima, mas acabou derrubado por Makelele antes de finalizar. O volante do Carcará foi expulso.

Aos 43, Zeca cruzou na área, Jadson cabeceou para trás e o goleiro Fábio Lima deu um soco na bola e voltou para Jadson, mas o volante bateu mal e não conseguiu abrir o placar. Dois minutos depois, Saldanha fez jogada individual e cruzou para Marco Antônio, que não completou bem e a bola foi para fora.

Segundo tempo

Com um a mais, a equipe tricolor se postou mais à frente para buscar o gol. Aos oito, Marco Antônio tabelou com Saldanha dentro da área e bateu rasteiro para Fábio Lima rebater.

Zeca acerta o travessão

Aos nove, Jadson recebeu passe em profundidade de Clayson e cruzou rasteiro. A bola desviou e foi parar nos pés de Zeca, que bateu colocado de direita e a bola explodiu no travessão. 

Aos 17, mas uma boa ocasião de gol. Após cobrança de escanteio e rebatida de Fábio Lima, Ernando bateu e a bola só não entrou porque desviou em um defensor do Carcará. Três minutos depois, foi a vez do Carcará assustar. Edilson roubou a bola e soltou para Tobinhja, que bateu de fora da área para Douglas espalmar.

Sem um repertório para surpreender o adversário com um jogador a menos, o Bahia tentava em chutes de fora. Aos 27, com Ronaldo e aos 32 com Saldanha.

Sofrendo com as tentativas do Bahia, o Carcará reagiu com Vitinho aos 38. Ele ficou de frente para o gol, mas não acertou a finalização.

FICHA TÉCNICA
Atlético-BA x Bahia
Campeonato Baiano – Final (1º jogo)

Local: Pituaçu, em Salvador
Data: 05/08/2020 (quarta-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: Diego Pombo Lopez (CBF-Salvador)
Auxiliares: Paulo de Tarso Bregalda Gussen (CBF-Salvador) e Marcos Welb Rocha de Amorim (CBF-Feira de Santana)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (CBF/RN), auxiliado por Jucimar dos Santos Dias (CBF-Salvador).

Cartão amarelo: Fábio Lima (Atlético-BA) / Daniel (Bahia)

Cartão vermelho: Makelele (Atlético-BA)

 
Atlético de Alagoinhas: Fábio Lima; Paulinho, Mailson (Saulo), Eduardo e Filipinho; Makelele, Dedeco e Edilson (Lucas Alisson); Tobinha, Russo (Vitinho) e Magno Alves (Edson). Técnico: Agnaldo Liz.


Bahia: Douglas; Nino Paraíba (João Pedro), Wanderson, Ernando e Zeca; Jadson (Alesson), Elton (Clayson), Ronaldo e Daniel (Caíque); Marco Antônio e Saldanha. Técnico: Roger Machado. (Bahia Notícias)

Continue Reading

Esporte

Apático, Bahia volta a perder e vê Ceará chegar ao título invicto do Nordestão


O Nordeste é alvinegro. Na noite desta terça-feira (4), o Bahia voltou a perder para o Ceará em Pituaçu por 1 a 0 e viu o adversário levar a melhor no placar agregado e conquistar a Copa do Nordeste após cinco anos. Cléber marcou o único gol da partida e garantiu a taça de forma invicta para o time comandado por Guto Ferreira.

Com mais um vice na conta, o Bahia tenta se recuperar a partir desta quarta-feira (5), contra o Atlético de Alagoinhas, em Pituaçu, pela primeira partida da final do Campeonato Baiano.
 

O JOGO

O Bahia começou o jogo em cima do Ceará e assustou os alvinegros logo aos seis minutos. De fora da área e meio sem jeito. Fernandão bateu de fora da área e obrigou o goleiro Fernando Prass a defender em dois tempos. Aos 13 minutos, foi a vez de Gregore tentar de longe. O chute rasteiro, no entanto, passou longe.

A equipe tricolor viu o Ceará buscando o ataque, mas seguiu sendo o mais atuante em busca do gol. Em mais um chute de fora da área, Rodriguinho bateu a bola passou ao lado.

