Connect with us

Brasil

STJ manda soltar presos que tiverem liberdade provisória condicionada à fiança

Foto : Alberto Coutinho / GOVBA

A 3ª Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ), por unanimidade, concedeu, hoje (14), habeas corpus coletivo para soltar todos os presos que tiverem a liberdade provisória condicionada ao pagamento da fiança. A medida é para reduzir a propagação do coronavírus.

A Defensoria Pública do Espírito Santo impetrou HC coletivo em favor de todos aqueles a quem foi concedida liberdade provisória condicionada ao pagamento da fiança no estado. Segundo a entidade, o combate ao coronavírus exige a soltura de tais detentos.

O relator do caso, ministro Sebastião Reis Jr., afirmou que, diante da Resolução 62/2020 do Conselho Nacional de Justiça (que sugere a reavaliação de prisões provisórias de idosos ou integrantes do grupo de risco da Covid-19), não é proporcional manter pessoas presas somente pelo não pagamento de fiança.

Leia a matéria original em Metro1

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Após morte no Carrefour, Bolsonaro diz ser daltônico: ‘Todos têm a mesma cor’


Um dia depois do brutal assassinato de um homem negro em Porto Alegre, o presidente Jair Bolsonaro postou uma série de mensagens no Twitter nas quais nega racismo no Brasil, diz que é “daltônico” por não ver cor de pele e em nenhum momento menciona o caso. Para Bolsonaro, quem prega conflitos e discórdia deve ir para o “lixo”. A manifestação do presidente ocorreu na noite desta sexta-feira, 20, Dia da Consciência Negra, quando ele afirmou que os problemas do País vão além das questões raciais.

“Não nos deixemos ser manipulados por grupos políticos. Como homem e como Presidente, sou daltônico: todos têm a mesma cor. Não existe uma cor de pele melhor do que as outras. Existem homens bons e homens maus. São nossas escolhas e valores que fazem a diferença”, escreveu Bolsonaro. “Aqueles que instigam o povo à discórdia, fabricando e promovendo conflitos, atentam não somente contra a nação, mas contra nossa própria história. Quem prega isso está no lugar errado. Seu lugar é no lixo”. (Correio)

Continue Reading

Brasil

Amapá entra no 19º dia de apagão com expectativa da volta de 100% da energia

Foto : GEA/Divulgação

O Amapá chega hoje (21) ao 19º dia de crise energética em 13 das 16 cidades, entre elas a capital Macapá.

Foi previsto para hoje o retorno de 100% da distribuição de eletricidade para esses municípios, com a ativação de 45 megawatts de energia proveniente de geradores termoelétricos contratados para suprir a necessidade de consumo. 

Também está prevista para a tarde de hoje a primeira visita do presidente Jair Bolsonaro ao estado após os apagões.

O estado viveu dois blecautes totais, um no dia 3, que levou 4 dias para ter o fornecimento retomado mesmo que parcialmente, e outro na última terça (17), que foi ajustado em cerca de 5 horas. Há investigações abertas em órgãos federais e estaduais para explicar as causas.

Leia a matéria original em Metro1

Continue Reading

Brasil

FOTOS: as manifestações pela morte de homem negro em supermercado de Porto Alegre

Foto: RICHARD DUCKER/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Protestos antirracistas foram registrados em Porto Alegre (RS) e em outras capitais brasileiras, nesta sexta-feira (20), após a morte de João Alberto Silveira Freitas. Ele foi espancado e morto por dois homens brancos que faziam a segurança de uma unidade do Carrefour na capital gaúcha. Os suspeitos tiveram prisão preventiva decretada. Laudo inicial aponta que o soldador, de 40 anos, foi morto por asfixia.

Em Porto Alegre, os manifestantes fizeram um ato em frente ao Carrefour onde o homem negro foi assassinado. No Rio de Janeiro e em Brasília, manifestantes entraram em unidades da rede de supermercado. Em São Paulo, houve depredação em uma das lojas. Veja fotos abaixo:

Grupo segura cartazes ‘Vidas Negras Importam’, em Porto Alegre. — Foto: Matheus Beck/G1
Manifestantes se reuniram em frente a loja onde um homem negro foi espancado e morto na véspera do Dia da Consciência Negra (nesta sexta, 20). — Foto: Matheus Beck/G1
Agentes da Brigada Militar do Rio Grande Sul jogam bombas contra manifestantes em Porto Alegre, na noite desta sexta-feira (20). — Foto: REUTERS/Diego Vara
Protesto em Santa Maria — Foto: Oneide Moura
Protesto em Santa Maria — Foto: Mauricio Rebellato/RBS TV
Manifestantes pedem justiça por João Alberto, homem negro espancado até a morte, durante ato no Masp nesta sexta-feira (20). — Foto: REUTERS/Amanda Perobelli
Manifestantes pedem justiça a João Alberto durante ato no Masp nesta sexta-feira (20) — Foto: Divulgação
Vão do MASP – passeata da consciência negra e justiça de João Aberto Silveira Freitas, 40 anos morto por um PM e um segurança do hipermercado Carrefour de Porto Alegre. — Foto: LEO ORESTES/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
Manifestação contra morte de João Alberto, em São Paulo, nesta sexta-feira (20). — Foto: REUTERS/Amanda Perobelli
Manifestação em mercados da rede Carrefour do Rio de Janeiro (RJ), nesta sexta-feira (20), após um homem negro ter sido morto por um segurança da rede em Porto Alegre (RS). — Foto: SAULO ANGELO/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Manifestantes protestam diante do Carrefour na Asa Norte, em Brasília, contra o assassinato de João Alberto Silveira Freitas, um homem negro de 40 anos, que foi espancado até a morte por dois seguranças brancos numa loja da rede em Porto Alegre (RS), nesta sexta- feira, 20 de novembro de 2020. — Foto: GABRIELA BILó/ESTADÃO CONTEÚDO
Protesto acontece em Belo Horizonte após morte de João Beto, em Carrefour no RS. — Foto: Larissa Rabelo / Divulgação

Leia a matéria original em G1

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook