Connect with us

Cidades

Posto bancário é explodido em Barra de Pojuca nesta quinta

Um posto do Bradesco foi explodido por um grupo armado na madrugada desta quinta-feira (10), no distrito de Barra de Pojuca, em Camaçari. O crime aconteceu na Rua Filogônio Gomes de Oliveira.

Segundo o G1, informações da Polícia Militar apontam que os criminosos utilizaram explosivos e dispararam tiros contra o posto. A unidade bancária teve sua área interna parcialmente destruída.

Agentes da 59ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) foram acionados para acompanhar a ocorrência, mas a corporação ainda não confirma se houve feridos ou presos no crime. Também não foi divulgado se os criminosos conseguiram levar dinheiro. Com mais esse caso, a Bahia atingiu a marca de 30 ataques a instituições bancárias só em 2021, segundo dados do Sindicato dos Bancários.

Leia a matéria original em Bahia Notícias

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Irmãos gêmeos denunciados por abusarem sexualmente de uma adolescente de 12 anos são presos em Coaraci

Foto: reprodução/Pimenta blog

Os irmãos gêmeos Alex Cunha dos Santos e Alan Cunha dos Santos foram presos nesta sexta-feira (11/6), no município baiano de Coaraci, por estupro de vulnerável. A vítima, de apenas 12 anos, foi abusada sexualmente pelos irmãos no último dia 9 de maio, em uma região próxima à rodoviária da cidade.

A captura ocorreu após a Justiça acatar o pedido do Ministério Público da Bahia (MP-BA). Os mandados de prisão preventiva foram expedidos pela Justiça nesta última quinta (10) e cumpridos na manhã de hoje, por equipes do MP e policiais militares e civis.

Na decisão, o juiz Pedro Andrade Santos concordou com o MP de que a prisão preventiva seria necessária para assegurar a manutenção da ordem pública, conveniência da instrução criminal e a aplicação da lei penal.

Além dos gêmeos, Everton Santos Silva também foi denunciado pelo MP, pelo mesmo crime. Ele, no entanto, ainda não foi localizado.

Leia a matéria original em AratuOn

Continue Reading

Cidades

Homem é preso por estuprar e engravidar a enteada de 15 anos em Ruy Barbosa

Um homem de 43 anos foi preso na cidade de Ruy Barbosa, a 318 Km de Salvador, suspeito de estuprar a enteada de 15 anos. Policiais civis da delegacia local cumpriram o mandado de prisão preventiva contra ele na manhã de quinta-feira (10), mas a polícia só divulgou a prisão nesta sexta-feira. 

A vítima está grávida de sete meses e relatou sofrer abusos há dois anos. A prisão ocorreu no Povoado do Amparo, onde o suspeito morava com a companheira e a vítima. Ele deve ser encaminhado para o sistema prisional.
 
Segundo a assessoria da Polícia Civil, durante as investigações, as equipes constataram que a garota também era ameaçada e agredida pelo padrasto. Ela está sendo acompanhada pelos órgãos da rede de assistência às crianças e adolescentes vítimas de violência sexual.

Leia a matéria original em Metro1

Continue Reading

Cidades

Operação Estertor: Prefeito de Candeias é detido por posse ilegal de arma

Durante a Opereção Estertor, deflagrada pela Polícia Federal na manhã desta sexta-feira em vários municípios da Bahia, o prefeito de Candeias, Dr. Pitagóras (PP), foi detido por posse de ilegal de arma.

Ao bahia.ba, a assessoria de comunicação da cidade informou que foram encontradas duas armas na residência do gestor. Ainda de acordo com a assessoria, a detenção foi por conta de uma espingarda de colecionador que não tem registro porque era herança de família. Pitagóras vai pegar fiança para ser liberado. Também foi encontrada uma pistola que está legalizada.

Agentes da PF e Controladoria Geral da União (CGU) cumpriram mandado de busca e apreensão na caso do prefeito e na sede da Secretaria Municipal de Saúde. A ação busca apurar denúncia sobre compra de respiradores e máscaras feitas em abril de 2020.

Além de Candeias, a operação cumpriu mandados em São Sebastião do Passé, Lauro de Freitas, São Paulo e Espírito Santo do Pinhal (SP). De acordo com a PF, cada ventilador custou aos cofres municipais R$ 175 mil, totalizando vultosos R$ 1.4 milhão, o que aponta para um superfaturamento de mais de R$ 100 mil por equipamento.

Os investigados responderão pelos crimes de fraude à licitação e peculato (artigos 89 e 96, incs. I e V da Lei 8.666/93 e art. 312 do Código Penal).

Leia a matéria original em Bahia.Ba

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas