Connect with us

Milagres

Pesquisadores da UFBA e Defesa Civil avaliarão se rochas movimentaram com tremor nas montanhas de Milagres

Foto: Ilustração

Cidades do recôncavo baiano e região presenciaram vários episódios de tremores de terra desde do último domingo do mês de agost, e equipes do Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) juntamente com a Defesa Civil do Estado realizaram trabalhos de pesquisa utilizando de sismógrafos.

Em entrevista a Recôncavo FM nesta terça-feira (22), o Superintendente da Defesa Civil do Estado da Bahia, Paulo Luz afirmou que os abalos sísmicos continuam acontecendo na região. Os nove sismógrafos que foram instalados estão identificando uma série de tremores de terra que já ultrapassaram a quantidade de 170 do dia 30 de agosto até o dia de hoje.

De acordo com Paulo, na comunidade da Boa Vista, em São Miguel das Matas, que está sendo o epicentro, continua a perceber os tremores. “Mas nada que gere pânico, são de baixa magnitude, nada que justifique um temor maior da população”, disse.

Em Amargosa e São Miguel das Matas, onde os abalos foram mais intensos, os prejuízos das residências estão sendo relatados pelas prefeituras. Segundo Luz, o relatório de São Miguel já chegou na Defesa Civil do Estado, com 139 casas afetadas pelos tremores de terra e Amargosa ainda está fechando os relatórios.

“São 129 casas da zona rural da Boa Vista que foram danificadas e 10 casas cadastradas para demolição devido a rachaduras em todos os compartimentos”, falou afirmando que esses documentos também serão encaminhados a Defesa Nacional para buscar recursos imediatos.

Após avaliação dos documentos, o aluguel social é cogitado para as famílias cujas residências não oferecem condições de moradia, conforme Paulo, “por um período máximo de seis meses, entendido por lei que o Poder Público deve assistir aos moradores. Em outubro, a equipe da UFRN e Defesa voltará para o interior da Bahia para reavaliação e definir quantos sismógrafos ficarão na definitivamente na região, e em novembro acontecerá a última visita para fechamento de relatório”, disse.

Em primeira mão, o superintendente informou que será feito um trabalho em Milagres junto com os professores e pesquisadores da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e equipe da Defesa Civil do Estado, para avaliação da pequena movimentação de quatro blocos de grandes rochas nas montanhas da cidade ocorrido no dia do maior tremor de terra detectado.

“A movimentação foi detectado pela defesa do município, a visita será presencial para relatório avaliando o risco que esses blocos representam a cidade e tranquilizar a população”, concluiu. (Voz da Bahia)

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Milagres

Fumaça invade ruas de Milagres após queimadas na Serra de Tartaruga

Foto: Belinha Paredão

Em consequência as queimadas que continuam acontecendo na Serra de Tartaruga, a cidade de Milagres está recebendo boa parte da fumaça e os moradores registraram a névoa em diversas ruas.

Os registrou foram feitos por um morador na Av. João Leal Sales e na Praça do Coreto, no centro de Milagres. As altas temperaturas e o tempo seco é um dos principais causadores dos incêndios na região.

O incêndio foi registrado desde a noite desta quarta-feira (14) e nesta quinta Equipes de Especialistas Florestais de Itaberaba e Santo Antonio de Jesus, 11º e 16º GBM’s – Grupamento de Bombeiros Militares estão no local. Eles retornam na manhã desta sexta-feira (16) retomam os trabalhos com o objetivo de debelarem o fogo.

A fumaça que adentram ruas e residências são altamente prejudiciais a saúde da população.

Leia a matéria original em Criativa Online

Continue Reading

Milagres

Incêndio de grande proporção é registrado na Serra de Tartatuga, em Milagres

Foto: Corpo de Bombeiros

Um incêndio na Serra de Tartaruga, município de Milagres no Vale do Jiquiriçá que teve início na noite desta quarta-feira (14) foi registrado por internautas da Criativa On Line.

Equipes de Especialistas Florestais de Itaberaba e Santo Antonio de Jesus, 11º e 16º GBM’s – Grupamento de Bombeiros Militares estão no local e na manhã desta sexta-feira (16) retomam os trabalhos com o objetivo de debelarem o fogo.

As chamas são tão altas que a fumaça incomoda população de Milagres, há 24 km de distância.

Leia a matéria original em Criativa Online

Continue Reading

Milagres

Moradora registra ‘invasão’ de gafanhotos na cidade de Milagres; veja vídeo


Uma moradora do município de Milagres, registrou o momento em que a casa foi “invadida” por uma grande quantidade de gafanhotos.

A invasão do gafanhotos em Milagres não tem relação com a nuvem dos insetos na Argentina.

Segundo o vice-prefeito da cidade, Marcos Queiroz, os insetos apareceram nos últimos dias, mas não causaram grandes prejuízos para os moradores.

Queiroz acrescenta que apenas uma vegetação de uma praça no centro da cidade foi afetada pelos gafanhotos.

Em contato com a TV Bahia, o biólogo Thiago Freitas, de Salvador, disse que acredita que a infestação de gafanhotos em Milagres foi causada por um conjunto de fatores: as mudanças climáticas, a falta de predadores e o uso de agrotóxicos, que, juntos, favorecem a reprodução dos insetos.

G1-BA.

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook