Connect with us

Esporte

Testes de coronavírus do Bahia são investigados por suspeita de fraude; clube suspende pagamento


Testes de coronavírus feitos pelo elenco do Bahia estão sob investigação da Procuradoria Geral do Estado (PGE) após suspeita de fraude envolvendo um laboratório particular. Os dispositivos de testagem foram contratados pelo clube junto ao laboratório Nossa Senhora de Fátima, que presta serviços para o Instituto 2 de Julho, organização social que gere uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) no bairro de Roma, em Salvador, contratada pela prefeitura da capital baiana.

Ao invés de serem processados por um laboratório privado com sede em Minas Gerais, os testes tiveram fase de processo no Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (Lacen), gerido pelo governo estadual e que não presta serviços a laboratórios de análises clínicas privados.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, após coletar as amostras, o laboratório registrou os exames dos jogadores do Bahia como se tivessem sido feitos na UPA de Salvador. Com isso, eles foram encaminhados para o laboratório público. De acordo com o sócio do Nossa Senhora de Fátima, Felipe Siqueira, houve um erro de um funcionário. “Em 30 anos de atuação no mercado, nunca tivemos um problema como esse. Não ganhei nada com isso, só dor de cabeça”, afirmou Siqueira à Folha.

Ao todo, o clube empenhou R$ 6,3 mil para contratação do laboratório, mas o pagamento foi suspenso após a descoberta. “A PGE foi demandada pela Sesab a proceder à análise, diagnóstico e providências acerca dos fatos envolvendo o encaminhamento de material para exames laboratoriais, como se oriundos de uma unidade do SUS, quando, na realidade, procediam de empresa privada. A defesa do interesse público reclama duas linhas de atuação, as saber: o ressarcimento ao Erário e a responsabilização de quem, porventura, tenha agido em desconformidade com a lei. Os fatos estão sob apuração, mas, até aqui, tudo o que se levantou indica que o Estado foi vítima de um grupo mal intencionado, do qual não integra nenhum servidor público”, disse o assessor especial da PGE, procurador Ruy Sérgio Deiró da Paixão, em entrevista ao site Bahia Notícias.

Em nota enviada à imprensa, o Instituto 2 de Julho informou que rompeu o contrato que tinha com o laboratório. “Nossa organização social terceiriza os serviços do laboratório Nossa Senhora de Fátima, empresa que também foi contratada para prestar serviços privados ao clube de futebol. Lamentavelmente, ela fez uso ilícito de senha compartilhada do Instituto 2 de Julho”, disse a organização social.

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o presidente do clube, Guilherme Bellintani, lamentou o episódio e criticou o laboratório. “É lastimável que algumas pessoas insistam em tirar vantagens em um momento como este do país”, disse. O Metro1 tentou contato com o dirigente e com o clube desde a manhã de hoje para comentar mais sobre o assunto, mas até a publicação desta matéria não teve retorno. Fonte: Metro1

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Vitória vence primeira fora de casa e soma cinco jogos sem perder na Série B


O Vitória goleou hoje (1) o Paraná por 4 a 1, a primeira vitória fora de casa na Série B, e somou cinco jogos consecutivos sem perder na competição.

Com o resultado, o Leão da Barra se descolou de vez do pelotão de baixo da tabela, foi a 32 pontos, ficando a oito pontos da Zona de Rebaixamento, assim como da zona de classificação para a Série A.

Na próxima rodada o time baiano enfrenta o Confiança, na sexta-feira (4), às 19h15, no Barradão. Metro1.

Continue Reading

Esporte

Bahia empata sem gols com o Santa Fé na Argentina e avança na Sul-Americana


O Bahia viajou até a Argentina para enfrentar o Unión Santa Fé pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Foi o jogo de volta da fase, já que o primeiro foi 1 a 0 para a equipe tricolor. Com o empate sem gols, o time baiano se valeu do regulamento e avançou para a próxima fase. Com vantagem, o Bahia ainda jogou com um jogador a mais em todo o segundo tempo, após Luna Diale ser expulso com cartão vermelho.

Mesmo assim, o time comandado pelo auxiliar técnico Cláudio Prates, substituto de Mano Menezes, infectado pela Covid-19, segurou o empate. Com o resultado, o Bahia avançou para as quartas de final e agora aguarda o resultado do duelo entre Vasco e Defensa y Justicia, na quinta-feira (3).

Por ter passado de fase, o Bahia embolsa 600 mil dólares (R$ 2,6 milhões). O próximo compromisso do Esquadrão é no sábado (5), pela Série A. O Bahia recebe o Ceará na Fonte Nova, às 19h. O tricolor ocupa a 13ª posição da competição, com 28 pontos.  (Metro1)

Continue Reading

Esporte

Jogador do Inter publica vídeo de amigo contando que dopou mulher; “ela ficou mal e eu entrei para o quarto”


Os jogadores Matheus Monteiro e Luiz Vinícius, que atuavam na categoria sub-20 do Sport Club Internacional, tiveram o contrato encerrado após gravarem e divulgarem um vídeo em que um deles admite ter dopado uma mulher para fazer sexo. O material foi postado pelo volante Luiz, que ouve a história narrada por Matheus e ri.

A publicação foi feita na segunda-feira (30/12), pelo Instagram Stories. O atacante Matheus, de 20 anos, aparece dizendo que colocou “bala”, apelido dado ao ecstasy, no copo de uma mulher sem que ela percebesse. “Eu coloquei uma bala no copo dela, e ela ficou daquele jeito. Nem se ligou na cena, ela bebendo aqui, eu peguei o copo dela, quebrei um pedacinho e larguei ali. Ela ficou mal e eu entrei para o quarto…”, diz, no trecho publicado.

Segundo o UOL, Luiz tem 19 anos e estava lesionado, enquanto Matheus ficou conhecido ao fazer parte do grupo campeão da Copa São Paulo deste ano, mas estava afastado do time sub-20. Até o fechamento desta reportagem, não havia sido registrado Boletim de Ocorrência contra Monteiro pelas atitudes relatadas no material.

Em nota, o Inter explicou que não utilizou a prerrogativa de justa causa para dispensar os atletas, tendo chegado a um acordo para romper o vínculo com ambos. “O Sport Club Internacional comunica o término da relação contratual dos atletas Matheus Monteiro e Luiz Vinicius, ambos da categoria sub-20”, informou.

Leia a matéria original em AratuOn

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook