Connect with us

Mundo

Nova boca de vulcão se abre e obriga mais evacuações nas Ilhas Canárias

Residentes e turistas da ilha espanhola de La Palma, nas Canárias, continuam a se retirar de suas casas desde o início da erupção do vulcão Cumbre Vieja, neste domingo (19). 

Uma nova boca do vulcão, que oferece uma ameaça remota de provocar um tsunami no Brasil, se abriu na noite desta segunda-feira (as Ilhas Canárias estão 4h na frente do fuso de Brasília), e obrigou os residentes da região de Tacande, no município de El Paso, a deixar suas casas. Já é a nona boca deste vulcão.

Até a tarde desta segunda, 5.500 moradores já haviam sido retirados de suas casas devido à proximidade com a zona de erupção ou porque suas propriedades estavam no caminho que a lava deve seguir.

Tacande é uma cidade de apenas 704 habitantes, mas ainda não é possível dizer quantos deles devem ser removidos. Até o início da noite desta segunda, nenhuma morte relacionada à atividade vulcânica havia sido confirmada.

Segundo o site espanhol El Diario, o movimento da lava abrandou nas últimas horas, e não deve chegar ao mar nesta noite. A informação é do diretor do Plano de Prevenção de Riscos Vulcânicos das Ilhas Canárias, Pevolca, Miguel Ángel Morcuende em declarações à agência EFE.

Isso não significa, segundo ele, que a erupção tenha diminuído sua atividade e deve-se verificar nas próximas horas se essa redução é uma tendência ou não. 

Os técnicos explicaram que a lava continua a descer na altura do núcleo do Todoque, preenchendo espaços e em alguns pontos transborda mas a uma velocidade mais lenta do que o previsto.

Lava já engoliu casas e carros
No segundo dia de atividade vulcânica, diversas casas estão sendo engolidas pela lava expelida pelo Cumbre Vieja. Após passar por cerca de 100 casas e florestas, a rocha derretida fluiu em direção ao Oceano Atlântico, mas ainda não atingiu o mar.

Fonte: Correio24horas

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Jogador de rugby morre após choque de cabeça durante jogo

Uma tragédia deixou o rugby na Argentina de luto. Lucas Pierazzoli, jogador do Hurling Club, de Buenos Aires, faleceu após sofrer um choque de cabeça durante uma partida. O atleta, de 28 anos, chegou a ser hospitalizado, mas teve a morte cerebral confirmada no último domingo (3).

O lance fatal aconteceu durante o jogo do Hurling contra o Sitas, realizado no sábado (2), pela terceira divisão da modalidade. Durante um ataque de seu time, Pierazzoli se choca com um rival em uma disputa e desmaia no gramado.

Sem que a gravidade fosse percebida, a partida continua por alguns instantes, até enfim ser interrompida. De acordo com o jornal Clarín, os médicos das duas equipes atenderam o jogador, assim como outros três profissionais que acompanhavam o jogo.

Segundo o diário Olé, Pierazzoli ficou desacordado por 40 minutos. Foram feitas algumas tentativas para reanimar o atleta, que foi levado ao hospital por uma ambulância. Foi constatado que o argentino fraturou algumas vértebras, e que sua medula espinhal estava comprometida. No domingo, ele teve a morte cerebral confirmada. Fonte: Correio24horas

Continue Reading

Mundo

Após tirar sarro das demais redes sociais, Twitter começa a registrar instabilidades

Depois das instabilidades por WhatsApp, Facebook e Instagram, agora é a vez do Twitter apresentar inconsistências e riscos de sair do ar. Segundo o site Downdetector, que mede reclamação de usuários durante a navegabilidade pelos canais digitais, por volta das 16h, os usuários começaram a reclamar de erros no Twitter, principalmente, para o carregamento de comentários e imagens.

Antes, o Twitter havia tirado sarro com os demais redes. A empresa usou sua própria conta para brincar com o fato que todo mundo estava contectado na rede neste momento. “Olá, literalmente a todos”. Fonte: Metro1

Continue Reading

Mundo

Argentina antecipa entrada de brasileiros; quarentena é exigida para não vacinados

A Argentina reabriu para os turistas brasileiros nesta sexta-feira (1º), após quase um ano com restrição de entrada por causa da pandemia da Covid-19. A liberação está oficialmente programada para o início de novembro, mas o país decidiu adiantá-la para as nações vizinhas, com quem divide fronteiras.

Para entrar no país, os estrangeiros deverão seguir algumas exigências. A principal é a apresentação prévia do teste RT PCR negativo para a Covid-19, feito com pelo menos 72 horas de antecedência. O comprovante de vacinação contra a doença não será obrigatório, mas as pessoas que não o apresentarem não poderão circular de imediato no país.

Os turistas que não possuírem o esquema de vacinação completo contra o coronavírus (dose única ou segunda dose há 14 dias), deverão ficar isolados por 7 dias, em quarentena. No final do período, será realizado um teste PCR. Os vacinados também farão o teste no país, 5 a 7 dias após a chegada. Fonte: Metro1

Continue Reading

Siga-nos no Instagram:

Facebook

Mais Lidas