Aos 24 minutos, o Bahia pediu pênalti quando a bola tocou no braço de Luiz Otávio. A partida ficou parada para a análise do árbitro de vídeo, mas o juiz principal não chegou a ser acionado para verificar o lance.

O Bahia não abafava o Ceará, mas seguia tentando de longe. Aos 27, Fernandão mandou uma bomba na cobrança de falta e a bola passou perto.

Segundo tempo

Para o segundo tempo, o técnico Roger Machado promoveu a entrada de Nino Paraíba e Clayson no lugar de João Pedro e Lucas Fonseca, respectivamente. Com o desenho tático diferente e a presença de Gregore na defesa, a equipe começou a segunda etapa buscando a área do adversário.

Aos 13, veio o primeiro chute ao gol do Bahia. Após cobrança de falta, a bola sobrou fora da área com Élber, que finalizou para fácil defesa do goleiro Fernando Prass.

Cléber faz o primeiro do Ceará

Depois de uma sequência de erros do zagueiro improvisado, o Ceará chegou ao primeiro gol aos 15 minutos. Leandro Carvalho tocou para Bruno Pacheco no lado esquerdo. O lateral cruzou para a área e o centroavante Cléber completou para a rede.

Fonte: BahiaNoticias.

Continue Reading

Esporte

Testes de coronavírus do Bahia são investigados por suspeita de fraude; clube suspende pagamento


Testes de coronavírus feitos pelo elenco do Bahia estão sob investigação da Procuradoria Geral do Estado (PGE) após suspeita de fraude envolvendo um laboratório particular. Os dispositivos de testagem foram contratados pelo clube junto ao laboratório Nossa Senhora de Fátima, que presta serviços para o Instituto 2 de Julho, organização social que gere uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) no bairro de Roma, em Salvador, contratada pela prefeitura da capital baiana.

Ao invés de serem processados por um laboratório privado com sede em Minas Gerais, os testes tiveram fase de processo no Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (Lacen), gerido pelo governo estadual e que não presta serviços a laboratórios de análises clínicas privados.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, após coletar as amostras, o laboratório registrou os exames dos jogadores do Bahia como se tivessem sido feitos na UPA de Salvador. Com isso, eles foram encaminhados para o laboratório público. De acordo com o sócio do Nossa Senhora de Fátima, Felipe Siqueira, houve um erro de um funcionário. “Em 30 anos de atuação no mercado, nunca tivemos um problema como esse. Não ganhei nada com isso, só dor de cabeça”, afirmou Siqueira à Folha.

Ao todo, o clube empenhou R$ 6,3 mil para contratação do laboratório, mas o pagamento foi suspenso após a descoberta. “A PGE foi demandada pela Sesab a proceder à análise, diagnóstico e providências acerca dos fatos envolvendo o encaminhamento de material para exames laboratoriais, como se oriundos de uma unidade do SUS, quando, na realidade, procediam de empresa privada. A defesa do interesse público reclama duas linhas de atuação, as saber: o ressarcimento ao Erário e a responsabilização de quem, porventura, tenha agido em desconformidade com a lei. Os fatos estão sob apuração, mas, até aqui, tudo o que se levantou indica que o Estado foi vítima de um grupo mal intencionado, do qual não integra nenhum servidor público”, disse o assessor especial da PGE, procurador Ruy Sérgio Deiró da Paixão, em entrevista ao site Bahia Notícias.

Em nota enviada à imprensa, o Instituto 2 de Julho informou que rompeu o contrato que tinha com o laboratório. “Nossa organização social terceiriza os serviços do laboratório Nossa Senhora de Fátima, empresa que também foi contratada para prestar serviços privados ao clube de futebol. Lamentavelmente, ela fez uso ilícito de senha compartilhada do Instituto 2 de Julho”, disse a organização social.

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o presidente do clube, Guilherme Bellintani, lamentou o episódio e criticou o laboratório. “É lastimável que algumas pessoas insistam em tirar vantagens em um momento como este do país”, disse. O Metro1 tentou contato com o dirigente e com o clube desde a manhã de hoje para comentar mais sobre o assunto, mas até a publicação desta matéria não teve retorno. Fonte: Metro1

Continue Reading