Connect with us

São Miguel das Matas

Tremor provoca rachaduras em mais de 50 casas de São Miguel das Matas

Foto: Reprodução/ Criativa Online

Imagens divulgadas até o momento mostram que o município de São Miguel das Matas foi um dos que sentiu os tremores de terra registrados na manhã deste domingo (30) de maneira mais intensa. A gestão, que está fazendo o levantamento das residências afetadas pelo abalo sísmico, aponta que mais de 50 casas na zona rural apresentaram rachaduras após o fenômeno.

Mais cedo, um vídeo extraído das câmeras de segurança de um supermercado mostrou que os produtos chegaram a cair das prateleiras do estabelecimento. Com o susto, um cliente até correu.

Embora natural, o tremor atingiu 4.6 graus na escala Richter, intensidade que não ocorre com frequência. De acordo com o geólogo Eduardo Menezes, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, novos tremores podem ser registrado ao longo dos próximos meses. (Bahia Notícias)

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

São Miguel das Matas

Domingo com um caso de latrocício em Rio Preto, zona rural de São Miguel das Matas


A guarnição do Pelotão de São Miguel das Matas foi acionada, pela CenOp, através do CICOM neste domingo (25), por volta das 19h, informando-os de que na localidade conhecida como Rio Preto, Zona Rural de São Miguel das Matas havia uma pessoa morta.

Chegando ao local informado, constatou-se que se tratava de latrocínio, segundo informações colhidas com populares no local.

A vítima de 24 anos foi identificada e em seguida foi acionado o DPT para adoção das medidas cabíveis. O local do crime foi isolado para aguardar a chegada da perícia.

Da Redação AmargosaNews

Continue Reading

São Miguel das Matas

Sismógrafos no Vale do Jiquiriça registram 240 tremores de terra em um mês; São Miguel das Matas é o mais afetado

Foto: divulgação/Sudec

Em cerca de um mês de análises, os sismógrafos instalados pelo Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) no Vale do Jiquiriça, na Bahia, registraram 240 tremores. Os dados foram contabilizados desde o último dia 5 de setembro até a tarde quinta-feira (1/10).

Os equipamentos foram instalados após um terremoto de magnitude 5,6 atingir a região, com epicentro na cidade de Mutuípe. Os abalos registrados pela universidade foram considerados “de baixa intensidade” e a maioria deles nem chegou a ser sentido pelas pessoas. Alguns foram percebidos apenas nas cidades de São Miguel das Matas e Amargosa.

No dia 23 de setembro, por exemplo, mais de 20 tremores foram registrados na região, se tornando o dia com mais atividade. Os dados dos dias 9 e 10 de setembro também apontam mais de 20 abalos cada. Por outro lado, no dia 21 do mesmo mês, nenhum abalo foi registrado.

A instalação da rede teve o apoio da Defesa Civil do estado da Bahia e também das prefeituras dos municípios mais afetados. O Laboratório Sismológico da UFRN permanece monitorando a atividade sísmica na região do Vale do Jiquiriça em tempo real.

(AratuOn)

Continue Reading

São Miguel das Matas

São Miguel das Matas: Paróquia realiza festa do seu padroeiro

Foto: Magno Bastos/ Criativa

A Paróquia São Miguel Arcanjo, em São Miguel das Matas (BA), realizou nesta última terça-feira, dia 29, a festa do seu padroeiro.

Pela manhã aconteceu a missa festiva presidida pelo pároco, Padre Cristóvão Reis Brito, que foi concelebrada pelos padres Almiro Rezende Peixoto, Gilton Barbosa de Abreu e Valter Menezes.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, a festa que geralmente recebe visitantes de outras paróquias e dioceses, teve um número reduzido de fiéis. (Tribuna do Recôncavo | Informações: Criativa)

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook