Connect with us

Tecnologia

Casa Branca e importantes veículos de comunicação saem do ar em todo o mundo em um apagão digital nesta terça

Sites de importantes veículos de comunicação saíram do ar durante a manhã desta terça-feira (8/6) em todo o mundo. Os jornais The New York Times, Le Monde, The Guardian, Financial Times e CNN estavam fora do ar com acesso intermitente por volta das 7h30 (horário de Brasília).

Ao se tentar acessar as páginas desses veículos de comunicação, os leitores recebiam mensagens que indicavam que o serviço não estava disponível, ou que havia erro de conexão. As mensagens mais comuns eram “Error 503 Service Unavailable” e “connection failure”. Páginas de instituições federais como a da Casa Branca e do governo britânico também enfrentaram dificuldades para funcionar.

O site especializado na detecção de falhas deste tipo, o Down Detector, aponta para uma falha no provedor de serviços de computação na nuvem Fastly, baseado nos Estados Unidos. Em nota, a Fastly informou que “o problema de disfunção global CDN foi identificado e uma correção está sendo implementada”.

No Twitter, o jornal britânico The Guardian afirmou que o aplicativo e o site do veículo estão sendo afetados por uma grande interrupção da internet e estarão de volta o mais rápido possível. Algumas páginas como as da BBC, Washington Post, El País e da Al Jazeera seguem funcionando normalmente.

Leia a matéria original em AratuOn

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

WhatsApp permite acelerar aquele áudio gigante do seu amigo; veja como usar nova função

Foto:ilustrativa/Pexels

Se você não gosta de gente que se empolga e manda áudio de dois minutos no WhatsApp, seus problemas acabaram. Alguns usuários do Twitter informaram nesta quinta-feira (20/5) que já foram agraciados com a nova mudança do aplicativo de conversa, que permite acelerar os áudios.

Na versão que muitos usuários brasileiros estão encontrando nesta semana, é possível ajustar a velocidade para 1x, 1,5x e 2x. Segundo o Estadão, essa opção já está disponível na versão web e no aplicativo para iOS, da Apple, além de já ter sido liberada desde o início do mês para algumas contas da versão beta do app. Usuários de Android terão que aguardar mais algumas semanas, informou o WhatsApp.

A inclusão no aplicativo foi discreta, sem nenhum anúncio da empresa, diferente do que aconteceu com outras funcionalidades. Para mudar a velocidade, basta clicar no ícone de reprodução do áudio e um botão vai aparecer no lugar da foto do contato, indicando o modo de aceleração. Para trocar, basta clicar nesse ícone para alterar a reprodução.

Leia a matéria original em AratuOn

Continue Reading

Tecnologia

LG anuncia fim da fabricação de celulares

Foto: Divulgação

A LG anunciou nesta segunda-feira (5) que vai deixar de vez a fabricação de celulares. A empresa já vinha dando sinais de que abandonaria o ramo dede o ano passado, segundo a coluna Radar da Veja. A gigante sul-coreana alegou sucessivos prejuízos na área.

“Desde o segundo semestre de 2015, o nosso negócio global de celulares tem sofrido uma perda operacional por 23 trimestres consecutivos, resultando em um acumulado de aproximadamente 4,1 bilhões de dólares (US) [em perdas] até o final de 2020”, informou a LG em nota.

De acordo com o G1, a fábrica da multinacional em Taubaté, no interior de São Paulo, pode ser afetada pela decisão. Ela é a única da companhia no país voltada para a produção de smartphones. A unidade, que também produz monitores, tem cerca de 1 mil funcionários. Desse total, 400 estão alocados na área celulares.

Leia a matéria original em Bahia.ba .

Continue Reading

Tecnologia

Pagamento por WhatsApp será aprovado em breve, diz presidente do BC

O serviço de pagamentos por meio do aplicativo de WhatsApp deverá ser autorizado em breve. A análise estava aguardando parecer do Banco Central (BC), e segundo o presidente do órgão, Roberto Campos Neto, nesta terça-feira (30), o serviço deverá ser autorizado como uma ferramenta de “inovação financeira”, ao juntar “mensagens, conteúdo e meios de pagamentos”.

“Se eu tenho isso, o WhatsApp vai ser aprovado em breve para fazer pagamentos no Brasil. Vejo um casamento entre mídia social e o mundo de finanças, os controladores têm de entender como regular, enfrentar e o que significa para competição na sociedade”, disse Campos Neto em evento virtual promovido por um banco de acordo com a Agência Brasil. 

Em junho do ano passado, o BC suspendeu o teste que o Facebook, empresa dona do WhatsApp, tinha começado a fazer no Brasil. Em parceria com as operadoras Visa e Mastercard, pessoas físicas e empresas poderiam usar a função pagamento dentro do aplicativo para transferirem dinheiro e fazerem pagamentos dentro do país e em reais. O BC, na época, interrompeu o serviço para verificar os riscos da nova tecnologia.

Leia a matéria original em Bahia Notícias

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas