Connect with us

Bahia

Novo comandante, coronel Coutinho, é nomeado pela Polícia Militar da Bahia


O coronel Paulo José Reis de Azevedo Coutinho assumiu o comando da Polícia Militar da Bahia. A solenidade de nomeação foi realizada na manhã de hoje (13), na Vila Policial Militar do Bonfim, comando-geral da Polícia Militar da Bahia, segundo Secretaria de Segurança Pública do estado (SSP-Ba).

Ele ocupa a posição que era do coronel Anselmo Brandão. A cerimônia contou com a presença do governador Rui Costa e do secretário da Segurança Pública, Ricardo César Mandarino Barreto.

“Antes de entrar em uma missão é preciso acreditar, e eu confio na Segurança Pública e no projeto de estado vigente. E foi por nunca deixar de acreditar nos ideais que carrego desde 1986, que farei dessa a missão a mais importante da minha vida”, disse o novo comandate.

O coronel Coutinho está a 34 anos na corporação. Foi o criador do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), liderou o 3º Pelotão da Companhia de Ronda Tática Móvel (Rotamo), o Esquadrão de Motociclistas Águia e o Corpo de Alunos do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cefp) e, por último, comandou o Policiamento Regional da Capital Central.

O oficial já recebeu 19 medalhas e títulos ofertados em diversas instituições de segurança pública do paí ao longo da sua carreira, de acordo com a nota da secretaria. (Metro1)

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amargosa

Butatan deve cancelar acordo de compra de vacinas de Amargosa, Mutuípe e mais de 180 cidades


Após o Ministério da Saúde formalizar  acordo para a compra de 100 milhões de doses da CoronaVac,  o Instituto Butantan deve cancelar os acordos com os 184 municípios que declararam interesse em adquirir o imunizante. Mutuípe, Amargosa, Laje, Cruz das Almas e Vera Cruz na Bahia chegaram a firmar o acordo.

Segundo Dimas Covas, presidente do Instituto Butantan, todas as doses disponíveis serão repassadas à pasta, assim que a Anvisa aprovar o uso emergencial, para que sejam utilizadas no Plano Nacional de Imunização (PNI). O órgão deve analisar neste domingo (17) a autorização do uso emergencial para grupos específicos no país.

“O critério é populacional. Todos os estados vão receber da mesma maneira. O acordo com os municípios era para o caso de o Ministério se recusar a comprar a vacina, mas como firmamos a parceria isso não vai acontecer”, disse Dimas Covas, à CNN .

Leia a matéria original em Mídia Bahia

Continue Reading

Bahia

Governo da Bahia divulga plano de imunização com quatro etapas, confira:


O Governo da Bahia divulgou hoje (15) o plano de vacinação estadual, que prevê a imunização de 5,08 milhões de pessoas até maio. Dividido em quatro fases com duração de um mês cada, o plano segue a prioridade é dos grupos de risco. 

Confira as etapas (veja imagem detalhada no final)

Fase 1: trabalhadores da área de saúde; idosos com mais de 75 anos; brasileiros acima de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência; indígenas e comunidades tradicionais.
Fase 2: idosos de 60 a 74 anos em qualquer situação.
Fase 3: indivíduos com condições de saúde que estão relacionadas a casos mais graves de Covid-19.
Fase 4: professores; profissionais das forças de segurança e salvamento; funcionários do sistema prisional e a população privada de liberdade.

Segundo a Secretaria de Saúde da Bahia, durante a campanha de vacinação, a distribuição das vacinas ocorrerá utilizando 243 veículos entre caminhões e furgões refrigerados, bem como caminhonetes e aeronaves, contemplando as nove macrorregiões de saúde. O tempo de deslocamento será de até 48 horas, após a chegada das vacinas. 

Sobre a infraestrutura, o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, também esclareceu que inicialmente serão distribuídos 30 ultracongeladores que chegam a temperaturas de até -86° C para as vacinas de RNA para as nove macrorregiões de saúde. Cada um tem capacidade de 368 litros.

Leia a matéria original em Metro1

Continue Reading

Bahia

Governo da Bahia prorroga até 30 de janeiro decreto que proíbe shows e aulas

Foto : Paula Fróes/GOVBA

O Governo do Estado decidiu prorrogar o decreto que suspende shows e aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada em toda a Bahia. A determinação será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de amanhã (16) e vale até o dia 30 de janeiro de 2021.

O decreto proíbe ainda a realização de atividades com público superior a 200 pessoas, como passeatas, feiras, circos, eventos científicos, desportivos e religiosos.

Shows e festas, públicas ou privadas, seguem proibidos independentemente do número de participantes.

Cerimônias de casamento e solenidades de formatura podem ser realizadas desde que limitadas a até 200 pessoas.

Leia a matéria original em Metro1

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas