Connect with us

Saúde

Bebê nasce com anticorpos mesmo sem mãe ter sido vacinada contra covid-19

Causada pelo coronavírus, mesmo sem que sua mãe Glece Quelle Brito, 25 anos, tenha sido vacinada contra o vírus. A informação foi revelada pelo jornal Correio. 

Gleice que é auxiliar de farmácia de UTI em um hospital de Vitória da Conquista e pegou covid-19 dois meses antes do nascimento do filho.

“No fim da gestação, eu fiz esse exame de anticorpos total e vi que tava com imunidade ainda, o que dava indício de que passaria o anticorpo para ele. Depois, fizemos nele e também deu positivo para o IgG contra a covid”, afirmou Gleice ao jornal. 

Matheus Todt, infectologista da S.O.S Vida, afirmou que o comum é que a imunidade permaneça por menos tempo, mas que isso não impossibilita situações em que o anticorpo seja produzido e permaneça por até 12 meses.

“O IgG é a linhagem de anticorpo mais tardia e que, no caso da covid-19, pode durar até um ano no organismo. Caso a mãe tenha tido contato com o vírus e desenvolvido esse anticorpo, o IgG pode passar pela barreira da placenta e chegar na criança porque, nesse caso, está dentro do tempo que se imagina que ele pode permanecer lá. Então, é possível sim”, explicou Todt. Fonte: Bnews

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Vacinas Janssen devem ser usadas nas capitais, diz Ministério

O lote de 3 milhões de vacinas Janssen que deve chegar ao Brasil nesta terça-feira (15) deverá ser utilizado apenas nas capitais do país. Foi o que recomendou o Ministério da Saúde. A informação foi divulgada em coletiva de imprensa realizada na última semana. 

A recomendação ocorreu já que os imunizantes chegarão com data de validade 27 de junho e terão que ser aplicados em pouco tempo. Por conta do curto prazo, o acordo brasileiro com a farmacêutica responsável pela vacina vai receber um desconto de 480 milhões de reais. O valor corresponde a 25% do valor total orçado para a compra de 38 milhões de unidades acordadas. 

Para mudar o cenário futuro, na última sexta-feira (11), o laboratório protocolou junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pedido para aumentar o prazo de validade do fármaco, passando-o de 3 para 4 meses e meio. A mesma flexibilização já foi autorizada pela agência reguladora americana também na sexta.  O uso emergencial dessa vacina aos brasileiros está liberado desde março.  Fonte: Metro1

Continue Reading

Saúde

Pessoas com mais de 18 anos serão vacinadas até dezembro, afirma Queiroga

Todos os brasileiros com mais de 18 anos deverão estar vacinados contra a covid-19 até o fim do ano, segundo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Ele participou, neste sábado, 12, de evento médico sobre o Dia de Conscientização da Cardiopatia Congênita, e reforçou aos profissionais o que já havia adiantado durante sessão no Senado no último dia 8.

“Este ano, a despeito das condições ainda complexas na assistência à saúde, o Ministério da Saúde já contratou 600 milhões de doses de vacina, de tal maneira que a população acima de 18 anos será vacinada até o fim do ano. Isto eu posso assegurar. Somente em junho, nós vamos distribuir mais de 40 milhões de doses de vacina. Nós estamos antecipando doses”, disse Queiroga, que participou do evento por videoconferência.

O ministro da Saúde lembrou também que o acordo de transferência de tecnologia da AstraZeneca para a Fiocruz já foi firmado, o que permitirá, em breve, vacinas produzidas a partir do ingrediente farmacêutico ativo (IFA) nacional.

“Nós já temos 200 milhões de doses da Pfizer contratadas e 100 milhões dessas doses estarão disponíveis até setembro. Outros 100 milhões de doses estarão disponíveis até dezembro. E avança o contrato para mais 100 milhões de doses da [vacina da empresa] Moderna. Então, isso é a certeza que nós vamos vacinar a nossa população e por fim ao caráter pandêmico dessa doença”, finalizou Queiroga. Fonte A Tarde

Continue Reading

Saúde

EUA autorizam envio de 3 milhões de doses da vacina da Janssen ao Brasil

A agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos, FDA, aprovou neste sábado (12) o envio de 3 milhões de doses da vacina da Janssen ao Brasil. A previsão é a de que os imunizantes cheguem nesta terça-feira (15) na Grande São Paulo. As informações são do G1.

Nesta quinta-feira (10) a Johnson & Johnson anunciou que a agência reguladora dos Estados Unidos aumentou de três para quatro meses e meio o prazo de validade da vacina contra Covid-19 da Janssen -os imunizantes vencem no dia 27 de junho. A Anvisa, entretanto, ainda precisa autorizar a prorrogação do prazo.

Confira o que já se sabe sobre o imunizante da Janssen e o acordo feito com o Brasil:

  • O acordo entre a farmacêutica e o governo é de um total de 38 milhões de doses a serem entregues no segundo semestre
  • Por causa da validade curta do lote de 3 milhões, o Ministério aconselha que os estados apliquem as vacinas do lote antecipado somente nas capitais e de maneira rápida
  • O carregamento deverá chegar pelo aeroporto internacional de Guarulhos, em São Paulo.

Fonte: Metro1

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas