Connect with us

Salvador

Salvador: Troca de tiros entre facções causa pânico em Valéria; ônibus deixam de circular no bairro

O bairro de Valéria, em Salvador, segue sofrendo com a violência causada pela disputa do tráfico de drogas. Na manhã desta quarta-feira, 18, mais um tiroteio fo registrado na localidade. Não há informações sobre os feridos.

Este é mais um tiroteio entre os registrados no bairro desde a última semana. De acordo com a polícia, os eventos violentos ocorrem entre duas facções que disputam o controle do tráfico de drogas no local.

Desde a última semana, pelo menos outros três tiroteios foram registrados em Valéria. O confronto desta quarta-feira atingiram dois colégios, onde as aulas foram suspensas, de acordo com informações de moradores relatadas ao Jornal da Manhã, da TV Bahia. Além disso, comerciantes optaram por não abrir os estabelecimentos e as ruas seguem com pouco movimento.

Circulação de ônibus suspensa

O Sindicato dos Rodoviários decidiu suspender novamente a circulação dos ônibus do sistema de tranporte público municipal no bairro nesta quarta-feira, após o tiroteio.

Os moradores de Valéria ficaram sem ônibus no bairro por três dias, com o serviço sendo suspenso desde as primeiras horas da sexta-feira, 13, e retomando somente no final da manhã de segunda-feira, 16.

Na ocasião, os rodoviários deixaram de circular no local por falta de segurança, após um tiroteio na quinta-feira, 12. Uma nova ação violenta foi relatada por moradores no domingo, 15.

Na última sexta-feira, o Sindicato dos Rodoviários se reuniu com a Polícia Militar para encontrar uma forma de garantir a segurança e a retomada do serviço no bairro. ATarde.

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Salvador

Salvador: adolescente é morto a tiros após ser retirado de ‘paredão’ em Paripe

Um adolescente de 17 anos foi morto a tiros na noite do último sábado, 23, após ser retirado de uma festa do tipo ‘paredão’ por quatro homens armados. O crime aconteceu no bairro de Paripe, no Subúrbio Ferroviário de Salvador.

A Polícia Civil informou que a vítima foi identificada como Gustavo Cardoso da Silva Júnior. Ele estava na festa, quando foi retirado do evento por quatro homens, que fizeram os disparos. Os assassinos ainda não foram identificados.

O adolescente ainda foi socorrido para o Hospital do Subúrbio, mas não resistiu. A motivação do crime é desconhecida.

Uma equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa expediu guia pericial de remoção do corpo e intimou familiares do jovem para prestarem depoimento. O caso será investigado pela 3ª Delegacia de Homicídios.

Paredões estão proibidos na Bahia

A morte de seis jovens em uma festa tipo ‘paredão’, no bairro do Uruguai, em Salvador, no dia 13 de outubro, motivou o governador da Bahia, Rui Costa, a proibir qualquer tipo de festa de rua sem autorização das prefeituras e comunicação prévia à Polícia Militar. No entanto, populares seguem a realizar festas do tipo. A PM-BA é responsável por fazer valer a proibição. 

“Não vamos permitir mais nenhuma festa de paredão na Bahia. Para festas serem realizadas fechando ruas, as prefeituras precisarão autorizar e comunicar à Polícia Militar previamente. Caso não haja autorização prévia, a PM deverá apreender os equipamentos sonoros”, escreveu o governador no Twitter.

Na segunda-feira, 18, o prefeito de Salvador, Bruno Reis, reafirmou a proibição de paredões na capital baiana, em qualquer que seja o bairro. “Se alguém solicitar alvará para colocar paredão em uma praça ou em qualquer via pública, ele será indeferido, porque hoje nós só podemos ter festas, eventos e apresentações com o limite de 1.200 pessoas, cumprindo todos os protocolos, dentre os quais, a exigência das duas doses de vacina”, explicou o prefeito.

No primeiro fim de semana após a proibição, a Polícia Militar afirmou ter encerrado 23 festas tipo ‘paredão’ na Bahia. Segundo a corporação, houve a apreensão de 21 veículos, 40 equipamentos de som, uma arma de fogo, drogas, além da prisão de cinco pessoas em flagrante, cinco conduções por desobediência e oito por desacato.

Fonte: ATarde.

Continue Reading

Salvador

Codesal registra 34 notificações devido a chuva forte em Salvador

Com a forte chuva que atingiu a capital baiana durante a manhã desta quinta-feira, 21, a Defesa Civil de Salvador (Codesal) recebeu 34 solicitações até às 12h30. Ao todo, foram um alagamento de área, três ameaças de desabamento, seis ameaças de deslizamento, 18 avaliações de imóveis alagados, um desabamento parcial, quatro deslizamentos de terra e uma infiltração.

A região de Valéria foi a mais atingida pela chuva, regitrando sozinha oito solicitações para a Codesal. Também há pelo menos cinco registros nas regiões de Cajazeiras, Pau da Lima e Centro/Brotas.

Nos maioreis acumulados de chuvas em 24h (atualizado às 11h45) estão: Sussuarana (81,8mm), São Rafael (76,8mm), Sete de Abril – Bosque Real (76,8mm), Pau da Lima – Baixa de Santa Rita (72,0mm) e Pituaçu (71,2mm).

De acordo com a Codesal, em função da chegada de uma frente fria, a previsão para esta quinta é de céu nublado com chances de até 80% de chuvas fracas, por vezes moderadas, a qualquer hora do dia. A previsão para sexta-feira, 22, e sábado, 23, é de céu nublado com chances de até 90% de chuvas fracas a moderadas. Há risco para alagamentos pontuais.

Plantão Codesal

A Codesal, que integra a categoria de serviços essenciais do município, permanece de plantão 24 horas atendendo às solicitações pelo telefone gratuito 199. (ATarde)

Continue Reading

Salvador

Advogado mata namorada no Rio Vermelho em Salvador

O advogado criminalista, Luiz Meira, foi preso em flagrante na madrugada deste domingo (17) após assassinar a namorada, Kesia Stefany da Silva Ribeiro, de 21 anos, na Rua Barro Vermelho, no bairro do Rio Vermelho, em Salvador. Os dois tinham um relacionamento e ele atirou na cabeça dela com uma pistola 9mm. A motivação ainda não foi esclarecida. 

A vítima chegou a ser socorrida pelo advogado para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas chegou sem vida à unidade de saúde. O suspeito fugiu em seguida, mas foi localizado cerca de uma hora após o homicídio. 

De acordo com o Centro Integrado de Comunicação (CICOM), Meira estava em um apartamento, no Edifício da Vince Resindeciale, no bairro da Pituba. O veículo usado na evasão, um modelo Ônix, cor vermelha, de placa RCP-9F17, foi encontrado por policiais militares. 

Em nota, a Polícia Civil afirma que suspeito, que se relacionava com a vítima há dois anos, foi preso por uma guarnição da Polícia Militar, na casa de familiares, e autuado em flagrante pelo crime de feminicídio no DHPP. Fonte: BNews

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas