Connect with us

Brasil

Testes da CoronaVac chegaram à fase final, anuncia Instituto Butantan


Chegou à fase final o estudo clínico da CoronaVac, a vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com biofarmacêutica Sinovac Life Science. De acordo com informações do governo de São Paulo e do Instituto Butantan, os resultados sairão na primeira semana de dezembro e a previsão é a de que, até janeiro de 2021, 46 milhões de doses estejam disponíveis no Brasil.

Os resultados serão enviados pelo Comitê Internacional independente na primeira semana de dezembro para que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) analise o relatório para verificação da vacina. Os testes no Brasil estão sendo coordenados desde julho pelo Butantan em 16 centros de pesquisa científica espalhados em sete estados brasileiros e no Distrito Federal, com 13 mil voluntários envolvidos. Na última semana, o primeiro lote com 120 mil doses chegou a São Paulo.

Na última terça-feira (17/11), os resultados da fase anterior de estudos clínicos da CoronaVac foram publicados pela revista científica Lancet, uma das mais importantes do mundo. A publicação mostrou que a vacina é segura e tem capacidade de produzir resposta imune no organismo 28 dias após sua aplicação em 97% dos casos.

OUTRAS VACINAS

Nesta segunda, a farmacêutica britânica AstraZeneca anunciou a vacina que o laboratório está desenvolvendo contra o novo coronavírus pode ter 90% de eficácia, sem nenhum efeito colateral grave. Desenvolvida pela Universidade de Oxford, atingiu esse percentual na prevenção da doença quando administrada em meia dose e, pelo menos um mês depois, uma dose integral, de acordo com dados do estudo clínico em estágio avançado realizado no Reino Unido e no Brasil. A farmacêutica terá 200 milhões de doses da vacina até o final deste ano, com 700 milhões de doses prontas globalmente até o fim do primeiro trimestre de 2021.

A americana Pfizer informou na última quarta-feira (18) que os resultados finais do teste de estágio avançado de sua vacina mostram que o imunizante é 95% eficaz, tem todos os dados de segurança exigidos referentes a dois meses e que solicitaria autorização para uso emergencial nos Estados Unidos em alguns dias. Segundo a Pfizer, a eficácia da vacina desenvolvida em parceria com alemã BioNTech foi consistente em dados demográficos de idade e etnia, e que não houve efeitos colaterais importantes.

A concorrente Moderna divulgou na segunda-feira (16) dados preliminares para sua vacina, mostrando eficácia semelhante.

Fonte: AgênciaBrasil.

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Brasil tem 211.646 mortes por Covid-19, diz consórcio de imprensa

Foto : Jefferson Peixoto/Secom

O Brasil contabiliza 211.646 óbitos e 8.579.575 contaminações em decorrência da Covid-19, de acordo com boletim das 13h divulgado hoje (20) pelo consórcio de veículos de imprensa – formado por O Globo, Extra, G1, Folha de S.Paulo, Uol e O Estado de S. Paulo.

Dos estados do país, treze estão com alta nas mortes: MG, RJ, SP, GO, MT, AM, RO, RR, TO, AL, PE, PI e SE. Já os registros na Bahia e outros 8 estados alcançaram estabilidade. Quatro (PR, MS, AC e PB) e o DF apresentam queda no número de óbitos. 

Ontem (19), às 20h, o balanço indicou 211.511 mortes confirmadas, sendo 1.183 em 24 horas. A variação da média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de +33% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta nos óbitos por coronavírus. 

Leia a matéria original em Metro1

Continue Reading

Brasil

INSS: prova de vida de aposentados é suspensa até fevereiro

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que não fizeram a prova de vida entre março de 2020 e fevereiro deste ano não terão seus benefícios bloqueados. A Portaria nº 1.266/2021, publicada nesta quarta-feira (20/1) no Diário Oficial da União, prorroga a interrupção do bloqueio de benefícios para as competências de janeiro e fevereiro, ou seja, para pagamentos até o fim de março.

A prorrogação vale para os beneficiários residentes no Brasil e no exterior. De acordo com a portaria, a rotina e obrigações contratuais estabelecidas entre o INSS e a rede bancária que paga os benefícios permanece e a comprovação da prova de vida deverá ser realizada normalmente pelos bancos.

Realizada todos os anos, a comprovação de vida é exigida para a manutenção do pagamento do benefício. Para isso, o segurado ou algum representante legal ou voluntário deve comparecer à instituição bancária onde saca o benefício. O procedimento, entretanto, deixou de ser exigido em março de 2020, entre as ações para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, e a medida vem sendo prorrogada desde então.

Desde agosto do ano passado, o a prova de vida também pode ser feita por meio do aplicativo Meu INSS ou pelo site do órgão por beneficiários com mais de 80 anos ou com restrições de mobilidade. A comprovação da dificuldade de locomoção exige atestado ou declaração médica. Nesse caso, todos os documentos são anexados e enviados eletronicamente.

Leia a matéria original em AratuOn

Continue Reading

Brasil

Blogueira é intubada com Covid-19 após convocar aglomerações e zombar da doença


A blogueira Ygona Moura esteve entre os assuntos mais comentados das redes sociais após ser internada devido complicações causadas pelo novo coronavírus. Ygona está internada em estado delicado, mas estável num hospital do Rio de Janeiro com covid-19.

“Ela está internada na UTI do Hospital Cidade Tiradentes, entubada em coma inuzido desde ontem por complicações da Covid. Peço a todos os seguidores que orem pela vida da Ygona”, escreveu a mãe da influencer em stories publicados nesta segunda-feira (18).

Viralizou nas redes sociais um vídeo que Ygona, gravado em dezembro de 2020, desdenhando da doença e à procura de festas para ir. “Noite de aglomeração com sucesso. Aglomerei mesmo! Estou caçando um baile. Quero aglomerar de novo”, afirmou Ygona em um local cheio de pessoas.

Leia a matéria original em Varela Notícias

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas