Connect with us

Mundo

Vacinado com a Sputnik V, presidente da Argentina testa positivo para a Covid-19

Crédito da Foto: reprodução/wikipedia commons

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, de 62 anos, usou seu perfil no Twitter para informar que testou positivo para a Covid-19. A informação foi compartilhada na madrugada deste sábado (3/4).

No tuíte, ele afirmou que fez um teste rápido após apresentar febre de 37º e uma leve dor de cabeça. O líder argentino, então, também fez o exame RT-PCR, que tem um nível de confiança maior, e aguarda o resultado.

Fernández também informou que está cumprindo o isolamento social e que já avisou sobre o diagnóstico a pessoas com quem teve contato nas últimas 48 horas. Ele disse, ainda, que está se sentindo bem fisicamente

SPUTNIK V

Alberto Fernández foi vacinada contra a Covid-19 com a primeira dose da vacina Sputnik V no dia 21 de janeiro. Três semanas depois, ele tomou também a segunda dose, conforme informaram fontes da presidência da Argentina ao jornal “Clarín”.

No Twitter, o Instituto Gamaleya, que desenvolveu a vacina russa Sputnik V, respondeu aos comentários feitos pelo presidente argentino. “Estamos tristes em ouvir isso. #SputnikV é 91,6% eficaz contra infecções e 100% eficaz contra casos graves. Se a infecção for realmente confirmada e ocorrer, a vacinação garante uma recuperação rápida sem sintomas graves. Desejamos a você uma recuperação rápida!”, diz a mensagem.

Leia a matéria original em Aratu On.

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Biden decreta que todos os americanos a partir de 16 anos já podem se vacinar a partir desta segunda

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, publicou uma mensagem em seu Twitter avisando que, a partir desta segunda-feira (19/4), todos os americanos já podem solicitar sua dose da vacina no posto de saúde mais próximo. Como os testes com crianças e adolescentes ainda não terminaram, a medida é valida para aqueles maiores de 16 anos.

“A partir de hoje, todo americano pode receber a vacina contra a Covid-19. Pra você, seus vizinhos e sua família – por favor, vá se vacinar”, escreveu ele, em inglês. Depois, ele ratificou: “Todos acima de 16 anos estão aptos para se vacinar hoje. Vão lá pegá-las, amigos!”

As of today, every American is eligible to receive the COVID-19 vaccine. For yourself, your neighbors, and your family — please, get your vaccine.

Leia a matéria original em AratuOn

Continue Reading

Mundo

Mundo chega a 3 milhões de mortes por Covid-19

Desde o início da pandemia até hoje (17), o mundo registrou 3 milhões de mortes causadas pela Covid-19. Os dados são do “Our World in Data”, projeto ligado à Universidade de Oxford, e da Universidade Johns Hopkins.

A primeira morte causada pelo novo coronavírus foi registrada oficialmente no dia 9 de janeiro de 2020 em Wuhan, na China.

Com 5,5% da população mundial, a América do Sul concentra cerca de um terço das novas vítimas do novo coronavírus do planeta. O Brasil é responsável por cerca de um quarto de todas as novas mortes. Fonte: Metro1

Continue Reading

Mundo

Ataque a tiros deixa ao menos 8 mortos em empresa de entrega nos EUA

(Imagem: Reprodução/CNN Brasil)

Um ataque a tiros na madrugada desta sexta-feira (16) deixou ao menos oito pessoas mortas em um escritório da FedEx – empresa americana de entregas – em Indianápolis, nos Estados Unidos. Vários feridos foram levados para hospitais da região. O porta-voz da polícia disse que o atirador se matou. A motivação do ataque e a identidade do atirador ainda estão sob investigação. As informações são da CNN Brasil.

Dois funcionários do prédio disseram à afiliada da CNN WISH-TV que ouviram até dez tiros.

A princípio, Jeremiah Miller e Timothy Boillat pensaram que o som era de um carro. Em seguida, depois de ouvir mais, Miller se levantou e viu um homem com uma arma.

“Depois de ouvir o tiroteio, vi um corpo no chão atrás de um veículo”, disse Boillat. Eles deixaram o prédio e viram cerca de 30 carros da polícia, disse Boillat.

“Agradeço a Deus por estar aqui porque pensei que levaria um tiro”, declarou Miller.

Em um comunicado, a FedEx disse estar ciente do “trágico tiroteio” nas instalações de Indianápolis. “A segurança é nossa maior prioridade e nossos pensamentos estão com todos aqueles que foram afetados. Estamos trabalhando para reunir mais informações e cooperando com as autoridades investigadoras”, disse o porta-voz da empresa Jim Masilak, por e-mail, à CNN.

O atque ocorreu em uma área próxims ao Aeroporto Internacional de Indianápolis. A principal rodovia próxima da empresa, a I-70, chegou a ser fechada nas duas direções, mas o fluxo já foi liberado.

Leia a matéria original em Bahia.Ba

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas