Connect with us

São Miguel das Matas

Sismógrafos no Vale do Jiquiriça registram 240 tremores de terra em um mês; São Miguel das Matas é o mais afetado

Foto: divulgação/Sudec

Em cerca de um mês de análises, os sismógrafos instalados pelo Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) no Vale do Jiquiriça, na Bahia, registraram 240 tremores. Os dados foram contabilizados desde o último dia 5 de setembro até a tarde quinta-feira (1/10).

Os equipamentos foram instalados após um terremoto de magnitude 5,6 atingir a região, com epicentro na cidade de Mutuípe. Os abalos registrados pela universidade foram considerados “de baixa intensidade” e a maioria deles nem chegou a ser sentido pelas pessoas. Alguns foram percebidos apenas nas cidades de São Miguel das Matas e Amargosa.

No dia 23 de setembro, por exemplo, mais de 20 tremores foram registrados na região, se tornando o dia com mais atividade. Os dados dos dias 9 e 10 de setembro também apontam mais de 20 abalos cada. Por outro lado, no dia 21 do mesmo mês, nenhum abalo foi registrado.

A instalação da rede teve o apoio da Defesa Civil do estado da Bahia e também das prefeituras dos municípios mais afetados. O Laboratório Sismológico da UFRN permanece monitorando a atividade sísmica na região do Vale do Jiquiriça em tempo real.

(AratuOn)

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Elísio Medrado

São Miguel das Matas e Elísio Medrado estão na lista das cidades baianas que ainda não repassaram os recursos da Lei Aldir Blanc

Quase uma centena de prefeituras baianas ainda não direcionou os recursos garantidos pelo governo federal através da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, criada para socorrer artistas e trabalhadores do setor. Segundo levantamento do portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, a soma de repasses que deixaram de ser aplicados gira em torno dos R$ 16 milhões.

No topo da lista está o município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), que não depositou nenhum centavo para os artistas através da Aldir Blanc. Mesmo com um montante de R$ 928,8 mil no cofre do Executivo, o órgão de Cultura do município não executou o pagamento aos profissionais da cena artística local. 

Procurada pelo Bahia Notícias, a prefeitura de Simões Filho alegou que tentou viabilizar a liberação dos recursos no ano passado, mas que “não houve tempo suficiente para fazer todo o processo administrativo”. “Os recursos estão em caixa, aguardando a publicação da nova norma que vai possibilitar a liberação dos recursos para os artistas do município”, justificou.

A solução encontrada, afirmou a gestão, foi oferecer cestas básicas aos artistas e realizar um edital para a promoção de lives culturais com recursos próprios do município.

A norma a que a prefeitura de Simões Filho se refere é o projeto de lei (PL) aprovado na Câmara dos Deputados no último dia 21 e que prorroga os prazos de utilização das verbas da Aldir Blanc. Conforme rege o texto que passou pela Casa, estados, municípios e Distrito Federal vão poder usar o saldo remanescente do dinheiro transferido pela União até 31 de dezembro deste ano. O que não for usado em 2021 deverá ser devolvido para os cofres federais até janeiro do ano que vem. A matéria agora segue para sanção presidencial.

No levantamento que reúne as localidades que receberam as maiores verbas para socorro ao meio artístico e não foram direcionadas, logo depois de Simões Filho aparecem Candeias – também na RMS -, que deixou de aplicar mais de R$ 622,8 mil; e Casa Nova, que não direcionou mais de meio milhão de reais do que foi recebido da União.

A reportagem procurou a assessoria do município de Candeias, que não se manifestou até o fechamento desta matéria. O BN não conseguiu contato com a prefeitura de Casa Nova.

Anguera, Bom Jesus da Lapa, Conceição da Feira, Conceição do Jacuípe, Elísio Medrado, Ipirá, Itaparica, Rafael Jambeiro e Santa Bárbara são outras municipalidades da ampla relação que reúne 93 cidades da Bahia. Em todo o Brasil são 914 municípios .

Ao todo, R$ 3 bilhões foram repassados pelo governo federal através da legislação para estados e municípios. Além das mais de 900 cidades, outras 40 ainda não aplicaram boa parte do que receberam.

De acordo com os dados apurados pelo portal junto ao Sistema Nacional de Cultura, da Secretaria da Cultura do Ministério do Turismo, menos de 10% foram repassados por estas quatro dezenas de cidades para os seus artistas.

Leia a matéria original em Bahia Notícias

Continue Reading

São Miguel das Matas

Deputado Dal e o vice-prefeito de São Miguel das Matas distribuem 56 mil alevinos para famílias no município

Na tarde desta sexta-feira (9) o deputado estadual Dal (PP) e o vice-prefeito de São Miguel das Matas, Gilson da Saúde entregaram 56 mil alevinos para várias famílias da cidade dando incentivo a na piscicultura do município.

“GRATIDÃO é a palavra que resume melhor o sentimento que tenho por você, meu amigo Gilson da Saúde, vice-prefeito de São Miguel das Matas. Amigo, continue sempre assim, simples, dedicado, com muito respeito ao povo da sua terra, que você alçará voos ainda mais altos. Muito obrigado por sua parceria.”

Leia a matéria original em Recôncavo no Ar

Continue Reading

São Miguel das Matas

Amargosense morre em troca de tiro com a CIPE em São Miguel das Matas

Na madrugada desta sexta-feira (26), por volta das 4h, a guarnição CIPE Litoral Norte foi solicitada para prestar apoio em São Miguel das Matas por conta de uma denúncia de que haviam homens armados em uma determinada rua.

Chegando ao local, a guarnição foi surpreendida com disparos de arma de fogo, havendo o revide à injusta agressão. Ao cessar os disparos, foi feita varredura do local onde foi localizada duas pessoas caídas ao chão e próximo aos suspeitos duas armas de fogo.

Imediatamente foi prestado o socorro, conduzindo os dois homens baleados ao hospital local, porém eles não resistiram aos ferimentos e vieram a óbito.

Uma das vítimas foi identificada como Diego, morava em Amargosa no bairro São Roque.

A ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia civil de Santo Antônio de Jesus.

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas