Connect with us

Violência

Jovem é baleada, arrastada pelos cabelos e agredida com tapas por ex-namorado traficante e comparsas

Foto: divulgação/PC-RJ

Uma jovem de 23 anos foi baleada, humilhada e agredida em uma tentativa de feminicídio no último sábado (17/10) em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Civil, a vítima estava indo para um baile funk quando foi cercada pelo ex-namorado, que seria traficante da região, e comparsas.

As investigações apontam que a mulher foi cercada pelo ex e mais dois amigos quando chegava ao evento. Ela tentou fugir, mas foi perseguida pelo grupo, que atirou várias vezes em sua direção, atingido sua perna. Depois, o trio arrastou a mulher pelos cabelos e agrediu-a com diversos tapas. As informações são do jornal Extra.

Messmo com os diversos ferimentos, ela conseguiu descer o morro da Coca Cola e ir a um centro de saúde, onde recebeu atendimento médico. Depois, a vítima foi até à delegacia fazer um registro de ocorrência.

O suspeito de mandar e executar o crime é Elizeu Silveira dos Santos, conhecido como Zeu, apontado como chefe do tráfico de drogas no morro. Os outros dois suspeitos foram identificados como Wagner Thomaz dos Santos, conhecido como Magrão, que é gerente do tráfico no local, e Peterson de Paula Sales Gomes, vulgo Índio. O grupo tem passagens por homicídios, lesão corporal, tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo. 

Todos os três estavam detidos e saíram da cadeia em 2020. A delegada de Arraial do Cabo, Patrícia Aguiar, pediu à Justiça a prisão temporária dos suspeitos.

Leia a matéria original em AratuOn

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Violência

Cruz das Almas: Por ciúmes, homem mata namorado da ex-mulher a golpes de faca


Policias da 27ª CIPM foram acionados na noite desta segunda-feira, 1⁰ de março, depois que um homem de 41 anos deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento, de Cruz das Almas, com ferimentos no tórax provocados por golpes de faca, por volta das 21h.

Socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), a vítima identificada como Natanael Santana dos Santos, morador da Suzana, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo o Forte na Notícia, o caso aconteceu na rua Rio Branco, nas proximidades da Galeria Bonança, centro da cidade. Sob anonimato, fonte ligada a Polícia Civil disse ao Forte na Notícia que o homicídio foi motivado por ciúmes, e que a vítima tinha um caso com a ex-mulher do agressor que não aceitava o fim do relacionamento.

Após o crime, o suspeito fugiu do local em um carro branco e está sendo procurado pela polícia. O corpo deve ser removido para o DPT de SAJ. O caso está sendo investigado pela Delegacia Territorial (DT).

Leia a matéria original em Voz da Bahia

Continue Reading

Violência

Idoso de 80 anos morre após ser empurrado e bater cabeça no chão durante briga de trânsito em Caculé


Um aposentado de 80 anos, identificado como Juracy Teixeira Costa, morreu após bater a cabeça no chão, depois de ser empurrado em uma briga de trânsito na cidade de Caculé, no sudoeste da Bahia. O suspeito foi preso.

De acordo com a Polícia Civil, o idoso estava descarregando um caminhão, na quarta-feira (24), quando um homem de 48 anos chegou em outro veículo e pediu para o aposentado retirar o carro. Os dois discutiram, o idoso foi empurrado, caiu no chão e bateu a cabeça. Ele foi levado para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

O suspeito foi autuado em flagrante por lesão corporal seguida de morte e levado para a sede da 22ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), em Guanambi, cerca de 70 km distante de Caculé, e permanece preso à disposição da Justiça Criminal. (G1)

Continue Reading

Violência

Camaçari: Menina de dois anos morre com tiro na cabeça um dia antes do aniversário


A festa de 3 anos da Isabela Guimarães Santos estava pronta. Todos os detalhes haviam sido pensados pela mãe que pretendia realizar uma festa simples na casa da família, em Águas Claras, Salvador, com a presença de pessoas mais próximas, mas a pequena não teve a chance de soprar a velinha. Ela foi morta no último domingo, 21, com um tiro na cabeça junto com a avó materna, um dia antes do aniversário.

O crime aconteceu na Rua das Almas, bairro dos 46, na residência da avó, Edileuza Cipriano das Neves, de 46 anos, com quem a criança costumava passar os finais de semana. 

De acordo com um tio paterno de Isabela, no dia do crime, um homem, com quem Edileuza teria tido uma discussão, invadiu a casa à procura do desafeto. Ao encontrar as duas em um dos cômodos da residência, ele sacou a arma e disparou em direção a mulher. A criança, que estava ao lado, não teve tempo de correr, foi alvejada e morreu na hora.

“A menina foi passar o final de semana com a avó que se envolveu em uma discussão, não sei se foi uma discussão apenas com ofensas verbais ou com agressões físicas, acabou que o rapaz se ofendeu, entrou na casa, sacou a arma e atirou primeiro na avó, como a menina estava do lado, ele também atirou”, conta o tio. 

No local do crime havia uma quarta pessoa, um vizinho de Edileuza que presenciou o crime e que, também, foi baleado. Ele é o único sobrevivente. Com um ferimento na perna, foi encaminhado e atendido em uma unidade de saúde da cidade. 

O tio de Isabela, diz que a mãe e o pai da criança, seu irmão, estão bastante abalados. Parte da família realizará amanhã um protesto na BR-324, na altura do posto Caramuru. A intenção é chamar atenção das autoridades já que o suspeito do crime ainda não foi preso. (BNews)

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas