Connect with us

Bahia

Governo da Bahia divulga plano de imunização com quatro etapas, confira:


O Governo da Bahia divulgou hoje (15) o plano de vacinação estadual, que prevê a imunização de 5,08 milhões de pessoas até maio. Dividido em quatro fases com duração de um mês cada, o plano segue a prioridade é dos grupos de risco. 

Confira as etapas (veja imagem detalhada no final)

Fase 1: trabalhadores da área de saúde; idosos com mais de 75 anos; brasileiros acima de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência; indígenas e comunidades tradicionais.
Fase 2: idosos de 60 a 74 anos em qualquer situação.
Fase 3: indivíduos com condições de saúde que estão relacionadas a casos mais graves de Covid-19.
Fase 4: professores; profissionais das forças de segurança e salvamento; funcionários do sistema prisional e a população privada de liberdade.

Segundo a Secretaria de Saúde da Bahia, durante a campanha de vacinação, a distribuição das vacinas ocorrerá utilizando 243 veículos entre caminhões e furgões refrigerados, bem como caminhonetes e aeronaves, contemplando as nove macrorregiões de saúde. O tempo de deslocamento será de até 48 horas, após a chegada das vacinas. 

Sobre a infraestrutura, o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, também esclareceu que inicialmente serão distribuídos 30 ultracongeladores que chegam a temperaturas de até -86° C para as vacinas de RNA para as nove macrorregiões de saúde. Cada um tem capacidade de 368 litros.

Leia a matéria original em Metro1

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bahia

Investigação de paternidade e petição de herança paralisam o inventário de ACM


Está em curso no Judiciário da Bahia, mais especificamente na 14ª Vara de Família de Salvador, uma “ação de investigação de paternidade e petição de herança” que envolve personagens poderosos: ACM, o dono da Bahia por quase quatro décadas; a embaixatriz Lúcia Flecha de Lima, conhecida do grande público como “a melhor amiga da Lady Di”; e o embaixador Paulo Tarso Flecha de Lima, um dos mais influentes quadros do Itamaraty no final do século passado, hoje muito adoentado. 

No processo, aberto em 2019 e correndo em segredo de Justiça, Luiz Antônio Flecha de Lima, o Tota, pede a suspensão do inventário de ACM, que morreu em 2007.

Os advogados relatam que sua mãe, Lúcia, “teve um relacionamento afetivo” com ACM em 1974.

O resultado da relação foi o nascimento de Tota no ano seguinte: “como Lúcia era casada com Paulo Tarso”, o menino foi registrado “como filho do casal”. Lúcia morreu há quatro anos.

De acordo com os advogados, “é certo que ACM sempre teve conhecimento da sua paternidade, pois sempre dedicava carinho e atenção” a ele desde a sua infância.

A ação relata que em junho de 2007, um mês antes de morrer, ACM, então hospitalizado, revelou a Tota que era o seu pai biológico.

Já Lúcia “evitava tratar do assunto com o filho, mesmo após a morte” do ex-ministro. Mas em 2017, já com problemas de saúde e “como uma de suas últimas vontades” antes de morrer, admitiu a Tota que ele era filho do ex-governador baiano.

Em junho passado, Antônio Carlos Magalhães Júnior, primogênito de ACM e inventariante do espólio, concordou em fazer o exame de DNA pedido por Tota.

A pandemia, no entanto, travou o teste fundamental para a conclusão da ação. A previsão é que a coleta do material genético seja feita apenas após a vacinação contra a Covid ter sido concluída no país. 

Finalmente, os advogados pedem ainda que, se “a paternidade post mortem de ACM” for declarada, na certidão de nascimento de Tota seja mantido também o “nome do seu pai constante no atual registro, Paulo Tarso Flecha de Lima, haja vista a relação paternal que também os une”.

Fonte: OGlobo.

Continue Reading

Bahia

Medidas restritivas são prorrogadas até o dia 15 de março em Salvador e RMS


A prefeitura de Salvador anunciou na tarde de hoje (6) que as atividades não essenciais da capital baiana e região metropolitava serão suspensas até o dia 15 de março, em decorrência do aumento no número de casos da Covid-19. A decisão foi tomada neste sábado pelo prefeito Bruno Reis, pelo governador Rui Costa e demais gestores da RMS.

No encontro virtual, os gestores trataram dos protocolos para o retorno das atividades econômicas de forma escalonada, mas os detalhes só serão discutidos em um próximo encontro, previsto para a próxima terça-feira (9).

Com a decisão, fica vedada a prática de quaisquer atividades esportivas coletivas amadoras durante o período, sendo permitidas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações. Além disso, deverão ser suspensos eventos e atividades, independentemente do número de participantes e ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas. Fonte: Metro1

Continue Reading

Bahia

Bahia registra 4.525 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h; em 1 ano de pandemia, estado soma 710.900 infectados


A Bahia registrou 4.525 novos casos de Covid-19, nas últimas 24h, de acordo com boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), neste sábado (6), um ano após o aparecimento do primeiro caso da doença no estado. Com isso, o estado soma, desde o início da pandemia, 710.900 pessoas infectadas.

Ainda segundo o boletim, são 21.916 casos da doença estão ativos no estado. Gonte G1

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas