Connect with us

Política

Ministro do STF determina que a PF retome investigações sobre suposta interferência de Bolsonaro no órgão

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que a Polícia Federal (PF) retome as atividades sobre a suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no órgão. O inquérito foi aberto em abril do ano passado, a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), após declarações feitas pelo ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Na decisão, Moraes determina a prorrogação da investigação por 90 dias, contando a partir do último 27 de julho. Conforme informações do portal Uol, ele argumentou que não há motivo para suspender a tramitação, anteriormente definida pelo então ministro do STF, Marco Aurélio Mello, aposentado no início deste mês.

As investigações sobre a suposta interferência de Bolsonaro na PF foram interrompidas, enquanto o STF decidia sobre a obrigatoriedade e formato do depoimento do presidente, por escrito ou presencial. Na decisão, Moraes destacou que há diligências pendentes e que podem ser cumpridas, independentemente da definição de depoimento. A conclusão está prevista para 29 de setembro. Fonte: AratuOn

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Datafolha: Lula tem 58% contra 31% de Bolsonaro no 2º turno

O presidenciável Luís Inácio Lula da Silva (PT) mantém confortável vantagem sobre Jair Bolsonaro (sem partido) e outros eventuais adversários na preferência do eleitorado na disputa pelo Palácio do Palnalto em 2022, segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira  (17).

De acordo com o levantamento, em simulação estimulada no primeiro turno, o petista lidera as intenções de voto com 42%, seguido de Bolsonaro (24%), Ciro Gomes (PDT) (10%), João Doria (PSDB) (5%), José Luiz Datena (PSL) (4%), Simone Tebet (MDB) (4%), Aldo Rebelo (sem partido) (1%) e Rodrigo Pacheco (DEM) (1%). Já no segundo turno, o ex-presidente venceria Bolsonaro por 56% a 31%, Doria por 55% a 23% e Ciro por 51% a 29%.

A mais recente pesquisa Datafolha foi feita de forma presencial nos dias 13 a 15 de setembro, na qual foram ouvidos 3.667 eleitores em 190 cidades. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos. BahiaNotícais.

Continue Reading

Política

Lula quer dona do Magazine Luíza como sua vice-presidente em 2022

O ex-presidente Lula quer Luiza Trajano como sua vice na campanha presidencial de 2022. Segundo o jornalista Ricardo Noblat, Lula deseja repetir o feito nas campanhas de 2002 e 2006, quando foi José Alencar Gomes da Silva, dono da Companhia de Tecidos Norte de Minas, empresa do ramo têxtil, empresário tão bem-sucedido à época como Luiza Helena é agora.

Luíza foi eleita pela revista americana Time uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. É a única brasileira na lista de 2021, divulgada ontem. Em 2020, a seleção da revista trazia dois brasileiros: Bolsonaro e o influenciador digital Felipe Neto.

O texto sobre a empresária publicado pela Time foi assinado por Lula. “Em um mundo corporativo ainda dominado por homens, Luiza Trajano conseguiu transformar o Magazine Luiza em um gigante do varejo”, escreveu o ex-presidente.

Há pouco mais de um mês, em live com um grupo de políticos de todos os matizes, Luiza Helena, quando perguntada, disse que jamais aceitará concorrer a eleições, nem como candidata a presidente, muito menos a vice.

*Informações Blog do Noblat

Continue Reading

Política

CPI da Covid aprova convocação de Ana Cristina Valle, ex-mulher de Bolsonaro

A CPI da Covid-19 aprovou, na tarde desta quarta-feira (15), a convocação da ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Ana Cristina Siqueira Valle, após avaliar que há indícios de que ela atuou para fazer indicações para fazer indicações para cargos no governo federal, a pedido do empresário Marconny Albernaz Ribeiro de Faria, da Precisa Medicamentos.

A convocação, requerida pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), foi aprovada durante depoimento na CPI de Marconny de Faria, amigo de Cristina e de Jair Renan Bolsonaro, filho “04” do presidente. O empresário é apontado pelos parlamentares de oposição como lobista da Precisa.

“O senhor Marconny Faria atuou como lobista da empresa Precisa Medicamentos, investigada pela CPI da Pandemia em razão de irregularidades na negociação de compra da vacina Covaxin, de modo que a sua relação próxima com a ex-esposa do senhor Jair Bolsonaro deve ser amplamente esclarecida, com vistas a examinar potencial atuação ilícita de ambos no contexto da pandemia”, justificou Alessandro Vieira. Fonte: Bahia Notícias

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas