Connect with us

Salvador

Fiéis levam animais para receber bênçãos no dia de São Francisco de Assis

Nara Gentil/CORREIO

No ano passado, a cadelinha Esperança contraiu cinomose, uma doença grave que causa paralisia em cães. Na época, a tutora de Esperança, a auxiliar de cozinha Ana Paula de Deus, 45 anos, buscou cuidados veterinários para a pequena e pediu a intercessão de São Francisco de Assis para salvar o animal. Deu tão certo que as duas foram na manhã deste domingo (4) à Igreja de São Francisco de Assis, no Centro Histórico, para agradecer pela graça alcançada.

Ana Paula e Esperança estiveram entre os que encheram o templo na primeira missa de 4 de outubro, em homenagem ao santo. A celebração é conhecida por abençoar animais, e os cachorros não foram os únicos: teve cágado e até hamster. A celebração saudou a natureza e trouxe à reflexão um dos princípios básicos das pregações franciscanas: viver com pouco e colocar o sentido da vida no outro.

“Nesse dia tão caro para devotos e cristãos de todo o mundo, é preciso que reflitamos sobre o exemplo desse homem santo e sobre o consumo insaciável e descontrolado que parece tomar conta dos dias de hoje, afastando as pessoas do verdadeiro sentido da vida”, disse o arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, cardeal Dom Sergio da Rocha, que presidiu a celebração.

Razões de existir
Apesar das medidas sanitárias de distanciamento social, o templo esteve cheio de fiéis, que fizeram questão de estar presentes para receber as bênçãos no local. Quem não conseguiu ir, acompanhou pela internet. 

O auxiliar de logística George Souza, 22, cumpre a tradição desde criança. Ele sempre teve um encanto e um cuidado com plantas e animais. “Acredito que a maior lição passada por São Francisco foi que é possível falar e estar com Deus através da natureza, que é possível viver o evangelho com simplicidade, que é possível viver a fraternidade sem excluir esses irmãos que são os recursos naturais e suas manifestações”, completou.

Ao final da celebração, os religiosos da Ordem e da Irmandade de São Francisco distribuíram mudas de plantas como manjericão, capim limão, erva cidreira, boldo e palma. De acordo com o Frei Felipe Ferreira, a entrega das mudas e dos chás fez referência ao que foi discutido durante o novenário em homenagem a São Francisco. “Fizemos questão de ampliar as reflexões sobre não se acomodar diante da vida, inclusive diante da vida presente na nossa casa comum: o planeta Terra”, afirmou.

Mudas de plantas foram distribuídas durante as celebrações deste domingo (Foto: Nara Gentil/CORREIO)

Concluídos os festejos, a comunidade religiosa saiu em carreata pelas ruas do Centro Histórico, distribuindo bênçãos e aspergindo água benta em animais e seus cuidadores. Ao longo de todo o dia, os devotos puderam acessar a Igreja e a última missa aconteceu às 18h. Toda a programação do novenário e do dia festivo pôde ser acompanhada, ao vivo, pelo Youtube, através do canal do Convento de São Francisco.

Mas, as festas não se restringiram ao Centro. Na Boca do Rio, a Paróquia São Francisco de Assis também realizou novenário, missa, bênção dos animais e o almoço “Caruru Franciscano”, delivery e drive thru, desde às 11h. A imagem de São Francisco de Assis participou de uma procissão pelas principais ruas do bairro e o Arcebispo também celebrou a missa das 17h.

Em Saramandaia, os fiéis participam do tríduo, que escolheu como tema: “São Francisco de Assis, ajuda-nos a compreender a família como um tesouro da Igreja”. Com o tema “Senhor, o que queres que eu faça?”, os devotos de São Francisco de Assis também participaram dos festejos na Paróquia São Francisco de Assis (Alto de Coutos), às 19h.  (Correio)

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Salvador

Hospital de campanha na Arena Fonte Nova retoma atendimentos


O hospital de campanha montado na Arena Fonte Nova, em Salvador, foi reaberto na última quinta-feira, para tratamento da Covid-19. De acordo com o governo do estado, os primeiros pacientes começaram a chegar por volta das 20h30 e cerca de 20 pessoas já estavam com protocolo de transferência para a unidade antes mesmo da reabertura.

O hospital tem capacidade para 200 leitos, mas inicialmente funcionará com 80, distribuídos em 50 leitos de Unidade de Terapia Intensiva e mais 30 clínicos, todos voltados para o atendimento de pacientes diagnosticados com o novo coronavírus.

A gestão do hospital de campanha está sob a responsabilidade das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid). A expectativa é de que em breve o hospital possa operar com capacidade plena, já que depende do processo de contratação dos profissionais de saúde para o total funcionamento. (A Tarde)

Continue Reading

Salvador

PM suspeito de assassinar mãe e filho é encontrado morto em hotel


O policial militar suspeito de assassinar mãe e filho em um condomínio de Salvador, foi encontrado morto em um hotel de Aracaju, no estado de Sergipe, na terça-feira (2). A informação, porém, só foi divulgada pela Polícia Civil na quinta-feira (4).

Valdice Maria Cabral da Silva, de 47 anos, e o filho, Gabriel Cabral da Silva, de cinco, tiveram seus corpos encontrados no dia 11 de fevereiro, dentro do apartamento, já em estado de gigantismo.

Segundo a polícia, o suspeito, Adelson Silva Rosário, tinha um mandado de prisão temporária expedido. Não se sabe o que ele fazia em outro estado.

A polícia também informou que o PM havia conhecido Valdice em um aplicativo de relacionamento e ele foi a última pessoa que esteve com a vítima e o filho dela. Não há detalhes da causa do assassinato, nem da morte do PM, mas a suspeita é de que ele tenha tirado a própria vida.

Familiares de Valdice contaram, em fevereiro deste ano, que quando a mulher deixou de dar notícias, eles enviaram mensagens para o celular dela e foram respondidos. A família acredita que o autor do crime tenha usado o aparelho da mulher para enganar os parentes.

Além do celular estar supostamente com o autor do crime, o carro da vítima também não estava no condomínio onde ela morava.

Leia a matéria original em Varela Notícias

Continue Reading

Salvador

Bruno Reis: sistema de saúde pode entrar em colapso nas próximas horas em Salvador

Foto: Matheus Morais/bahia.ba

Durante coletiva virtual à imprensa, na manhã desta quinta-feira (4), o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), disse que a rede municipal de Saúde pode entrar em colapso já nas próximas horas.

Segundo ele, o número de pacientes infectados com coronavírus só faz crescer na cidade. Bruno informou ainda que, atualmente, 117 pacientes esperam pela regulação em Unidades de Pronto Atendimento de Salvador.

“Temos um novo recorde. Ontem eram 107, anteontem eram 96. E, mesmo mantendo média de 70, 75 regulados, os números não cedem”, ressaltou o prefeito de Salvador.

Leia a matéria original em Bahia.Ba

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas