Connect with us

Brasil

Ministro Marcos Pontes diz que está com Covid-19


O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, informou que testou positivo para o novo coronavírus. A informação foi divulgada ontem (29) pelo ministro, ao final de uma transmissão ao vivo feita com o senador Roberto Rocha (PSDB-MA). O encontro foi realizado para discutir o uso do centro de lançamento de Alcântara, no Maranhão.

Marcos Pontes afirmou ter sentido sintomas de gripe e realizado o exame na terça-feira (28). O resultado saiu no dia seguinte.

“Vou permanecer trabalhando no isolamento e continuar a despachar normalmente com isolamento. A gente vai tratar e tudo vai dar certo de Deus quiser. Vou até entrar nos testes da nitazoxanida, agora eu posso”, disse.

Pontes é o quinto ministro do governo a anunciar ter contraído o coronavírus. Os outros quatro foram Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional); Bento Albuquerque (Minas e Energia); Onyx Lorenzoni (Cidadania); e Milton Ribeiro (Educação). O presidente Jair Bolsonaro também disse ter contraído a doença. (Metro1)

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Ministério da Saúde solicita “entrega imediata” de 6 milhões de doses da CoronaVac que estão no Butantan

Foto: fotos públicas/HM Treasury

O Ministério da Saúde enviou um ofício endereçado ao Instituto Butatan, nesta sexta-feira (15/1), solicitando todas as doses da Coronavac, feita em parceria com a impresa chinesa Sinovac. O documento requer que o Butantan faça “a entrega imediata das 6 milhões de doses da vacina importadas e que foram objeto do pedido de autorização de uso emergencial perante a Anvisa”. 

A intenção seria distribuí-la igualmente para os estados. “Ressaltamos a urgência na imediata entrega do quantitativo contratado e acima mencionado, tendo em vista que esse Ministério precisa fazer o devido loteamento pata iniciar a logística e a distribuição para todos os estados da federação de maneira simultânea e equitativa, conforme cronograma previsto no Plano Nacional de Operacionalização da vacinação contra a Covid-19”, diz o ofício. 

O documento é assinado por Roberto Ferreira Dias, diretor do departamento de logística em saúde. A entrega das duas mil doses da vacina AstraZeneca/Oxford, que o Brasil afirma ter adquirido do laboratório indiano Serum Institute e que seriam entregues até esse sábado (15/1) sofrerão atraso, segundo o Itamaraty, e não há data para chegarem ao Brasil.

Nas redes sociais, a divulgação do documento gerou comentários negativos. Parte dos internautas lembraram a hesitação do presidente Jair Bolsonaro em relação à essa vacina e sua declaração de que não iria comprar o composto. 

Leia a matéria original em AratuOn

Continue Reading

Brasil

São Paulo manda mais de 18 toneladas de oxigênio para Manaus

Foto : DPA/Picture Alliance

A cidade de Guarulhos, em São Paulo, enviou, no início da madrugada de hoje (15), dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) com cilindros de oxigênio a Manaus. A iniciativa ocorreu após o governo afirmar que não tinha transporte para mandar o material.

O sistema de saúde do estado do Amazonas entrou no auge do colapso na última quarta-feira (14),  após a lotação de leitos para o tratamento da Covid-19 nos hospitais e a falta de oxigênio. Pacientes amazonenses passaram a ser transferidos para outros estados para receber atendimento.

Foram transportados pela FAB 386 cilindros de oxigênio, com mais de 18 toneladas.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, havia afirmado anteriormente que “a ponte aérea de oxigênio está impactada porque nós [o governo] não temos os cargueiros específicos da FAB pra fazer isso”. Ele informou que estava “manobrando” pra tentar reverter o quadro.

Leia a matéria original em Metro1

Continue Reading

Brasil

Brasil tem 207.183 mortes por Covid-19, diz consórcio de imprensa

Foto : Jefferson Peixoto/Secom

O Brasil contabiliza 207.183 óbitos e 8.328.061 contaminações em decorrência da Covid-19, de acordo com boletim das 13h divulgado hoje (15) pelo consórcio de veículos de imprensa – formado por O Globo, Extra, G1, Folha de S.Paulo, Uol e O Estado de S. Paulo.

Ontem (14), às 20h, o balanço indicou 207.160 mortes confirmadas, sendo 1.151 em 24 horas. A variação da média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de +42% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta nos óbitos por coronavírus. 

Dos estados do país, doze estão com alta nas mortes: PR, MG, RJ, SP, GO, MT, AM, AP, TO, CE, PE e SE. Já os registros na Bahia, o DF e outros 12 estados alcançaram estabilidade. Apenas um (AC) apresenta queda no número de óbitos. 

Leia a matéria original em Metro1

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas