Connect with us

Mundo

Por falta de oxigênio, mulher tenta manter mãe infectada com a Covid-19 viva com respiração boca a boca e vídeo viraliza

foto:arquivo/Mateus Pereira/GOVBA

Beirando os 20 milhões de casos confirmados da Covid-19, a Índia vive um dos momentos mais críticos da segunda onda da pandemia. No domingo (2/5), o Hospital Distrital de Bahraich, cidade próxima à fronteira do país com o Nepal, acabou protagonizando uma das cenas mais comoventes registradas neste período.

Uma mulher, que não teve a identificada, tentou manter a mãe viva por meio de respiração boca a boca ao presenciar o sofrimento da genitora para respirar. A paciente estava com a dificuldade de respiratória decorrente do agravamento da doença e no local faltavam suprimentos para realizar o atendimento.

Assim como outras unidades de saúde da região, o hospital foi afetado pelo desabastecimento de oxigênio. Por meio de vídeo, que viralizou nas redes sociais nesta segunda, a filha da vítima é flagrada fazendo a respiração enquanto a mãe aparece deitada na maca da unidade hospitalar.

Segundo informações do site “India.com”, as tentativas da filha não obtiveram sucesso e a mãe morreu. Nesta segunda-feira (3/5), a Índia relatou mais de 300 mil novos casos de coronavírus. Com isso, o número total de casos da doença subiu para 20 milhões, enquanto as mortes por Covid-19 aumentaram em 3.417, totalizando 218.959.

Pelo menos 11 estados e territórios da união impuseram restrições ao movimento de pessoas, para tentar conter as infecções. Entretanto, o governo do primeiro-ministro Narendra Modi reluta em anunciar um bloqueio nacional, preocupado com o impacto econômico.

Leia a matéria original em AratuOn

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Vídeo: varanda de prédio cai com 15 pessoas; ao menos duas se feriram gravemente

Um grupo de 15 pessoas que se divertia na varanda de um apartamento à beira-mar em Malibu, nos Estados Unidos, acabou caindo junto com a estrutura. Um vídeo que viralizou nas redes sociais mostra o momento em que o espaço colapsa e as pessoas caem na areia e na água. 

Apesar da pouca altura, de acordo com o New York Post, pelo menos 12 pessoas ficaram feriadas, duas delas forma grave. Testemunhas relataram que estava sendo comemorada uma festa de aniversário no local no momento do incidente, ocorrido no sábado (8/5).

A dona da casa contou à rede de televisão CBS que a propriedade estava alugada para apenas seis pessoas, mas descobriu por meio de vizinhos que pelo menos 30 pessoas estavam no local. Das 15 que estavam na varanda, nove chegaram a ser examinadas pelo serviço de saúde, com quatro sendo transferidas para o hospital, além das duas em estado grave. 

ASSISTA

Leia a matéria original em AratuOn

Continue Reading

Mundo

Pelo menos de 58 pessoas morreram em atentado em escola em Cabul

O Ministério do Interior do Afeganistão informou que pelo menos 58 pessoas morreram em um atentado com bombas feito na noite de sábado (8/5) junto de uma escola em Cabul. Mais de 100 pessoas ficaram feridas nas explosões.

Segundo a pasta, primeiro houve a explosão de um carro na porta da escola, depois a detonação de duas outras bombas quando as estudantes fugiam, em pânico, do edifício.

Nenhum grupo reivindicou a autoria do atentado, mas o presidente do Afeganistão atribuiu a responsabilidade aos talibã, que negam qualquer envolvimento. As autoridades locais disseram que a maioria dos mortos eram estudantes. Algumas famílias ainda procuravam em hospitais por seus filhos.

Neste domingo (9/5), o Papa Francisco classificou o ataque como um “ato desumano” em declarações aos peregrinos na Praça de São Pedro, na Cidade do Vaticano.

Leia a matéria original em AratuOn

Continue Reading

Mundo

Mulher que achava estar grávida de 7 dá à luz 9 bebês; recorde mundial de múltiplos nascimentos

Uma mulher que achava estar grávida de sete bebês descobriu, no momento do parto – nesta quarta-feira (5/5), que na verdade daria à luz nove filhos.

De acordo com reportagem do Daily Mail, Arby Halima Cissé pode ter quebrado o recorde mundial de múltiplos nascimentos, depois que os exames de ultrassom deixaram passar dois bebês.

Durante a gestação, a mãe precisou ser transferida de Mali (seu país natal) para Marrocos, para garantir um parto mais seguro para ela e os bebês – mesmo quando acreditava-se se tratar de uma gestação de sete crianças.

Após passar por uma cesariana, Arby e seus nove recém-nascidos (cinco meninas e quatro meninos) passam bem e devem voltar para casa dentro de algumas semanas, ainda segundo o Daily Mail.

Antes do parto, os médicos teriam dito para a mãe que havia menos de 50% de chance de que um único bebê sobrevivesse, informou o site de notícias local Mali 24.

Não há informações esclarecendo se a gravidez foi natural ou fruto de um tratamento de fertilização, que é uma das causas mais comuns de nascimentos múltiplos. O tempo de gestação no momento do parto e o peso com que nasceram os bebês também não foram divulgados.

Leia a matéria original em AratuOn

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas