Connect with us

Cidades

Adolescente tenta atravessar represa a nado e morre após se afogar em Itabuna


Um adolescente de 17 anos identificado como Édrio Guilherme Oliveira de Santana morreu após se afogar em uma represa no bairro Morumbi, em Itabuna, no sul da Bahia, na tarde de domingo (21).

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, ele estava com outros dois amigos na represa, e decidiram sair de uma margem à outra a nado. Os dois amigos conseguiram atravessar a represa, mas Édrio se afogou.

Uma equipe de mergulhadores foi acionada e localizou o corpo no fundo da represa, cerca de uma hora depois do acidente. (Voz da Bahia)

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Mulher é executada a tiros no município de Santo Estêvão; vítima conduzia motocicleta

Foto: Berimbau Notícias

Uma mulher, de 29 anos, identificada como Cássia Araújo de Oliveira, foi assassinada a tiros, na tarde desta quinta-feira (25/2) no município de Santo Estêvão, a 155 km de Salvador. O crime aconteceu no Conjunto Lagoinha, que fica no bairro São Roque.

Segundo informações da polícia, a vítima conduzia uma motocicleta, Honda de cor vermelha (Placa de Feira de Santana), quando foi atingida pelos disparos. Ela morava no mesmo conjunto onde o crime aconteceu.

O autor do assassinato e a motivação do crime ainda são desconhecidos. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. (AratuOn)

Continue Reading

Cidades

Araci: homem é preso acusado de estupro de vulnerável


Um homem, de 46 anos, acusado de estupro de vulnerável foi preso nesta quarta-feira, 24, no bairro Tiracolo, em Araci, a 211 km de Salvador. O crime ocorreu em 2015, em Suzano (SP) e já existia um mandado de prisão preventiva aberto contra ele, expedido pela Vara de Violência Doméstica e Familiar de Suzano.

Segundo as investigações, ele é acusado de estuprar a enteada de 8 anos e fugir  e, em seguida, fugir de São Paulo para Araci. Ao ser localizado no bairro do município baiano, ele foi imediatamente capturado.

Agora, o acusado segue à disposição da Justiça. (A Tarde)

Continue Reading

Cidades

Grupo protesta após vizinho invadir casa e matar avó e neta, de apenas dois anos, em Camaçari


Parentes, amigos e vizinhos das vítimas de um duplo homicídio ocorrido no domingo (21/2) se reuniram na BR-324, na altura do posto Caramuru, na manhã desta quinta-feira (25/2), para pedir por justiça. Com fotos e cartazes nas mãos, o grupo quer a colaboração da população para denunciar o paradeiro do suposto assassino.

Segundo o desabafo da filha e mãe das vítimas, o crime foi motivado por uma briga de crianças. Ingrid das Neves Guimarães contou em entrevista exclusiva à repórter da TV Aratu, Driele Veiga, que o autor dos disparos seria um vizinho que invadiu a casa onde elas dormiam após a mãe dela, identificada como Edileusa Cipriano das Neves, 46 anos, repreender o filho do suspeito. O menino, de quatro anos, teria agredido a pequena Isabela Guimarães Santos, de dois anos, durante uma brincadeira na tarde do sábado (20/2).

Na madrugada de domingo, o rapaz, que não teve a identidade divulgada, foi até a residência, localizada na Rua das Almas, Bairro dos 46, no município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, para tirar satisfação acerca do desentendimento envolvendo o filho dele. O suspeito sacou uma arma e disparou contra Isabela. Edileusa ainda tentou proteger a neta, mas também foi alvejada e morta.

A tragédia aconteceu um dia antes do aniversário de três anos da criança. A mãe da menina conta, ainda, que a festa estava quase pronta. Todos os detalhes já haviam sido pensados para uma celebração simples na casa da família, em Salvador, com a presença de pessoas mais próximas. 

Conforme a Polícia Militar, equipes do 12° Batalhão (BPM/Camaçari) foram acionadas para prestar apoio aos socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que se encontrava em deslocamento para atender a três vítimas de disparos de arma de fogo.

No local, as equipes encontraram Isabela e Edileusa  já mortas. Um homem, que não teve a identidade divulgada, foi atingido no pé esquerdo e socorrido para o Hospital Geral de Camaçari pela guarnição. O estado de saúde dele não foi informado.

O sobrevivente relatou que, antes do atentado, houve uma discussão com um vizinho e pouco depois o mesmo homem entrou na sua casa e efetuou os disparos. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios de Camaçari. (AratuOn)

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas