Amargosa: Operação da Polícia Civil combate homicídio e tráfico de drogas

Na madrugada desta terça-feira (21), por volta das 05h30min, foi deflagrada uma operação policial batizada de ‘’arrasta pé II’’, a qual contou com vários policiais, compostas pelo CATI/DEPIN/SAJ, 4º COORPIN/SAJ, D.T. laje e D.T. Mutuípe, reunindo 30 policiais civis divididos em 06 seis viaturas policiais visando da cumprimento a mandados de prisão preventiva e mandado de busca e apreensão, cujas investigações desenvolvidas reuniu provas da participação dos acusados na prática de homicídio, tentativa de homicídio e tráfico de drogas.

O primeiro alvo foi preso em sua casa, de iniciais E.J.S., cujo imóvel trata-se de uma fortaleza, contando com circuito de câmera interna e cerca elétrica, além de possuir vários eletrodomésticos de elevado valor econômico como televisão de 65 polegadas, o individuo citado é um dos acusados pelo homicídio e tentativa de homicídio ocorrido em 08/05/2022 ocasião em que o acusado, na companhia do comparsa de R.M.S.A., ambos portando arma de fogo efetuando vários disparos, vindo a ceifar a vida da vítima de iniciais E.S.J., este tratando-se de um estudante universitário da UFRB que trabalhava em uma gráfica, episódio que ganhou grande repercussão na impressa e balearam outra vítima de iniciais H.J.O.D., que resistiu aos ferimentos e os apontou como dos autores sendo que, o crime teria sido por questão banal, após uma discussão, em ato continuo, na residência do segundo alvo o indivíduo de iniciais R.M.S.A, o mesmo conseguiu fugir após o cerco policial, o mesmo possui mandado de prisão preventiva pela prática de homicídio e no terceiro alvo, o indivíduo de iniciais A.S.C.S., também conseguiu fugir.

No interior de sua residência foi encontrado 06 (seis) munições intactas do calibre 38 e 04 (quatro) tablete pequeno de ‘’ cocaína’’, que todos os alvos já respondem a processo criminal pela prática de tráfico de drogas e homicídio. Segundo Dr. Maia delegado de polícia, a operação de hoje é fruto de meses de trabalho desenvolvido para elucidação de homicídio e tentativa de homicídio, onde conseguimos dar uma resposta aos familiares do jovem assassinado no mês de fevereiro passado.

(Polícia Civil de Amargosa)

Veja Também

spot_img

Mais Recentes